Surfista é mordido no rosto por tubarão em Fernando de Noronha

Por Ana Clara Marinho, G1 PE

Um surfista foi mordido por um tubarão nesta quinta-feira (14), em Fernando de Noronha. Vinícius Cavalcanti, 31 anos, estava surfando na praia da Cacimba do Padre quando aconteceu o incidente. Ele foi levado de carro, pela esposa, ao Hospital São Lucas com ferimentos na face, no pescoço e na orelha.

Ele chegou com sangramento intenso, mas com “sinais vitais estáveis, lúcido e orientado”, de acordo com informações preliminares da unidade de saúde. Ainda segundo o hospital, ele está bem, estável, tranquilo e conversando.

Vinícius é vendedor de açaí na Cacimba e aproveitou o final do expediente para pegar onda. Segundo relato da mulher do vendedor, Juliana Cavalcanti, o rapaz caiu em cima do tubarão e levou uma mordida.

“Meu marido me contou que estava surfando, quando caiu e o tubarão o abocanhou. A mordida pegou no supercílio, orelha, no queixo e no pescoço. Sangrava muito”, conta.

O pesquisador Léo Veras, do Instituto Tubarões de Fernando de Noronha, conversou com Vinícius Cavalcanti e analisou os ferimentos.

“O surfista me contou que, ao cair da onda, ele chocou-se com o tubarão. Praticamente bateu na cabeça do bicho. O animal deu uma mordida”.

O especialista avalia que o caso não é um ataque. “Foi um erro de identificação, um incidente. Uma situação clássica que já ocorreu na ilha. Com certeza foi um tubarão da espécie limão, que é menos agressivo, não vê o humano com presa”, afirmou.

Mundial de Surfe

A praia onde aconteceu o ataque é justamente o local que vai receber, a partir da terça-feira (19), o Campeonato Mundial de Surfe Hang Loose Pro Contest. A competição conta com 144 surfistas de 20 países e abre o calendário da Liga Mundial de Surfe (WSL) na América do Sul em 2019. O bicampeão do mundo, Gabriel Medina, confirmou presença.

Nota oficial

A Administração de Fernando de Noronha divulgou uma nota oficial lamentando o episódio e afirmando que a superintendência de saúde da ilha está “em prontidão para prestar qualquer atendimento durante o processo de recuperação do rapaz”.

O texto ainda afirma que foi convocada uma reunião com os organizadores do Hang Loose Pro Contest, com o Corpo de Bombeiros e outras instituições, “para deliberação de medidas de segurança para garantir a realização do evento”.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Chuva no mês de fevereiro anima pequenos produtores de Orocó, no Sertão de PE

Por Emerson Rocha, G1 Petrolina — Orocó, PE

De acordo com a Agência Pernambucana de Águas e Clima (APAC), Orocó é o município do Sertão de Pernambuco onde mais choveu no mês fevereiro. Até o momento, foram registrados 103 milímetros de chuva, superando a marca histórica do local, que é de 80 milímetros. A ajuda vinda do céu animou os pequenos produtores da região.

Com a terra molhada, o agricultor Adelmo Alves de Santana acompanha com alegria o crescimento dos pés de feijão, plantados em dezembro.

“Eu estou me sentindo muito feliz, por causa que deu essa chuvinha, porque eu estava muito triste esses dias pra trás. Quando eu cheguei na roça e vi a roça toda molhadinha, eu disse: Graças a Deus, agora nós temos uma roça que vai ter um futuro pela frente”, comemora Adelmo, lembrando que os feijões colhidos serão utilizados no sustento da família.

A plantação de Adelmo fica na Fazenda Olho D’água, na zona rural. Lá, em apenas um dia, choveu cerca de 40 milímetros. Assim como ele, outros produtores da região temiam perder tudo aquilo que haviam plantando em dezembro.

“O agricultor quando vê a chuva cair, ele quer aproveitar. Plantamos [em dezembro], mas teve esse intervalo e só veio chover agora no início de fevereiro. Estamos aí na expectativa pra que dê certo”, afirma o produtor José Gilvan da Silva.

Na mesma época que plantaram o feijão, os produtores também apostaram no cultivo do milho. No entanto, com a estiagem em janeiro, os milhos foram perdidos. Como atuam em uma área de sequeiro, onde não há o auxílio da irrigação, a chuva torna-se essencial para manter as plantas vivas.

“Aqui é Deus que ajuda nós. Se aqui tivesse irrigação, todo mundo trabalhava por conta. Nosso patrão aqui é Deus, que quando manda [chuva], manda pra todo mundo”, acredita Adelmo.

A expectativa dos agricultores é que o período chuvoso na região permaneça. Se isso acontecer, os pés de feijão podem produzir até julho. Em caso de nova estiagem, tudo pode ser pedido. “Ele [feijão] aguenta mais um mês. Se nesse tempo der mais uma chuvinha, que é o tempo que ele está floreando, a carga está segura. Estamos pedindo a Deus que continue assim”, diz Adelmo

“Esperamos que dê mais chuva pra ver se vai vingar. É um momento de muita necessidade de chuva”, completa José Gilvan.

Segundo o meteorologista e professor da Universidade Federal do Vale do São Francisco (Univasf), Mario de Miranda, a tendência é que continue chovendo na região. “Até o dia 19 nós vamos ter possibilidades concretas de ocorrências de chuvas aqui na região. Depois dá uma paradinha e volta até o final do mês. Nós vamos ter mais chuvas”, afirma o especialista.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Moradores denunciam canal aberto com água escura em praia do Cabo de Santo Agostinho

Por Luna Markman, TV Globo

Um vídeo publicado nas redes sociais levantou uma polêmica sobre a poluição na Praia de Enseada dos Corais, no Cabo de Santo Agostinho, no Grande Recife. A Agência Estadual de Meio Ambiente (CPRH) foi até o local para verificar se a água escura é natural ou causada por esgoto clandestino.

O alvo da polêmica está num trecho da praia onde a água sai de um canal que está sendo revestido com pedras, desde 2018. O canal é um curso natural de água, que ajuda a escoar a chuva para o mar. Em fevereiro, a prefeitura fez uma nova abertura, mais direta para o mar. O trabalho foi gravado por uma mulher, que postou o vídeo nas redes sociais.

Segundo o motorista Carlos Firmino, o escoamento da água na praia é costumeiro. “Num primeiro momento, o pessoal fica assustado, porque não teve um aviso, mas isso é normal, porque choveu esses dias e a chuva acumulou”, diz.

Por outro lado, o aposentado Gerson Cunha acredita que ligações clandestinas de esgoto acabam sujando a água do canal. “Tem fossa, tem esgoto sendo despejado dentro do canal”, afirma.

A CPRH recebeu o vídeo e abriu um processo administrativo para investigar o caso. Segundo o diretor de Controle de Fontes Poluidoras da CPRH, imagens foram analisadas e técnicos da agência foram duas vezes à Praia de Enseada dos Corais e coletaram amostras para análise.

Canal direciona água da chuva para o mar em Enseada dos Corais, no Grande Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

Canal direciona água da chuva para o mar em Enseada dos Corais, no Grande Recife — Foto: Reprodução/TV Globo

“Fizemos coletas em dois pontos: dentro do canal, para verificar quantidade de matéria orgânica existente, e também no mar, para verificar a balneabilidade naquele momento. Dependendo das análises, da quantidade de matéria orgânica, o que a gente vai recomendar é que a prefeitura faça um trabalho junto à população para tirar as ligações clandestinas de esgoto que identificamos no momento da vistoria”, diz.

Enquanto a CPRH analisa as amostras, a recomendação é que as pessoas tomem banho a cem metros de distância do local onde a água do canal encontra o mar.

Segundo Antônio Dourado, secretário municipal de infraestrutura, a obra faz parte de um convênio com o governo federal pra conter inundações em Enseada dos Corais e tem licença da secretaria municipal de meio ambiente. O secretário disse que ligações clandestinas de esgoto foram encontradas durante o trabalho, mas o revestimento do canal vai ajudar a sanar o problema.

Ainda segundo o secretário, a população foi avisada sobre a obra no canal e que o revestimento deve sanar o problema do esgoto clandestino.

“Quando nós não temos o canal revestido, fica muito mais fácil da população, de alguma forma, fazer uma encanação de esgoto para um canal que está próximo da casa dela. Como nós estamos revestindo isso com pedras, fica quase impossível a população fazer esse tipo de ação”, diz.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Polícia investiga suposta atuação de candidatura ‘laranja’ do PSL em Pernambuco

Por Pedro Alves, G1 PE

A Polícia Civil de Pernambuco investiga denúncias de desvio de dinheiro público publicadas pelo jornal “Folha de S.Paulo” no domingo (10). De acordo com a publicação, a candidata a deputada federal pelo Partido Social Liberal (PSL) em Pernambuco Lourdes Paixão teria atuado como “laranja” nas eleições 2018.

Lourdes Paixão recebeu R$ 400 mil da direção nacional do PSL. Ela obteve 274 votos no pleito de 2018. O valor recebido por ela é o terceiro maior concedido pelo partido.

A reportagem da “Folha de S.Paulo” afirma que um grupo ligado ao presidente do PSL, Luciano Bivar, eleito deputado federal por Pernambuco, teria feito de Lourdes Paixão uma candidata “laranja”. Bivar foi eleito, no dia 1º de fevereiro, o segundo vice-presidente da Câmara Federal.

O dinheiro do fundo partidário foi enviado para a candidata pela direção do PSL, que tinha como presidente, na época, o atual ministro da Secretaria-Geral da Presidência, Gustavo Bebianno.

A denúncia foi o estopim de uma crise no governo federal, que se agravou após o vereador Carlos Bolsonaro (PSL), filho do presidente Jair Bolsonaro (PSL), desmentir o ministro. Bebianno disse, na terça (12) ao jornal “O Globo”, que teria conversado sobre o assunto três vezes com o presidente Jair Bolsonaro (PSL) enquanto este estava internado em um hospital em São Paulo.

Em uma rede social, o vereador classificou a afirmação de Bebianno como “mentira absoluta” e divulgou um áudio que mostra Jair Bolsonaro se recusando a falar com o ministro. Depois, o presidente compartilhou as mensagens do filho na mesma rede social. Diante da crise, passou a ser cogitada a saída do ministro do governo. Ao blog de Andréia Sadi, Bebianno voltou a afirmar que não existe crise e que não pretende pedir demissão.

Investigação

A investigação da Polícia Civil de Pernambuco sobre a suposta candidatura “laranja” está a cargo do Departamento de Repressão ao Crime Organizado e Corrupção (Draco). De acordo com a assessoria da Polícia Civil em Pernambuco, o procedimento é chamado de Verificação Preliminar de Investigação (VPI), que acontece antes da abertura do inquérito.

Polícia Federal (PF) também apura o caso e intimou Lourdes a depor. O depoimento estava marcado para esta quinta-feira (14), às 11h, mas houve um pedido para adiamento, feito pelo advogado da candidata. Uma nova data ainda não foi marcada. 

Lourdes deve ser ouvida no que a Polícia Federal chama de “registro especial”, um procedimento anterior à abertura de inquérito, para verificar se há indícios suficientes para justificar uma investigação.

“Ela vem na condição de colaboradora. Não tem ainda nenhum tipo de investigação instaurada contra ela. Vamos ouvir informações, tirar algumas dúvidas. Isso é feito através de um registro especial, que é um procedimento que a Polícia Federal sempre faz, antes de qualquer tipo de investigação”, afirmou o assessor da PF em Pernambuco, Giovani Santoro.

De acordo com ele, a iniciativa da intimação foi da Polícia Federal, em conjunto com a Justiça Eleitoral. “Tomamos conhecimento da veiculação de uma matéria sobre esse caso e achamos oportuno checar os fatos em andamento. Ela vai ser ouvida aqui como colaboradora, para prestar esclarecimentos. Ela não é investigada nesse momento”, disse Santoro.

Em nota, a Procuradoria Regional Eleitoral em Pernambuco (PRE-PE) informou que propôs ação de impugnação de contas eleitorais contra Lourdes Paixão. A ação é sigilosa.

Contatos

G1 tentou contato com a candidata, que aparece nas redes sociais como secretária do PSL no estado, mas não obteve sucesso. O diretório estadual do PSL informou que Lourdes não compareceu ao trabalho esta semana.

No domingo (10), o G1 conversou por telefone com o deputado federal Luciano Bivar, que negou as denúncias. Bivar afirmou, ainda, que falaria pessoalmente sobre o tema e posteriormente desligou o telefone. Desde então, ele não atende mais às ligações.

Prestação de contas

Segundo o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a única receita de campanha de Lourdes é o repasse da direção nacional do partido, no valor de R$ 400 mil, em 3 de outubro de 2018, quatro dias antes da votação do 1º turno.

A candidata declarou ao TSE que, do valor recebido, R$ 380 mil foram pagos à Itapissu Gráfica para impressão de material de campanha. Procurado pelo G1, o advogado da empresa, Paulo José Carneiro Leão Cannizzaro, afirmou que iria se pronunciar apenas para as autoridades, se necessário.

Cannizzaro enviou a seguinte nota oficial: “A empresa confia na correção de seus atos e de seus representantes, colocando-se à disposição das autoridades para prestar os esclarecimentos que forem necessários no intuito de comprovar a efetiva prestação dos serviços contratados”.

Na Nota Fiscal Eletrônica declarada ao TSE consta um endereço no bairro do Arruda, na Zona Norte do Recife, onde funciona atualmente uma oficina de funilaria, conforme o G1 constatou no domingo (10).

Na época em que o material encomendado por Lourdes supostamente foi impresso, a oficina de funilaria já funcionava no local, conforme informaram os funcionários. A oficina está no edifício ao menos desde março de 2018.

No registro do CNPJ da empresa, no site da Receita Federal, consta outro endereço como sede. O G1 também esteve no local, que fica na Avenida Santos Dumont, também na Zona Norte do Recife. Lá funcionam um café e uma papelaria.

Segundo funcionários do prédio, há, no primeiro andar do edifício, três salas comerciais. Uma é alugada para cursos, outra para reforço escolar e a terceira, desde ao menos a época da campanha eleitoral, para um casal que atua numa empresa de cosméticos. Eles teriam encerrado o contrato no final de janeiro.

Ministro Marcelo Álvaro

No dia 4 de fevereiro, outra reportagem da “Folha de S.Paulo” apontou que o ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio (PSL), direcionou verbas de campanha a quatro candidatas em Minas Gerais que também são suspeitas de terem atuado como “laranjas”.

Em entrevista à TV Record na quarta-feira (13), Bolsonaro disse que mandou a Polícia Federal investigar as suspeitas.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Foragida da Justiça é presa por tentativa de envenenamento para ocultar desvio de dinheiro

Por G1 PE

Delegado Paulo Furtado apresentou caso da prisão de uma mulher presa, em Olinda, por tentativa de assassinato e ocultação de desvio de recursos de entidade — Foto: Polícia Civil/Divulgação

Uma mulher foi presa, em Olinda, no Grande Recife, por tentar envenenar o presidente de uma entidade na qual trabalhava como tesoureira para encobrir o desvio de dinheiro. Segundo a Polícia Civil, a mulher de 45 anos, estava foragida da Justiça desde que foi condenada, em 2014, pelos crimes ocorridos em 2007.

Ainda segundo a polícia, ela usou um veneno popularmente conhecido como “chumbinho” para tentar matar o então presidente da Associação dos Servidores do Serviço Nacional da Indústria (Senai).

“Ela foi acusada pela vítima de desviar R$ 85 mil e, para não ser descoberta, colocou o veneno na bebida do homem, que quase morreu”, afirmou o delegado Paulo Furtado.

Em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira (14), no Recife, o policial explicou como ocorreu a prisão de da mesma, no domingo (10), em Casa Caiada. A mulher, que estava escondida em um flat, foi presa por causa de um mandado expedido pela Justiça.

O delegado disse, ainda, que a mulher estava foragida desde a sentença, que a condenou por tentativa de homicídio qualificado e por tentativa de ocultação do desvio do dinheiro da associação.

“Recebemos a informação de que ela tinha esse flat, mas aparecia lá esporadicamente. Sempre chegava, pegava a chave na portaria e ficava no quarto do apartamento, sem dar muita satisfação”, afirmou

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

PM morre em troca de tiros durante fuga na penitenciária de segurança máxima em Itamaracá

Por G1 PE e TV Globo

Um grupo de detentos fugiu, na noite de quarta-feira (13), da Penitenciária Professor Barreto Campelo, na Ilha de Itamaracá, no Grande Recife. Durante a fuga da unidade, que é de segurança máxima, os presos trocaram tiros com um policial militar, que foi atingido na cabeça e morreu, segundo a Polícia Civil. Ainda não se sabe a quantidade de fugitivos.

O Sindicato dos Agentes Penitenciários de Pernambuco (Sindasp) aponta que, entre os fugitivos, está José Maria Rosendo, condenado em 2016como mandante da morte do promotor de Itaíba Thiago Farias. O crime aconteceu em 2013 e a motivação, segundo a PF, envolveu uma disputa pelas terras de uma fazenda.

O delegado João Brito, do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), que esteve na Barreto Campelo, afirmou que o sargento da PM Rinaldo Azevedo Campelo, de 49 anos, fazia a guarda externa da prisão quando percebeu o plano de fuga, reagiu e foi baleado. Ele chegou a ser socorrido por um agente penitenciário, mas morreu ao dar entrada no hospital local.

Ainda de acordo com o delegado, não houve explosão de muros durante a fuga. Os presos conseguiram escapar pelas laterais da penitenciária, em circunstâncias que ainda vão ser investigadas.

Segundo o Sindasp, uma contagem deve ser feita na manhã desta quinta-feira (14) para constatar o total de fugitivos.

Itaquitinga

Na terça-feira (12), dois presos fugiram do Presídio de Itaquitinga, na Zona da Mata de Pernambuco. A unidade foi inaugurada em 2018, mas ainda tem obras.

Os trabalhos em Itaquitinga se arrastam há quase uma década. A ideia inicial era fazer um projeto com Parceria Público Privada (PPP), que não deu certo. Em 2012, as obras foram paralisadas. A construção foi reiniciada em 2017.

Em dezembro de 2018, o governo estadual repassou para a União a posse do 3º módulo do Centro de Ressocialização de Itaquitinga, com capacidade prevista de 300 vagas. A ideia é receber presos sentenciados ou provisórios que se enquadrem no Regime Disciplinar Diferenciado. A obra nesse presídio de segurança máxima federal será monitorada por uma agência da Organização das Nações Unidas (ONU).

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Suspeito de participar de assalto a carro-forte que vitimou vigilante morre em hospital do Recife

Por G1 PE

Um dos suspeitos de participar do assalto a um carro-forte que deixou um vigilante morto e três pessoas feridas, na manhã de quarta-feira (13), na Zona Sul do Recife, morreu após realizar cirurgia no Hospital da Restauração (HR), na área central da capital pernambucana. A morte foi confirmada na manhã desta quinta-feira (14) pela unidade de saúde.

O crime aconteceu na Caixa Econômica Federal da Avenida Herculano Bandeira, no bairro do Pina, por volta das 10h, horário de abertura do banco. Os bandidos conseguiram levar mais de R$ 200 mil e duas armas do vigilante. Na manhã desta quinta-feira (14), três suspeitos ainda estão foragidos.

O homem que morreu foi identificado como José Geraldo Cordeiro da Silva. Segundo a Secretaria de Defesa Social, ele é foragido do sistema prisional e responde por vários crimes.

Ele foi atingido por tiros na barriga durante o confronto com os vigilantes e detido pela Radiopatrulha. Como estava ferido, foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Imbiribeira, na Zona Sul, e, posteriormente, encaminhado para o HR, onde veio a óbito. O corpo dele foi encaminhado para o Instituto de Medicina Legal (IML), no Centro do Recife.

Outras duas pessoas também ficaram feridas durante o confronto: um outro vigilante e um motociclista que passava pelo local. O servidor, identificado como Luciano Tenório da Silva, também foi levado para o Hospital da Restauração.

Segundo a assessoria de comunicação da unidade de saúde, ele teve uma fratura na tíbia, passou por cirurgia e, na manhã desta quinta (14), tem o estado de saúde considerado estável. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do motociclista.

Entenda o caso

Câmeras de segurança registraram o momento em que um dos vigilantes é morto durante confronto com os bandidos dentro da Caixa Econômica Federal. Nas imagens, é possível ver que um dos bandidos, de camisa branca, estava dentro da agência quando a troca de tiros começou.

Os outros criminosos estavam do lado de fora. As balas também atingiram a porta de vidro do banco, que estilhaçou.

A SDS informou que a Força-Tarefa Bancos foi acionada para atuar no caso da investida ao carro-forte. Equipes do 19º Batalhão da PM, com o apoio de unidades especializadas, e o delegado de Roubos e Furtos Vinicius Notari trabalham para encontrar pistas que levem aos outros integrantes da quadrilha. A força-tarefa é composta pelas polícias Civil, Militar, Científica e representantes dos bancos, entre outros órgãos.

Tiroteio em assalto a carro-forte no Recife deixou vigilante morto  — Foto: Reprodução/TV Globo

Tiroteio em assalto a carro-forte no Recife deixou vigilante morto — Foto: Reprodução/TV Globo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Nova fase da ‘Gênesis’ cumpre mandados de prisão contra grupo suspeito de desviar R$ 18 milhões da Prefeitura de Quipapá

Por G1 Caruaru

Operação Gênesis visa cumprir mandados de prisão contra grupo suspeito de desviar R$ 18 milhões da Prefeitura de Quipapá — Foto: MPPE/Divulgação

Operação Gênesis visa cumprir mandados de prisão contra grupo suspeito de desviar R$ 18 milhões da Prefeitura de Quipapá — Foto: MPPE/Divulgação

O Ministério Público de Pernambuco (MPPE) e a Polícia Civil deflagraram na manhã desta quinta-feira (14) a quarta fase da Operação Gênesis. A ação objetiva cumprir 16 mandados de prisão e de busca e apreensão nos municípios de QuipapáGaranhunsCaruaruItaíba contra ex-agentes públicos e empresários que fazem parte de um esquema criminoso que teria desviado R$ 18 milhões da Prefeitura de Quipapá.

“Essa nova etapa da Operação Gênesis é resultado de mais de um ano e meio de investigações. Nossa expectativa é poder prender pessoas que praticam crimes silenciosos, mas que atingem diretamente toda a sociedade”, destacou o promotor de Justiça Frederico Magalhães, do Grupo de Atuação Especial de Enfrentamento ao Crime Organizado (Gaeco).

Os alvos da operação são acusados de praticar os crimes de corrupção, lavagem de dinheiro e fraudes em licitações que tinham por finalidade desviar recursos públicos por meio da contratação de empresas de fachada pelo município de Quipapá.

O esquema criminoso já tinha sido alvo, em 2018, da segunda fase da Operação Gênesis, quando foram cumpridos mandados de busca e apreensão na sede da Prefeitura de Quipapá e de algumas das empresas.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Investigação do caso de lutador que morreu em Mogi segue duas linhas: irregularidade na luta ou queda

Por Natan Lira, G1 Mogi das Cruzes e Suzano

Rafael Beiton, de 31 anos, morreu após luta de kickboxing em Mogi — Foto: Reprodução/Facebook

Rafael Beiton, de 31 anos, morreu após luta de kickboxing em Mogi — Foto: Reprodução/Facebook

A Polícia Civil divulgou nesta quarta-feira (13), que segue inicialmente duas linhas de investigação no caso do lutador que morreu um dia após a luta, na segunda-feira (11).

A primeira apura se houve algum desrespeito às regras de segurança ou golpe ilegal durante a disputa, enquanto a outra de que o traumatismo cranioencefálico que matou o atleta foi ocasionado pela queda no vestiário, onde ele foi encontrado desmaiado.

Rafael Beiton, de 31 anos, era do Pernambuco e estava em Mogi das Cruzes para um campeonato de kickboxing.

De acordo com a organização do evento, ele apresentou atestado médico com exame de eletrocardiograma e participou de duas lutas no sábado (9) e duas no domingo (10). Depois do quarto confronto foi encontrado caído no vestiário.

O investigador Luís Roberto Bourg, do 1º DP de Mogi das Cruzes, ouviu nesta quarta-feira (13) o organizador do campeonato, Fábio Yoshinaga.

Segundo ele, durante o depoimento, Fábio afirmou que o evento seguiu todas as recomendações da Confederação Brasileira de Kickboxing.

“Ele nos disse que havia um médico de plantão com ambulância e que, inclusive, o campeonato chegou a ficar parado por duas horas, porque outro atleta precisou ser levado ao hospital e não pode haver luta enquanto a equipe médica não está lá”, afirma Burg.

Mas, ainda segundo o investigador, ocorre que geralmente após a luta, o atleta passa por uma avaliação médica.

Por conta disso, ele deverá ouvir também o médico para saber se Rafael realmente estava bem ao deixar o tatame.

“O organizador contratou uma empresa para filmar o evento e vai nos entregar as imagens. Nela vai ser possível ver se houve algum golpe irregular, se o material de segurança era utilizado, e se ele foi avaliado após a luta”, explica Burg. Essa é a primeira linha de investigação.

Além disso, a polícia espera um laudo conclusivo da morte de Rafael, a fim de verificar se o traumatismo cranioencefálico que o levou à morte não foi causado por uma possível queda no banheiro, já que ele foi encontrado caído no local.

“Há informes de que uma pessoa o encontrou caído no banheiro e também de que viram ele desmaiar, mas a gente tem dificuldade de confirmar o que houve, porque não há câmeras no vestiário”, diz.

O investigador explicou que caso seja comprovado de que todos os requisitos de segurança da luta foram cumpridos, não há que se falar em crime e, sim, em fatalidade. “Mas a gente vai verificar e, caso algum erro seja encontrado, a organização pode ser responsabilizada”, pontuou.

O caso

O lutador pernambucano Rafael Beiton foi encontrado caído no vestiário do Ginásio Municipal de Mogi das Cruzes na tarde do domingo (10), após participar de uma luta de kickboxing.

Ele foi socorrido e encaminhado ao Hospital Luzia de Pinho Melo. Segundo nota divulgada pela unidade, ele deu entrada no hospital em estado gravíssimo, atendido pela equipe de neurocirurgia e passou por procedimento de emergência, mas não resistiu. A causa da morte foi traumatismo cranioencefálico

A organização do Ichiban Kickboxing é supervisionado pela Confederação Brasileira de Kickboxing e seguiu todas as exigências nacionais e legais.

“O atleta Rafael Beiton passou mal momentos após a luta e foi prontamente atendido pelos socorristas, médico e levado pela ambulância ao pronto-atendimento. No momento estamos ao lado da família auxiliando os trâmites para fazer a transferência para Recife onde será o velório e sepultamento no cemitério Santo Amaro.”

A irmã dele, de 35 anos, comunicou o caso à polícia. Em seu depoimento ela disse que Rafael sentiu um mal súbito depois da luta, foi socorrido e depois levado ao Hospital Luzia de Pinho Melo.

O corpo do atleta foi transladado para o Recife, onde seria velado e enterrado.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Tubulação da Adutora do Agreste estoura e causa vazamento de água às margens da BR-232

Por G1 Caruaru

Uma tubulação da Adutora do Agreste estourou às margens da BR-232 na terça-feira (12) e causou um grande vazamento de água entre Sanharó e Belo Jardim. Nas imagens acima é possível ver a água jorrando. Os motoristas tiveram que reduzir a velocidade para evitar acidentes.

Em outras imagens é perceptível que alguns veículos ficaram parados em um trecho da rodovia. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que uma equipe foi até o local, e nenhum acidente foi registrado.

Quanto ao estouramento da tubulação, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) destacou que os serviços de reparos foram iniciados assim que a equipe tomou conhecimento do que havia ocorrido.

A previsão é que o conserto seja concluído até a sexta (15). Assim que for finalizado o serviço, o enchimento da adutora será retomado para voltar a abastecer o município de Belo Jardim com água do Rio São Francisco.

Estouramento de tubulação da Adutora do Agreste foi registrada na BR-232 — Foto: TV Asa Branca/Reprodução

Estouramento de tubulação da Adutora do Agreste foi registrada na BR-232 — Foto: TV Asa Branca/Reprodução

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com