EUA fecharão embaixadas em países islâmicos após ameaça

Depois de receber ameaças, os Estados Unidos anunciaram que suas embaixadas e consulados em todos os países de predominância muçulmana permanecerão fechadas no domingo. Funcionários do departamento de Estado norte-americano afirmaram que o país está tomando medidas por cautela em relação às questões de segurança.

A porta-voz departamento de Estado, Marie Harf indicou que existem ameaças às instalações dos Estados Unidos no exterior e disse que alguns escritórios diplomáticos podem ficar fechados por mais de um dia.

Outras autoridades do país disseram que a ameaça ocorria nos países predominantemente muçulmanos, onde o domingo é um dia de trabalho normal. Missões diplomáticas norte-americanas na Europa e América Latina permanecerão fechadas no domingo regularmente.

O Departamento de Estado norte-americano emitiu um importante aviso no ano passado informando que as instalações diplomáticas do país deveriam permanecer fechadas diante de possíveis ataques em função do aniversário dos ataques de 11 de setembro. Neste dia, o consulado em Benghazi, na Líbia, foi atacado e quatro norte-americanos foram mortos, incluindo o embaixador Chris Stevens. Fonte: Associated Press.

 

 

Fonte: Agência Estado

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Adolescente é infectada por “bactéria comedora de cérebros” nos EUA

Nos Estados Unidos, menina de 12 anos foi infectada, possivelmente em um parque aquático, por uma “ameba comedora de cérebros”. A doença é considerada muito rara (Foto: Reprodução/Facebook).

Uma adolescente americana de 12 anos sofreu uma rara infecção no Arkansas. Segundo os médicos, não há nenhum registro na última década de alguém que tenha sobrevivido à doença que afeta Kali Hardig. As informações são da CNN.

Segundo a TV, há alguns dias a mãe da menina a levou para o hospital. Ela tinha febre e dor de cabeça e, quando os médicos checaram seu fluido espinal, encontraram um tipo de ameba chamado Naegleria fowleri.

Chamada de “ameba comedora de cérebros”, segundo os Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, na sigla em inglês) dos Estados Unidos, a bactéria vive na água e entra no corpo pelo nariz, de onde segue até o cérebro. Não há risco de contaminação por beber água, afirmam os especialistas. De acordo com os CDC, foram registrados 128 casos desde 1962 nos Estados Unidos – não fica claro se Kali está incluída nesse número.

“Esta infecção é uma das mais severas que conhecemos”, diz Dirk Haselow, do Departamento de Saúde do Arkansas. Segundo o especialista, “99% das pessoas que pegam (a doença) morrem”. Em nota, o departamento afirma que a fonte mais provável foi um lago dentro de um parque aquático do Estado.

Segundo Sanjiv Pasala, um dos médicos que atendem Kali, ela foi imediatamente tratada com um antibiótico, um antifúngico e uma droga experimental contra amebas enviada diretamente dos CDC.

Apesar da agressividade da doença, o tratamento parece ter tido efeito. Segundo a CNN, na segunda-feira exames não acharam presença da bactéria no corpo da menina. Uma página de suporte a Kali no Facebook, na quarta-feira afirmava que os médicos já diminuíram a ventilação mecânica para que ela começasse a respirar com as próprias forças e que os especialistas pretendiam desligar a hemodiálise por um breve tempo para checar se seus rins estão funcionando. Os médicos irão também fazer ressonância magnética pra saber a condição do cérebro. Não ocorreram mais atualizações sobre a condição da menina.

“Kali está indo na direção correta. Por favor, continue a rezar por Kali e por sua família”, diz a página.

 

 

Fonte: Terra

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Calor bate recorde e chineses fritam carne na calçada

As temperaturas estão batendo recordes neste verão na China, o que levou o governo a divulgar pela primeira vez um alerta nacional para os perigos do calor.  Várias pessoas já morreram na cidade de Xangai, que enfrenta o mês de julho mais quente dos últimos 140 anos. E, nos últimos dias, a temperatura na cidade chegou a 40,6 graus, a maior já registrada.

Jornalistas chineses testaram o calor nas ruas jogando água – que ferveu em um piso de mármore. Eles também conseguiram fritar um pedaço de carne porco no chão em apenas dez minutos e derreter parte de uma vela. As cenas começaram a ser imitadas: os chineses estão fritando comida no chão e postando as fotos na internet.
                                                                                                    
O Serviço Meteorológico nacional chinês já divulgou um alerta de emergência para o calor. Segundo os especialistas, em algumas áreas do país as temperaturas acima dos 35 graus devem prosseguir por mais uma semana.

Fonte: BBC Brasil

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Polêmica lei antipirataria entra em vigor na Rússia

Uma polêmica lei destinada a lutar contra a pirataria na Rússia e que permitirá fechar sites sem ordem judicial entrou em vigor nesta quinta-feira, apesar dos protestos dos principais atores do setor da internet.

Segundo o texto promulgado no dia 2 de julho pelo presidente russo Vladimir Putin, o tribunal municipal de Moscou poderá bloquear qualquer site que divulgar filmes ou vídeos pirateados após um simples pedido dos donos de direitos autorais e sem que seja necessária a apresentação formal de uma denúncia.

O dono dos direitos autorais terá 15 dias para apresentar oficialmente sua denúncia e, caso contrário, o site será desbloqueado novamente.

Num primeiro momento, os autores do texto queriam incluir nesta lei também os conteúdos musicais e literários.

A Rússia, frequentemente acusada de deixar impune a pirataria, havia se comprometido a abordar esta questão antes de sua entrada na Organização Mundial de Comércio (OMC), em agosto de 2012.

Mas este texto foi denunciado pelos profissionais do setor da internet, principalmente porque permite o bloqueio integral de sites, e não apenas do conteúdo fraudulento.

“A nova lei torna possível o fechamento de qualquer site vinculando-o a um vídeo pirateado e apresentando uma queixa”, afirmaram nesta quinta-feira os analistas do VTB Capital, que também expressaram sua preocupação sobre a falta de precisão da lei.

Fonte: AFP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Desemprego ficou estável na Europa em junho

A taxa de desemprego na Europa permaneceu estável em junho passado: ficou em uma taxa de 12,1% nos 17 países onde circula o euro e 10,9% nos 27 países da União Europeia (um ponto percentual acima do verificado em maio). No total, o escritório de estatística da Comissão Europeia (Eurostat) estima que haja 26,424 milhões de pessoas sem ocupação formal na União Europeia.

Sete de cada dez desempregados estão nos países da zona do euro (19,266 milhões) e, desses, 60% estão na Grécia, Espanha, Portugal e Itália. Mais de um quarto dos gregos e dos espanhóis estão sem emprego, enquanto em Portugal a taxa é 17,4%; e, na Itália, 12,1%.

As menores taxas de desemprego continuam sendo registradas na Áustria (4,6%), Alemanha (5,4%) e Luxemburgo (5,7%).

Entre os mais jovens (15 a 24 anos), as taxas de desemprego são maiores e chegam a quase 24% na zona do euro. Nessa faixa etária, o desemprego é 58,7% na Grécia, e 56,1% na Espanha. As taxas são mais elevadas nesse estrato da população até mesmo na Alemanha (7,5%), na Áustria (9,3%) e Luxemburgo (19,7%).

Fonte: Agência Brasil

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Uruguai avança com legalização da maconha

A Câmara dos Deputados do Uruguai aprovou nessa quarta-feira (31) o projeto de lei que legaliza a produção e o consumo da maconha, enviando o expediente ao Senado, também controlado pelos governistas da Frente Ampla.

O texto, aprovado por 50 dos 96 deputados presentes, após quase 14 horas de debate, pretende converter o Estado uruguaio no primeiro do planeta a assumir o controle de todo o processo de produção e venda da maconha.

A votação foi recebida com aplausos por cerca de 100 defensores da legalização da maconha que acompanharam a sessão.

O projeto de lei – apresentado em junho de 2012 em um pacote de medidas para combater o aumento da violência – prevê o controle do Estado sobre a importação, plantio, cultivo, colheita, produção, aquisição, armazenamento, comercialização e distribuição da maconha e seus derivados.

Após o devido registro, os usuários poderão comprar até 40 gramas mensais de maconha nas farmácias, mas também será permitido o cultivo para consumo próprio.

O polêmico projeto, promovido pelo presidente José Mujica, é rejeitado por 63% da população, segundo recente pesquisa do instituto Cifra.

Holanda, Espanha e alguns estados americanos permitem a produção, o cultivo em clubes ou o consumo com restrições de maconha, de acordo com os casos, mas o Uruguai será o primeiro país do mundo em que o Estado controlará a venda ao consumidor.

“A venda de maconha por parte do Estado para os consumidores registrados é algo inédito em nível mundial”, disse à AFP Ivana Obradovic, que liderou o estudo de políticas públicas e sua avaliação no Observatório Francês sobre Drogas e Toxicomanias (OFDT).

Até agora, há modelos de legislação nos quais se permite o cultivo pessoal com fins recreativos, como no caso dos estados do Colorado e de Washington, nos Estados Unidos, da Espanha – com clubes sociais de maconha – e da Holanda, conhecida desde 1976 por seus históricos “coffee shops”, lojas que vendem drogas, mas o projeto uruguaio é muito mais ambicioso.

O governo uruguaio segue o plano da Comissão Global de Política de Drogas – integrada pelos ex-presidentes do Brasil Fernando Henrique Cardoso, da Colômbia César Gaviria e do México Ernesto Zedillo, entre outros- que defende que a guerra aberta contra as drogas fracassou.

FHC elogiou recentemente o projeto uruguaio, já que “não parece concentrar esforços em lucrar, e sim na promoção da saúde e da segurança pública”.

Um pouco mais cautelosa, mas igualmente aberta ao debate sobre a legalização da droga é a posição da Organização de Estados Americanos (OEA), que em um recente relatório estabeleceu diferentes cenários para o futuro: um centrado na melhoria da saúde pública, outro na segurança e um terceiro em uma experiência com a regulação.

Já o Órgão Internacional de Controle de Entorpecentes (OICS), organismo da ONU, manifestou sua “preocupação” com o projeto uruguaio, por considerar que viola os tratados internacionais sobre controle de drogas, ratificados pelo país sul-americano.

 

 

Fonte: AFP

Foto Internet

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Maior onda de calor em 140 anos deixa ao menos dez mortos em Xangai

Ao menos dez pessoas morreram em Xangai desde sexta-feira (26) pela onda de calor mais intensa dos últimos 140 anos, indicou nesta quarta-feira Leng Guangming, porta-voz do centro local de doenças e prevenção da cidade.

Grande parte da China está sofrendo as consequências de uma intensa onda de calor e segundo o serviço meteorológico nacional as temperaturas podem alcançar nesta quarta-feira 41 graus centígrados em várias províncias do leste e do centro do país.

Em Xangai, segundo os serviços meteorológicos, o pico de temperatura foi de 39,8º na tarde desta quarta-feira. A onda de calor também provocou um grande movimento nas piscinas públicas, ainda mais cheias que de costume.

Fonte: AFP

Foto: AFP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Explosões no norte da Nigéria deixam 24 mortos

Explosões em um bar e uma região de entretenimento no bairro cristão da cidade de Kano, no norte da Nigéria, causaram a morte de pelo menos 24 pessoas.

De acordo com o tenente Iweha Ikedichi, porta-voz da Força Tarefa Conjunta Militar, os responsáveis pelos ataques eram militantes do grupo islamita Boko Haram.

O porta-voz do Aminu Kano Teaching Hospital confirmou as 24 mortes e disse que nove pessoas estão feridas. Outras 11 pessoas estão sendo tratados no Murtala Muhammad Specialists Hospital.

O Exército da Nigéria anunciou nessa terça-feira (30) que prendeu 42 suspeitos pelos ataques. Todos são membros do Boko Haram e vivem nos estados de Ogun e Lagos.

A Nigéria está lutando contra uma revolta dos extremistas islâmicos, baseados principalmente no Nordeste do país, onde o governo já declarou estado de emergência.

 

 

Fonte: Agência Estado

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Paquistão: 10 mortos em combates entre Exército e grupos islâmicos

Ao menos 10 pessoas morreram nesta terça-feira (30) em combates entre o Exército paquistanês e militantes islâmicos no noroeste do país, na região da fronteira com o Afeganistão, informaram as autoridades locais.

Várias dezenas de rebeldes islâmicos armados atacaram postos militares na zona tribal de Kyber. Oito militantes e dois soldados morreram nos confrontos, revelaram as autoridades.

“O ataque ocorreu na região do rio Bara e foi rechaçado após intensos combates”, disse um funcionário à AFP, acrescentando que a zona está sob o controle das forças governamentais.

Na madrugada desta terça-feira, talibãs paquistaneses disfarçados de policiais e armados até os dentes libertaram 250 presos, entre eles dezenas de militantes islâmicos, em um ataque contra uma prisão do noroeste do país.

Ao menos 13 pessoas – seis policiais, quatro presos, dois assaltantes e um civil de uma empresa de segurança – perderam a vida na ação.

O alvo foi a prisão de Dera Ismail Khan, cidade da província de Khyber Pajtunjwa, perto do Waziristão do Sul, uma região tribal semiautônoma que serve de refúgio aos talibãs e a outros grupos vinculados à Al-Qaeda.

Os talibãs paquistaneses do TTP, um grupo islâmico armado que luta há seis anos contra o governo de Islamabad, considerado pró-americano, reivindicaram o ataque.

 

Fonte: AFP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Carros-bomba matam pelo menos 48 pessoas em Bagdá

Ataques com carros-bomba mataram, pelo menos, 48 pessoas no Iraque nesta segunda-feira, segundo oficiais, levando o número de mortos em julho para mais de 780. Mais de 3.000 pessoas foram mortas em ataques neste ano, de acordo com dados da AFP baseados em fontes do setor de segurança e de saúde.

Os ataques feriram pelo menos 226 pessoas nesta sexta-feira, quando onze carros-bomba atingiram nove diferentes áreas de Bagdá, sete dos quais eram de maioria xiita.

Um outro veículo explodiu em Mahmudiyah, ao sul da capital. Outros dois carros-bomba explodiram em Kut, enquanto dois atingiram Samawa. Outro veículo foi detonado em Basra, ao sul de Bagdá.

Fonte: Agência Estado

Foto: AFP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.