Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Americano danifica salão após ficar descontente com corte de cabelo

Um homem de 47 anos foi preso em Stamford, no estado do Connecticut (EUA), depois que danificou um salão de beleza porque ficou descontente com seu corte de cabelo.

Alan Becker danificou salão após ficar descontente com corte de cabelo (Foto: Stamford Police Department)
Alan Becker danificou salão após ficar descontente com corte de cabelo (Foto: Stamford Police Department)

Ao ser detido, Alan Becker justificou o momento de fúria ao destacar que “não gostou” a maneira como seu cabelo tinha sido cortado.

Becker teria perdido a cabeça quando o cabeleireiro quis cobrar US$ 50 (R$ 143) pelo corte. Irritado, ele começou a jogar coisas no chão e danificou a parede do salão.

Em seguida, o cliente foi embora, mas voltou depois e pediu que o cabeleireiro consertasse seu cabelo. Em vez disso, ele chamou a polícia.

Becker acabou preso por perturbação do sossego e danos à propriedade.

 

Do G1, em São Paulo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Dissidentes afirmam que mais de 100 manifestantes foram presos em Cuba

Berta Soler, líder do grupo cubano Damas de Blanco, em foto de 12 de março de 2013 (Foto: AP Photo/Andres Kudacki, File)

Berta Soler, líder do grupo cubano Damas de Blanco, em foto de 12 de março de 2013 (Foto: AP Photo/Andres Kudacki, File)

Dissidentes cubanos dizem que mais de 100 ativistas anti-governo foram presos e que, na segunda-feira (23), ainda aguardavam notícias sobre quantos foram soltos.

Berta Soler, líder do grupo Damas de Blanco, diz que 53 membros e outros 36 dissidentes foram detidos no domingo, durante a tradicional marcha do grupo por Havana após a missa dominical.

Elizardo Sanchez, chefe da Comissão Cubana pelos Direitos Humanos e Reconciliação Nacional, um dos maiores grupos de direitos humanos do país, disse que entre 150 e 200 dissidentes foram presos no país no domingo.

A secretária de Estado assistente dos EUA, Roberta Jacobson, disse no Twitter que seu país está “preocupado com o violento silenciamento de vozes pacíficas a favor da mudança”. Ela irá se encontrar com oficiais cubanos na sexta-feira para a segunda rodada de conversas sobre o restabelecimento de relações diplomáticas.

 

Da AP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Drones sobrevoam Paris durante a madrugada

Pelo menos cinco drones foram vistos na madrugada desta terça-feira sobrevoando diferentes pontos de Paris, mas no momento as autoridades não sabem quem está por trás das ações.

O primeiro drone foi observado perto da embaixada dos Estados Unidos pouco depois da meia-noite. Uma fonte ligada às investigações explicou que “também foram sobrevoados a Torre Eiffel, Inválidos e a praça da Concórdia”.

“Pode ser uma ação coordenada, mas no momento não sabemos de mais nada”, disse.

Durante a noite foram mobilizados diferentes unidades da polícia, sem sucesso.

“Fizemos de tudo para tentar interceptar os pilotos, mas não foram detectados”, disse outra fonte.

No dia 20 de janeiro, o Palácio do Eliseu foi sobrevoado por um drone, “mas nunca haviam sido observados tantos drones em uma noite”, afirmou uma fonte policial.

Nos últimos meses também foram observados vários drones perto de instalações nucleares francesas, mas as autoridades não conseguiram descobrir quem pilotava os aparelhos.

 

Da France Presse

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Violência política em Bangladesh deixou mais de 100 mortos nas últimas semanas

Onda de protestos vem atacando Bangladesh / Foto: MUNIR UZ ZAMAN / AFP

Onda de protestos vem atacando Bangladesh

Foto: MUNIR UZ ZAMAN / AFP

Os violentos confrontos entre os partidários da primeira-ministra de Bangladesh, Sheij Hasina, e da líder da oposição Khaleda Zia deixaram mais de 100 mortes nas últimas semanas, informou a polícia nesta segunda-feira.

Os corpos de seis homens crivados de balas foram descobertos nesta segunda-feira na capital Dacca, o que eleva para 104 o número de mortos de ambos os lados.

As quatro vítimas foram executadas depois de serem apanhadas na posse de coquetéis Molotov.

Zia, que foi primeira-ministra em duas ocasiões, convocou em 5 de janeiro um protesto com o objetivo de paralisar os transportes do país.

Desde então seus simpatizantes atacaram carros, ônibus e caminhões.

A líder do Partido Nacionalista de Bangladesh (BNP) garante que tem sido impedida de sair de seu escritório desde 3 de janeiro, quando pediu que a população manifestasse para marcar o primeiro aniversário da reeleição de Hasina, considerada por ela como uma “farsa”.

Um dos corpos encontrado nesta segunda é o de Abdul Wadud, um líder sindical do BNP, enquanto os outros três não foram identificados, indicou à AFP o inspetor Masud Parvez, no distrito de Mirpur, Dacca.

Mais de 10.000 manifestantes foram presos, enquanto a primeira-ministra recusa qualquer diálogo com a sua rival.

 

 

Da AFP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Chefe do Pentágono promete derrotar o Estado Islâmico

Da AFP

‘Vamos infligir a eles uma derrota definitiva, que não restem dúvidas’, prometeu o novo secretário de Defesa americano, Ashton CarterFoto: reprodução

O novo secretário de Defesa americano, Ashton Carter, prometeu ao grupo Estado Islâmico (EI) uma derrota definitiva, após uma reunião na base americana do Kuwait com militares e diplomatas para fazer um balanço da campanha aérea dos jihadistas.

Dirigindo-se às tropas americanas antes da reunião, Carter assegurou que a coalizão liderada pelos Estados Unidos está “repelindo habilmente o EI do Kuwait” e do resto dos países onde se encontra.

“Vamos infligir a eles uma derrota definitiva, que não restem dúvidas”, afirmou.

Poucos dias depois de assumir suas funções, o novo chefe do Pentágono se reuniu com generais, embaixadores e chefes dos serviços de inteligência na base de Camp Arifjan, no deserto kuwaitiano, aonde chegou no domingo procedente do Afeganistão.

A reunião, a portas fechadas, não tratará apenas da Síria e do Iraque, onde os aviões da coalizão atacam diariamente alvos jihadistas, como também da luta em nível regional contra o EI, explicou.

Mais de 1.600 pessoas morreram até agora nos bombardeios da coalizão contra os extremistas na Síria, segundo o Observatório Sírio dos Direitos Humanos (OSDH).

A reunião no Kuwait acontece depois de mais de seis meses da campanha aérea contra o EI, que permitiu às tropas curdas retomar posições no norte do Iraque e na cidade síria de Kobane e seus arredores.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Austrália anuncia novas medidas na luta contra o terrorismo islâmico

Da Agência Brasil

‘A ameaça terrorista aumenta no país e no exterior e torna-se mais difícil de combater’, ressaltou AbbottFoto: The Daily Telegraph

O primeiro-ministro australiano, Tony Abbott, anunciou nesta segunda-feira (23) que pretende alterar as leis de imigração e cidadania, e reprimir quem promove a violência extremista, como parte do reforço da luta do seu país contra o terrorismo islâmico. “A ameaça terrorista aumenta no país e no exterior e torna-se mais difícil de combater”, ressaltou Abbott no quartel central da polícia federal australiana em Camberra, capital do país.

O chefe do Executivo anunciou a resposta do governo a um relatório que analisou a estratégia antiterrorista do país. Abbott disse que quer alterar as leis para revogar ou suspender a cidadania australiana às pessoas com dupla nacionalidade que estejam implicadas em atos terroristas.

No caso dos cidadãos australianos, vai ser avaliada a possibilidade de suspender alguns dos direitos vinculados aos seus estatutos como “restrições aos seus deslocamentos ao exterior ou eventual regresso à Austrália, assim como o acesso aos serviços consulares e às ajudas da segurança social”, disse.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Israel diz ter capturado célula do Hamas na Cisjordânia

Da AFP

O serviço de segurança interior de Israel informou nesta segunda-feira (23) que prendeu em janeiro várias pessoas acusadas de pertencer ao grupo islamita palestino Hamas, que supostamente planejava ataques na Cisjordânia ocupada.

As 11 pessoas foram detidas em janeiro pelos serviços israelenses na cidade de Hebron, disse o Shin Bet em um comunicado.

“Estes ativistas estavam planejando vários ataques, incluindo um atentado suicida”, disse o serviço de segurança, acrescentando que os detidos haviam confessado uma tentativa frustrada de atacar uma colônia judaica em Hebron.

Além disso, o Shin Bet disse que após o interrogatório foram encontrados explosivos e armas.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Americano bate recorde ao comer 182 fatias de bacon em cinco minutos

O americano Matt Stonie estabeleceu um novo recorde mundial durante uma competição de comer bacon em Daytona Beach, no estado da Flórida (EUA).

Segundo os organizadores, Stonie devorou 182 fatias de bacon em apenas cinco minutos. No total, o Stonie comeu 2,72 quilos de bacon cozido.

Matt Stonie devorou 182 fatias de bacon em apenas cinco minutos (Foto: Gerardo Mora/Getty Images/AFP )
Matt Stonie devorou 182 fatias de bacon em apenas cinco minutos (Foto: Gerardo Mora/Getty Images/AFP )
Competição ocorreu em Daytona Beach, no estado da Flórida (Foto: Gerardo Mora/Getty Images/AFP)
Competição ocorreu em Daytona Beach, no estado da Flórida (Foto: Gerardo Mora/Getty Images/AFP)
Do G1, em São Paulo

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Russo se esconde em geladeira para não comparecer em tribunal

Para não comparecer em uma audiência em um tribunal de Ecaterimburgo, na Rússia, na um homem de 31 anos se escondeu na geladeira Assista ao vídeo.

Russo se escondeu em geladeira para não comparecer em tribunal (Foto: Reprodução/YouTube/RuptlyTV)

Russo se escondeu em geladeira para não comparecer em tribunal (Foto: Reprodução/YouTube/RuptlyTV)

Eduard Bulgakov era acusado de roubo. Após ele não comparecer na audiência, um juiz emitiu um mandado de prisão contra ele, e agentes foram até sua casa para prendê-lo.

Quando os policiais chegaram à casa do acusado, sua mãe alegou não sabia onde ele estava. Os agentes decidiram esperar do lado de fora caso ele aparecesse.

No entanto os policiais ficaram intrigados quando um entregador deixou duas pizzas grandes no apartamento. Então, eles resolveram fazer uma segunda checada.

Os policiais acabaram descobrindo que Bulgakov estava escondido na geladeira.

 

 

Do G1, em São Paulo

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Bombardeios da coalizão mataram 1,6 mil pessoas em 5 meses na Síria

Mais de 1,6 mil pessoas morreram nos bombardeios da coalizão dirigida pelos Estados Unidos contra as posições do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) na Síria em cinco meses, informou nesta segunda-feira (23) uma ONG.

Segundo o Observatório Sírio de Direitos Humanos (OSDH), quase todos os mortos são jihadistas do EI e do braço sírio da Al-Qaeda, a Frente al-Nosra. Também figuram 62 civis.

 

Da France Presse

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.