Voo de Boeing é cancelado após problemas no Japão

A All Nippon Airways (ANA) cancelou há pouco um voo que partia da cidade de Okayama, a oeste de Tóquio. Uma mensagem teria aparecido no sistema de informações do Boeing 787 da companhia avisando que aeronave estava com um problema.

O problema ficou conhecido logo depois que a aeronave pousou no aeroporto de Okayama, após um voo que vinha de Tóquio para onde o país voltaria se não tivesse apresentado problemas. Segundo um porta=voz da companhia aérea, a o problema já está sendo investigado. Os 165 passageiros que estariam no voo foram realocado em um voo operado´pela Japan Airlines.

Na semana passada, a ANA afirmou ter encontrados “pequenos danos” em balizas de emergência de dois de seus Boeing 787. No início deste mês, um Boeing 787 operado pela Ethiopian Airlines pegou fogo enquanto estava estacionado no aeroporto de Heathrow, em Londres.

Fonte: Agência Estado

Foto: AFP/Arquivo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

China espera manter déficit fiscal abaixo de 3%

A China espera que o seu déficit fiscal corresponda a menos de 3% do Produto Interno Bruto (PIB) do país em 2013 para continuar distante de crise de dívida em potencial. A informação fazia parte de um relatório divulgado pelo China Business News, sem identificar fontes.

Nos últimos meses, o crescimento da receita fiscal da China tem diminuído, à medida que as despesas subiram para sustentar o crescimento econômico. Isso resultou em uma pressão adicional sobre o déficit fiscal chinês.

A meta de 3% é superior à estabelecida no início de 2013, de que o déficit fiscal poderia corresponder a 2% do PIB da China.

Ainda assim, o déficit da China ainda está dentro de níveis administráveis, e muitos economistas tem sugerido que o país pode tolerar um déficit orçamental superior, enquanto a China tenta reequilibrar sua economia e acelerar os gastos de bem-estar social.

De acordo com o relatório, se conseguir manter o déficit fiscal abaixo de 3% em 2013, dificilmente o país sofrerá rebaixamento em suas avaliações feitas pelas agências de classificação de risco. De acordo com o jornal, qualquer rebaixamento poderia levar a problemas mais graves de gestão da dívida. O relatório acredita que o governo apenas sinaliza que os governos locais devem apertar o cintos.

 

Fonte: Agência Estado

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Parlamento português vota lei para aumentar jornada e dispensar servidores públicos

A Assembleia da República de Portugal vota nesta segunda-feira (29) um pacote de projetos de lei que permitirá ao governo aumentar a jornada de trabalho dos funcionários públicos (de 35 para 40 horas semanais) além de tornar mais fácil a dispensa de contratados. Pela proposta, os servidores públicos que forem retirados do atual posto de trabalho terão até um ano de mobilidade, com salário reduzido, para conseguir nova colocação. Terminado o prazo, o governo poderá demitir.

A intenção já anunciada pelo primeiro-ministro Pedro Passos Coelho é dispensar 30 mil funcionários públicos. O corte faz parte das medidas estruturais de redução de despesas acordadas no programa de ajuda financeira externa.

O governo português quer este ano e no próximo reduzir a despesa pública em 4,7 bilhões de euros (mais de R$ 14 bilhões). O corte também implicará enxugamento nos gastos sociais, como educação e saúde (áreas com o maior número de funcionários públicos), aposentadorias e o seguro-desemprego (com taxa oficial de 18%).

Conforme exigência da Troika (formada pelo Fundo Monetário Internacional, Banco Central Europeu e Comissão Europeia), o governo precisa reduzir o constante déficit orçamentário (em mais de 6% no último ano) que agrava a dívida pública (próxima a 130% do Produto Interno Bruto) e reduz a confiança do mercado financeiro nos títulos do Tesouro português.

Até a divulgação do Orçamento do Estado deste ano, o governo tentou equilibrar as contas públicas com aumento de impostos. Com a recessão, que já dura mais de dois anos e meio, a atividade econômica diminui e a arrecadação não é suficiente para equilibrar a receita e a despesa do Estado.

A votação, que abre a última semana de trabalho dos deputados portugueses antes das férias de agosto, deverá ser acompanhada pelos sindicatos dos funcionários públicos que farão protestos em frente à Assembleia da República.

Além das críticas aos cortes e ao ajustamento financeiro do Estado estabelecido com a Troika, os manifestantes deverão protestar contra a nova ministra das Finanças, Maria Luís Albuquerque (ex-secretária do Tesouro), que, após negar conhecimento das condições de empréstimos de empresas estatais portuguesas, foi desmentida pela equipe de transição do ex-primeiro-ministro José Sócrates, que antecedeu Passos Coelho.

Os contratos assinados no governo anterior são do tipo swap – têm cláusulas que predeterminam os juros dos empréstimos, independente da situação do mercado financeiro. Quando os juros sobem, o devedor está protegido contra a alta; mas quando os juros descem (como ocorre desde a crise financeira internacional), a remuneração do empréstimo fica elevada e influencia as despesas do Estado.

Apesar da desconfiança contra a ministra, da impopularidade dos cortes de despesa na área social e da demissão dos funcionários públicos, a Assembleia da República deverá renovar amanhã (30) o voto de confiança no primeiro-ministro Pedro Passos Coelho.

 

 

Fonte: Agência Brasil

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Condutor de trem é indiciado por homicídio na Espanha

O condutor do trem que descarrilou esta semana na Espanha, causando a morte de 79 pessoas, foi indiciado neste domingo (28) por homicídio por negligência. Depois de ser interrogado por um juiz e indiciado, Francisco Jose Garzon Amo, 52, foi solto sob fiança. O juiz ordenou que Amo se apresente ao tribunal toda semana e proibiu que ele saia da Espanha. Além disso, ele não poderá conduzir trens por um período de seis meses, informou o Tribunal Superior da Galícia.

Segundo um morador da cidade onde o trem descarrilou, o condutor disse, minutos após o acidente, que estava correndo demais e não conseguiu frear.

Em uma entrevista à rede de televisão Antena 3, Evaristo Iglesias afirmou que ele e outra pessoa acompanharam o maquinista, Francisco José Garzón Amo, a uma área onde outras pessoas feridas estavam sendo colocadas à espera das equipes de emergência. “Ele nos disse que queria morrer”, relatou Iglesias.

Segundo a testemunha, Garzón contou que “estava muito rápido” e “precisou frear, mas não conseguiu”. Fonte: Dow Jones Newswires e Associated Press.

 

Fonte: Agência Estado

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Pelo menos sete mortos em acidente de ônibus na Itália

Pelo menos sete pessoas morreram, e dezenas ficaram feridas no sul da Itália neste domingo (28) à noite, quando um ônibus saiu da pista e despencou de uma altura de 30 metros, informou a polícia, de acordo com a imprensa italiana.

“Não posso confirmar o número de vítimas. Continuamos resgatando as pessoas do veículo. Nossa prioridade é libertar os feridos”, disse um porta-voz policial à AFP, acrescentando que a auto-estrada entre Nápoles e Bari está bloqueada para o tráfego.

Citando a própria fotografia, um profissional da agência de notícias italiana Ansa disse que há mais de 30 mortos.

“A cena é trágica. Na estrada, há carros destruídos, e pelo menos uma dúzia… E embaixo há mais de 30 corpos cobertos por lençóis brancos, alinhados ao longo da estrada interprovincial”, contou o fotógrafo Cesare Abbate.

Esse número não foi confirmado por uma fonte oficial.

As equipes de resgate do local, perto de Avellino, uma cidade da região da Campânia, disseram que o ônibus bateu em vários carros antes de sair da pista. É possível que alguns passageiros tenham se jogado do veículo quando ele despencou, de acordo com a imprensa local.

O motorista está entre os mortos, e muitos dos feridos são crianças, informam “La Reppublica” e “Corriere della Sera”.

Cerca de 40 pessoas viajavam no ônibus, que voltava para Nápoles, procedente de uma peregrinação. Testemunhas disseram que o veículo parecia estar com problema no freio.

 

Fonte: AFP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Diálogo de paz do Oriente Médio recomeça segunda em Washington

Delegados israelenses e palestinos reiniciarão na segunda-feira (29), em Washington, os diálogos de paz diretos, anunciou o Departamento de Estado americano em nota divulgada neste domingo.

“O secretário de Estado John Kerry falou com o presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, e com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, e lhes convidou a enviar suas equipes negociadoras para retomar, formalmente, as negociações diretas. As primeiras reuniões estão previstas para a tarde de segunda, 29 de julho, e terça, 30 de julho”, de acordo com a porta-voz Jen Psaki.

Os israelenses estarão representados pela ministra da Justiça Tzipi Livni e por Yitzhak Molcho, e os palestinos, pelo chefe negociador Saeb Erekat e por Mohamed Shtayeh.

O diálogo de paz entre ambas as partes está totalmente interrompido desde setembro de 2010, depois que Israel decidiu retomar os assentamentos nos territórios palestinos, até então paralisados.

“Como foi anunciado pelo secretário Kerry em 19 de julho em Amã, na Jordânia, os israelenses e os palestinos chegaram a um acordo para retomar as negociações diretas”, acrescenta a nota.

“As reuniões em Washington marcarão o início das conversas” e “servirão como uma oportunidade para desenvolver um plano de trabalho”, visando à continuação do processo nos próximos meses.

Neste domingo, o governo israelense aprovou a libertação de 104 prisioneiros palestinos.

“O governo aprovou a abertura de negociações entre Israel e os palestinos”, estancadas há três anos, assim como a formação de “um comitê ministerial para a libertação de prisioneiros durante as negociações”, informou um comunicado do gabinete do premier de Israel, Benjamin Netanyahu.

A autorização do gabinete israelense aconteceu após várias horas de deliberações, devido à forte oposição expressa por muitos ministros à soltura dos detentos. Eles contam com o apoio de boa parte da opinião pública israelense.

 

 

Fonte: AFP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Homem que matou seis vizinhos na Flórida queimava 10 mil dólares

O homem que matou seis vizinhos antes de morrer no sábado (27) pelas mãos da polícia após um tiroteio em um edifício residencial em Miami era um cidadão cubano de 42 anos que estava tentando queimar 10.000 dólares em seu apartamento, confirmou a polícia.

“Seguimos investigando os motivos deste crime, mas podemos confirmar que a identidade do agressor é Pedro Vargas, de 42 anos”, disse neste domingo o porta-voz da polícia de Hialeah, Carl Zogby.

“Ele estava queimando dinheiro no apartamento, mas não se sabe as razões desta situação irracional”, acrescentou o funcionário.

Outras fontes da polícia citadas pela imprensa local indicaram que “Vargas estava queimando dinheiro, não se sabe quanto exatamente, mas era parte de 10.000 dólares que havia retirado recentemente de uma conta-poupança”.

A polícia de Hialeah, cidade latina no noroeste de Miami, divulgou as identidades das seis vítimas que morreram no massacre ocorrido entre a tarde de sexta-feira e a madrugada de sábado, entre as quais estavam os administradores do edifício: Italo Pisciotti, de 79 anos, e Samira Pisciotti, de 69, um casal colombiano.

MORTES – Sete pessoas morreram em um tiroteio em um edifício residencial em Hialeah, a zona mais latina de Miami, onde um homem tomou os vizinhos como reféns desde a tarde de sexta-feira até morrer pelas mãos da polícia na madrugada deste sábado, confirmou um sargento.

“Seis pessoas inocentes morreram e também o suspeito que iniciou esta situação”, disse à AFP o sargento Eddie Rodríguez, porta-voz do Departamento de Polícia de Hialeah, no noroeste de Miami.

Rodríguez explicou que até o momento não se sabe o motivo do crime e que as autoridades estão iniciando os trabalhos de identificação das vítimas.

O edifício, localizado no coração de uma cidade majoritariamente de origem cubana, abriga cerca de 90 famílias.

Até o momento não se sabe se o suspeito que iniciou o tiroteio vivia no prédio.

“O incidente começou depois das 18h30 locais de sexta-feira e terminou às 02h30 da manhã deste sábado, quando uma equipe da unidade SWAT da polícia invadiu o edifício e entrou no apartamento, no qual o suspeito se encontrava com um casal de vizinhos como reféns”, indicou o sargento.

Segundo Rodríguez, “este casal de reféns não conhecia o suspeito e tentou durante horas negociar com ele para que se rendesse, mas, ao não ser possível, a polícia precisou agir”.

Estes reféns, um homem e uma mulher, saíram ilesos do confronto que terminou com a morte do suspeito.

Entre os mortos – três homens e três mulheres -, está um casal de idade avançada, os únicos identificados até agora por sua filha: Italo Pisciotti, de 78, e Samira Pisciotti.

Também foi identificado um morador de origem equatoriana, que não tinha relação com o casal, revelou a polícia de Hialeah, acrescentando que os idosos eram os administradores do edifício.

A filha do casal morto, Sharima Pisciotti, que disse ser colombiana, afirmou que seus pais foram “ver um inquilino que havia feito uma queixa, e parece que houve uma discussão, a pessoa começou a atirar”, disse ao canal de notícias local Univision.

“Eu vi minha mãe morta. Morreu na hora do disparo”, contou ela, que disse ter ouvido de 15 a 20 tiros.

Segundo os policiais, os disparos teriam acontecido em vários andares do prédio, até que o suspeito decidisse se entrincheirar em um apartamento, fazer seus moradores de reféns e esperar pelo trágico desfecho.

A polícia ainda não quis confirmar nem as identidades, nem as nacionalidades das demais vítimas, que inclui um homem que caminhava para seu apartamento na rua em frente ao local onde o agressor começou a atirar.

De acordo com o jornal “El Nuevo Herald”, citando relato de moradores, o suposto assassino era um cubano na faixa dos 50 que morava no conjunto residencial com a mãe, já bem idosa.

 

Fonte: AFP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Ministro do Egito alerta manifestantes após 72 mortes

O ministro do Interior do Egito, Mohammed Ibrahim, prometeu neste domingo (28) lidar decisivamente com qualquer tentativa de desestabilizar o país, em um alerta velado para os apoiadores do presidente deposto Mohammed Morsi, que ocupam duas praças no Cairo há um mês. O alerta foi feito no dia em que as autoridades egípcias informaram que o número de mortos nos conflitos deste fim de semana entre islamistas defensores de Morsi e forças de segurança subiu para 72.

“Eu garanto ao povo do Egito que a polícia está decidida a manter a segurança da nação e é capaz de fazer isso”, disse Ibrahim em uma cerimônia de graduação na academia da polícia nacional. “Nós vamos lidar muito decisivamente com qualquer tentativa de minar a estabilidade”, acrescentou.

Os comentários de Ibrahim ampliam a pressão sobre os defensores de Morsi três semanas depois de o presidente ser deposto por um golpe militar que seguiu-se a dias de protestos nas ruas feitos por milhões de pessoas que pediam que ele renunciasse.

Na sexta-feira (26), novamente milhões de pessoas tomaram as ruas em uma demonstração de apoio ao general Abdel-Fattah el-Sissi, o líder militar que depôs Morsi. Esses protestos foram uma resposta ao pedido do general para ter um mandato e para que a polícia desse um fim ao que ele chamou de violência e potencial terrorismo.

Ibrahim, que foi nomeado por Morsi, acusou os defensores do presidente deposto de provocar o derramamento de sangue e sugeriu que as autoridades podem agir contra os dois principais acampamentos de apoiadores do ex-presidente: um ao lado da mesquita Rabaah al-Adawiya e outro na praça Nahda, ambos no Cairo.

As autoridades admitem que a vasta maioria dos mortos nos conflitos são manifestantes, mas o Ministério do Interior afirmou que alguns policiais ficaram feridos e ainda não está claro se civis que se alinharam à polícia estão entre os mortos.

A diretora de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU), Navi Pillay, emitiu um comunicado condenando a violência. “Temo pelo futuro do Egito se os militares e outras forças de segurança, bem como alguns manifestantes, continuarem tomando uma abordagem tão confrontadora e agressiva. Os defensores da Irmandade Muçulmana têm o direito de protestar pacificamente como qualquer um”, disse. Fonte: Associated Press.

 

 

Fonte: Agência Estado

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Cientistas criam falsas lembranças em ratos

Uma equipe internacional de pesquisadores conseguiu criar, pela primeira vez, falsas lembranças no cérebro de ratos, abrindo caminho para entender este misterioso processo neurológico entre os humanos.

Segundo Susumu Tonegawa, do Massachusetts Institute of Technology (MIT), o método supõe reconhecer as células do cérebro que se alteram – física e quimicamente – durante a formação da lembrança, o que se conhece como ‘engrama’.

“O mecanismo neuronal do cérebro para recuperar estas lembranças é o mesmo, não importa se a recordação é falsa ou verdadeira”, explica Tonegawa, prêmio Nobel em 1987 e diretor do RIKEN-MIT Center for Neural Circuit Genetics.

“Nossas experiências proporcionaram o primeiro modelo animal no qual a formação das lembranças – falsas ou genuínas – podem ser investigadas ao nível do engrama, as impressões deixadas no cérebro por acontecimentos passados”.

Tonegawa e seus companheiros conseguiram identificar as células para lembranças específicas no hipocampo cerebral de ratos modificados geneticamente e programar o engrama para responder a impulsos de luz, com uma técnica conhecida como optogenética.

Em primeiro lugar, situaram os ratos em uma caixa “A” que representa uma zona sem qualquer risco, para em seguida colocá-los em um ambiente totalmente diferente, a caixa “B”, onde reativaram as lembranças da posição “A” com impulsos luminosos nas células do hipocampo.

Paralelamente, os pesquisadores aplicaram uma leve descarga elétrica nas patas dos animais para criar um vínculo entre esta experiência desagradável e a lembrança da caixa “A”.

Quando os animais foram colocados de volta na caixa “A”, onde não ocorria realmente nada ruim, os ratos ficaram assustados.

Os pesquisadores também foram capazes de reativar as células do hipocampo associadas a esta falsa lembrança desagradável em um ambiente totalmente novo.

“Os humanos são animais muito imaginativos e, como ocorre com os ratos, podem ter uma experiência desagradável que seja relacionada a outra experiência anterior, criando uma falsa lembrança”, disse Tonegawa.

“A ativação desta falsa lembrança ativa os mesmos centros de medo no cérebro, o que não permite distinguir na memória uma experiência real de medo”, destaca Xu Liu, pesquisador do MIT e coautor do estudo.

Segundo a pesquisa, o mecanismo de formação de falsas lembranças seria similar ao de um psicoanalista que faz emergir, mediante persuasão, uma recordação de uma experiência traumática na infância que, geralmente, é fictícia.

“A memória é na realidade muito dinâmica e se modifica cada vez que nos recordamos de algo. Algumas vezes, nos damos conta, mas na maior parte do tempo não somos conscientes disto, o que explica por que a pessoa fica convencida da exatidão de suas lembranças”, destaca o pesquisador.

“A próxima etapa da pesquisa se concentrará sobre os mecanismos que permitem apagar lembranças ruins”, revela Xu Liu.

 

 

Fonte: AFP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Condutor do trem que descarrilou na Espanha está sob custódia policial

O condutor do trem que descarrilou nessa quarta-feira (24) em Santiago de Compostela, no Noroeste da Espanha, estava a mais de 190 quilômetros por hora (km/h) em uma área cuja velocidade máxima é 80 km/h. A constatação ocorreu após a transcrição das conversas nas caixas-pretas, entre funcionários da composição e a sala de comando.

O maquinista permanece internado no Hospital Clínico sob custódia policial. As autoridades aguardam a melhora do seu estado de saúde para tomar o depoimento dele. Por ordem judicial, os policiais devem tomar o depoimento do condutor na condição de suspeito.

Pelo último balanço oficial, 80 pessoas morreram e 94 ficaram feridas no descarrilamento, considerado o pior acidente ferroviário da história recente da Espanha. O acidente ocorreu às vésperas do principal feriado do país – o de Santiago de Compostela.

O vice-presidente (espécie de vice-prefeito) de Xunta, Alfonso Rueda, disse que 73 pessoas morreram no local do acidente. Sete foram levadas com vida para o hospital, mas não resistiram aos ferimentos. Os trabalhos de resgate ainda continuam quase 24 horas depois do descarrilamento. Nos hospitais, há 94 pessoas internadas, das quais 35 em estado crítico, inclusive quatro crianças.

A bordo do trem havia 218 passageiros, que faziam o trajeto entre Madri e Ferrol. O primeiro-ministro da Espanha, Mariano Rajoy, foi ao local do acidente e decretou luto oficial de três dias no país. Santiago de Compostela é um dos locais turísticos mais visitados da Espanha devido à peregrinação religiosa, pois um dos apóstolos de Cristo – Santiago Maior (em português  Tiago, filho de Zebedeu) está enterrado no local.

 

Fonte: Agência Brasil

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com