Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Náutico será julgado nesta segunda por invasão e pode perder mando na final do Estadual

Por conta de invasão de torcedores após vitória sobre o Santa Cruz, Timbu pode ser multado e perder até dez mandos de campo no Pernambucano; defesa vai alegar que não houve violência

Por João de Andrade Neto — Recife

globo esporte

Na próxima quarta-feira, o Náutico vai conhecer o seu adversário na final do Campeonato Pernambucano, entre Retrô e Salgueiro, que se enfrentam às 21h30, na Arena de Pernambuco. Porém, nesta segunda, os alvirrubros terão outra “decisão” pela frente.

Isso porque está marcado para as 18h30, no Tribunal de Justiça Desportiva, o julgamento da invasão de campo por parte de torcedores após a vitória nos pênaltis sobre o Santa Cruz, nos Aflitos, pela semifinal.

O Timbu corre o risco de ser punido com multa, que varia de R$ 100 a R$ 100 mil e perda de mando de campo, de uma a dez partidas, válidas apenas em jogos do Estadual.

Caso o adversário da final seja o Retrô, o confronto de ida da decisão será nos Aflitos. Já se o Salgueiro avançar, os alvirrubros terão direito ao mando no jogo de volta.

Procurado pelo ge, o vice-presidente jurídico alvirrubro, Luiz Gaião, explicou que a linha de defesa do clube para evitar uma punição será a mesma alegada no episódio da invasão da torcida após o confronto contra o Paysandu, em 2019, quando o Náutico conseguiu o acesso à Série B.

Na ocasião, a defesa explicou que não houve nenhum prejuízo a partida e que a entrada dos torcedores no gramado ocorreu de forma pacífica. O clube foi punido apenas com multa de R$ 4 mil pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Ainda segundo Luiz Gaião, o Náutico estará representado no julgamento desta segunda-feira pelo advogado Osvaldo Sestário, que viajará do Rio de Janeiro para o Recife apenas para a sessão.

“O jogo já havia sido encerrado e não houve interferência no resultado. Além disso não houve violência nenhuma. Essa será a nossa linha defesa, semelhante a que nós utilizamos no caso do jogo do Paysandu, quando a invasão foi muito maior. Vamos seguir a mesma lógica” , explicou o vice jurídico do Náutico.

A entrada dos torcedores no gramado após a disputa de pênaltis foi relatada na súmula da partida pela árbitra Deborah Cecília, que, no entanto, informou não ter ocorrido maiores problemas.

– Após o término da partida (disputa dos pontos penais para determinar o vencedor), quando as equipes do jogo e a arbitragem da partida ainda se encontravam em campo, houve invasão generalizada da torcida do clube mandante. Prontamente recebemos o auxílio e proteção da Polícia Militar, que nos escoltou até o vestiário sem maiores problemas – escreveu.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Primeiras rodadas da Série D são divulgadas pela CBF; veja os jogos do Santa Cruz

Nas sete primeiras partidas dos corais detalhadas pela CBF, quatro delas acontecerão fora de casa; Tricolor joga contra o Lagarto no próximo dia 17, no Barretão

Por Camila Sousa — Recife

globo esporte

Santa Cruz conheceu nesta quinta-feira a sua caminhada na Série D. A Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgou a tabela detalhada do Brasileiro até a sétima rodada da primeira fase, e, como já era sabido, o Tricolor estreia fora de casa, contra o Lagarto. Mas agora o duelo tem data, local e horário definido: dia 17 deste mês, às 16h, no estádio Paulo Barreto.

Pela segunda rodada, o clube pernambucano recebe o ASA, em casa, em confronto que promete bom público no Arruda, após liberação do estádio para 20 mil torcedores pelo Corpo de Bombeiros. A partida acontece no domingo (24), às 16h. Nos outros cinco duelos detalhados pela CBF, os corais terão três jogos longe de seus domínios, diante da Juazeirense, Jacuipense e Sergipe, e dois no Recife, com Atlético de Alagoinhas e CSE.

Danny Morais analisa trabalho de Leston Júnior no Santa Cruz e projeta futuro coral

Ao contrário da edição passada, a Série D não terá fase preliminar, começando direto na etapa de grupos regionais. A principal novidade diz respeito à cota de R$ 120 mil que cada participante receberá, além de valores extras para as quatro equipes que conseguirem o acesso

O time coral figura no grupo A4, composto por outras sete equipes nordestinas, como prevê o regulamento, com a composição de blocos “regionalizados”. As quatro melhores se classificam para a fase de mata-mata.

Veja os jogos do Santa Cruz

  • Lagarto x Santa Cruz, 17/04, às 16h, no Paulo Barreto
  • Santa Cruz x ASA, 24/04, às 16h, no Arruda
  • Juazeirense x Santa Cruz, 4/05, às 20h, no Adauto Morais
  • Santa Cruz x Atlético-BA, 8/05, às 16h, no Arruda
  • Jacuipense x Santa Cruz, 15/05, às 15h, no Eliel Martins
  • Santa Cruz x CSE, 22/05, às 16h, no Arruda
  • Sergipe x Santa Cruz, 29/05, às 16h, no Batistão

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Vander Vieira aciona Sport na Justiça, após deixar clube sem estrear por erro nas inscrições de 2021

Atacante está no Always Ready, da Bolívia, e pede R$ 386.233,33 por pagamentos em aberto; ele chegou ao Rubro-negro em setembro do ano passado, mas não foi inscrito na Série A do Brasileiro

Por Redação do ge — Recife

globo esporte

O atacante Vander Vieira acionou o Sport na Justiça do Trabalho, em uma ação avaliada em R$ 386.233,33 para cobrar pagamentos em aberto com o clube. Ele estava na Ilha em Retiro na temporada passada, mas não pôde estrear – por conta do erro nas inscrições dos últimos quatro reforços contratados pelo Rubro-negro.

A ação está circulando desde o fim de março e emitiu a ordem de notificação ao Sport no dia 24, com o prazo de 15 dias úteis para pronunciamento. As partes estão livres para apresentar proposta conciliatória a qualquer momento.

Vander Vieira, portanto, tornou-se mais um dos jogadores a acionar o Sport na Justiça sem estrear pelo clube. Antes do atacante, o lateral-esquerdo Jeferson – que foi afetado pelo mesmo problema – também acionou o clube. Neste caso, no entanto, os clubes chegaram a um acordo e a dívida foi paga à vista no mês de março.

Salgueiro vence o Sport e se classifica para a semifinal do Pernambucano

Vander chegou ao Sport em setembro do ano passado, contratado para a disputa do Brasileirão. Uma semana depois, o clube descobriu um erro na inscrição do atacante e não pôde contar com o reforço na competição.

Dois nomes envolvidos no mesmo problema – o volante Nicolás Aguirre e o lateral Jeferson – deixaram o Sport naquele momento, mas Vander Vieira terminou permanecendo. Seguiu treinando no clube e estava nos planos para 2022, mas não houve acordo para a renovação de contrato.

Após a saída do Rubro-negro pernambucano, o atacante assinou com o Always Ready e está atuando na Bolívia. Fez um gol em 12 partidas disputadas até aqui.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Náutico lança categoria de sócios gratuita e com desconto na compra de ingressos

Plano prevê desconto de 10% na compra de ingressos, que podem ser adquiridos de forma digital; atualmente clube conta com 10.544 associados e meta, a curto prazo, é dobrar esse número

Por Redação ge — Recife

globo esporte

Náutico completou nesta quinta-feira 121 anos de fundação. E como parte das comemorações pelo aniversário, o clube alvirrubro apresentou seu novo programa de sócios. Entre as novidades, está a criação de uma categoria gratuita.

Chamada de “Todo Mundo é Náutico“, o plano prevê como benefícios 10% de desconto na compra de ingressos para três setores do estádio dos Aflitos (com limite para quatro bilhetes), que pode ser feita de forma digital, além de acesso à sede do clube.

O termo “Todo Mundo é Náutico” vem sendo adotado pela torcida nas redes sociais e nesta quinta-feira chegou a figurar entre os assuntos mais comentados do Twitter.

O clube também possui um plano de sócios voltados para torcedores cadastrados em programas sociais do Governo Federal, com valor mensal de R$ 11 por mês e que dá direito a ingressos gratuitos nos jogos nos Aflitos.

Ao todo, são nove os planos de sócios para os torcedores. Veja AQUI. Atualmente, o Náutico conta com 10.544 associados.

– Nós temos a missão de curto prazo que é dobrar a quantidade de sócios que temos hoje. Agora tem uma questão mais profunda do que simplesmente aumentar a quantidade de sócio. Nós queremos chegar a muito mais gente. Precisamos enfrentar essa imagem de que o Náutico é um clube de elite. O Náutico deve ser um clube de todos e todo mundo é Náutico. Agora nós temos todas as possibilidades para que isso aconteça – afirmou o diretor de marketing Edgar Andrade.

Dentro de campo, o Náutico estreia na Série B no próximo domingo, fora de casa, contra o Londrina. Finalista do Campeonato Pernambucano, a equipe espera o vencedor da semifinal entre Salgueiro e Retrô para conhecer seu adversário.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Campeonato Pernambucano terá final inédita, com 15º jogo diferente decidindo título; veja lista

Já garantido na final do Estadual, o Náutico nunca decidiu o título contra Retrô ou Salgueiro, que fazem a semifinal do outro lado do chaveamento

Por João de Andrade Neto — Recife

globo esporte

Com a classificação do Salgueiro para a semifinal do Campeonato Pernambucano, eliminando o Sport nos pênaltis, em plena Ilha do Retiro, está definido também que o Estadual de 2022 terá uma final inédita. Isso porque, já garantido na decisão, o Náutico nunca decidiu o título contra Retrô ou o Carcará, que se enfrentarão na semifinal do outro lado do chaveamento.

De acordo com levantamento feito pelo jornalista Cassio Zirpoli, esta será a 15ª final diferente do Campeonato Pernambucano, disputado regularmente desde 1915 (nem todas as edições tiveram finais). A última vez que a competição foi decidida por um jogo inédito foi em 2018, quando o Náutico se sagrou campeão derrotando o Central e quebrando um jejum de 14 anos sem taças.

Por sinal, o Timbu buscará o 24º título do Campeonato Pernambucano e tem a chance de ser bicampeão, algo que não acontece há 20 anos (a última vez foi em 2001/2002). Já o Salgueiro é o único time do interior a ter conquistado o estadual, feito obtido em 2020, sobre o Santa Cruz. O Retrô, que neste ano teve a melhor campanha da primeira fase, nunca chegou à decisão.

Eliminados na atual edição, Sport e Santa Cruz fazem a final de Campeonato Pernambucano mais repetida – o Clássico das Multidões decidiu o título 24 vezes. Em seguida aparece o duelo entre Sport e Náutico, com 18 finais (a última no ano passado). Já o duelo entre Náutico e Santa Cruz fechou a competição em 16 oportunidades. A última, porém, em 2004.

A classificação do Náutico nos pênaltis contra o Santa Cruz

Todas as finais já realizadas

  • Sport x Santa Cruz (24 vezes)
  • Náutico x Sport (18 vezes)
  • Santa Cruz x Sport (16 vezes)
  • América x Santa Cruz (2 vezes)
  • Náutico x América (2 vezes)
  • Náutico x Retrô ou Salgueiro (1 vez)
  • Sport x América (1 vez)
  • Sport x Porto (1 vez)
  • Santa Cruz x Salgueiro (1 vez)
  • Salgueiro x Sport (1 vez)
  • Central x Náutico (1 vez)
  • Santa Cruz x Íris (1 vez)
  • Santa Cruz x Varzeano (1 vez)
  • Santa Cruz x Tramways (1 vez)
  • Flamengo x Torre (1 vez)

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Segurado afasta clima de decepção após queda do Santa e diz: “Orgulho de ter formado esse grupo”

Executivo de futebol falou pela primeira vez à imprensa depois da eliminação no Pernambucano e segue linha de discurso de Leston, sem lamentar a derrota

Por Camila Sousa — Recife

globo esporte

Marcelo Segurado falou à imprensa pela primeira vez após a eliminação do Santa Cruz na semifinal do Pernambucano, no último fim de semana, para o Náutico. E seguiu a mesma tônica do técnico Leston Júnior, sem lamentar a queda no Estadual. Depois de um empate sem gols na etapa regulamentar, o Timbu levou a melhor nos pênaltis e venceu por 4 a 3.

O executivo afastou o sentimento de “decepção” pela derrota e disse estar orgulhoso por ter formado o elenco.De forma alguma gerou decepção. Nós fizemos um baita jogo. Enalteço esse grupo e tenho muito orgulho de tê-lo formado nas condições que formamos.— afirmou Segurado

Agora, virada a chave para a disputa da Série D, o Santa Cruz deve mudar algumas peças do time e não descarta algumas saídas, principalmente em relação a jogadores que, na visão do próprio Segurado, “não renderam o esperado”.

Até mesmo alguns garotos que estiveram na base do clube podem ser negociados. Como o caso de Arian. O atacante foi pouco aproveitado – só esteve em campo por 22 minutos – e provavelmente não segue no Arruda.

Enquanto não define uma provável reformulação do elenco, o Santa Cruz segue em preparação para a estreia na Série D, que acontece no dia 17 ou 18 de abril, contra o Lagarto, fora de casa.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Eliminação do Sport no Estadual liga alerta e aumenta pressão por reforços para o Brasileiro

Leão perde nos pênaltis para o Salgueiro, despede-se do Pernambucano, após vice no Nordestão, e agora estreia pela Série B no sábado, diante do Sampaio Corrêa; veja análise de Cabral Neto

Por Camila Alves e Cabral Neto — Recife

globo esporte

Sport fez 23 finalizações contra seis do Salgueiro, mas não conseguiu avançar no Pernambucano. Foi derrotado nos pênaltis – na noite da última quarta-feira -, e a eliminação agora acende o sinal de alerta para a estreia na Série B do Brasileiro. Mais que isso: aumenta a pressão por reforços em uma equipe que mira o acesso em 2022.

A derrota não virou sinônimo de terra arrasada na Ilha do Retiro, mas transforma a estreia contra o Sampaio Corrêa, no sábado, em uma partida fundamental para evitar que o clube entre em uma nova de sequência de maus resultados e pressão.

É inegável que a equipe melhorou desde a chegada do técnico Gilmar Dal Pozzo – com oito partidas e o vice-campeonato na Copa do Nordeste. A questão neste momento é saber se essa evolução foi suficiente para o Sport entrar na Série B como um dos favoritos ao acesso. É o que analisa o comentarista da Globo, Cabral Neto.

– A meu ver, ainda não. O time melhorou porque vinha jogando muito mal e passou a ter maior equilíbrio e força. Ganhou mais variação tática, intensidade e ampliou seu repertório ofensivo, mas ainda insuficiente para ganhar plena confiança em seu jogo – explica.

Gilmar Dal Pozzo reconhece a necessidade de fazer ajustes na equipe e lamenta a eliminação do Rubro-negro, mas se diz satisfeito com a atuação do time.

– A desclassificação foi péssima, mas o desempenho de nossa equipe foi bem dentro da proposta. O desempenho me agradou muito e me dá muita convicção e certeza de uma temporada boa – afirma.

O crescimento do Sport chegou atrasado, mas ao menos ameniza o sentimento negativo que havia há um mês – quando o Leão foi eliminado na estreia da Copa do Brasil e demitiu o técnico Gustavo Florentín.

A questão é que mesmo evoluindo, o Rubro-negro ainda oscila de desempenho, segue com defeitos coletivos e limitação técnica. É o que destaca Cabral Neto.A equipe fez bons jogos diante de CRB e Fortaleza e isso amplia suas possibilidades. Mas a queda no Estadual deixa má impressão e aumenta a pressão por reforços necessários para uma disputa tão acirrada quanto a Série B.— analisa o comentarista.

Em meio a essa necessidade, o Sport se depara com uma limitação para contratações neste primeiro semestre – uma vez que a janela de transferências do futebol nacional será fechada na terça-feira, dia 12 de março. Ainda assim, segue ativo no mercado. E vai precisar desses novos nomes.É preciso ganhar qualidade entre as opções para jogadores de lado de campo e um meia criativo. Sem a melhora técnica, o Sport limitará sua possibilidade de evolução.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Presidente do Sport prevê acerto de novos reforços nesta semana: “É rápido, porque a janela vai fechar”

Rubro-negro tem até 12 de abril para contratar e registrar jogadores, por conta do encerramento da janela de transferências do Brasil; clube ainda mira nomes para meio de campo e ataque

Por Camila Alves — Recife

globo esporte

Os clubes brasileiros correm contra o tempo nesta semana para reforçar o elenco para o início do Campeonato Brasileiro – a janela de transferências fecha no dia 12 de abril. É o caso do Sport. O Rubro-negro ainda trabalha no mercado e mira a chegada de novos jogadores nos próximos dias.

– Devemos fechar com mais alguns atletas para reforçar a equipe. É preciso ser rápido, porque a janela vai fechar. A gente está bem ciente disso – diz o presidente do clube, Yuri Romão.

A janela de transferências nacional está sendo operada pela primeira vez nesta temporada. A próxima abertura será para o segundo semestre, de 18 de julho até 15 de agosto. A Confederação Brasileira de Futebol criou a janela em dezembro do ano passado, seguindo orientações da Fifa.00:00/00:00

No caso do Rubro-negro pernambucano, a diretoria ainda busca reforços principalmente para o meio de campo e o ataque. Ao longo dos últimos dias, inclusive, demonstrou interesse na contratação dos atacantes Caio Dantas, do Água Santa-SP, e Jajá, do Athletico.

Sport trouxe o atacante Bill – por empréstimo do Dnipro-1 – como último contratado do clube até o momento. Tem o centroavante Rodrigão se aproximando do fim do contrato, que vai até o fim de maio.

O Rubro-negro ainda disputa o Pernambucano, mas só poderá utilizar novos reforços na Série B do Brasileiro – por conta das regras para inscrição no Estadual. O Leão estreia na disputa nacional no sábado, diante do Sampaio Corrêa, na Ilha do Retiro.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Gramado da Ilha do Retiro está “alagado”; previsão é de chuva para o horário de Sport x Salgueiro

Estádio será o palco do duelo válido pelas quartas de final do Campeonato Pernambucano

Por Redação do ge — Recife

globo esporte

A chuva que atinge o Recife desde o início da manhã desta quarta-feira pode atrapalhar o duelo das quartas de final entre Sport e Salgueiro, marcado para ter início às 20h. Imagens feitas por volta do meio-dia mostram várias poças no campo da Ilha do Retiro, local da partida. A situação preocupa porque a previsão é de chuva para o horário do duelo – e com a maré alta.

Segundo a Agência Pernambucana de Águas e Climas (Apac), a previsão atual é de chuvas fracas e isoladas até as 20h. A partir das 21h, a tendência é que a chuva fique mais intensa. A previsão é de que a maré atinja o ponto máximo às 19h – pouco antes do início do confronto, portanto.

A APAC ressalva que uma previsão mais precisa será divulgada à tarde.

A informação apurada pelo ge é de que as bombas de drenagem do campo não estavam ligadas, uma vez que a partida é só à noite – por conta disso, o alagamento -, e que o gramado estará em condições na hipótese de chuva moderada.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Titular no ataque do Náutico, Léo Passos viveu bom momento no Londrina, rival na estreia da Série B

Jogador defendeu o clube paranaense em 2019, quando teve a melhor média de gols na carreira

Por Redação ge — Recife

globo esporte

Para o torcedor do Náutico que acredita em superstições, há um motivo a mais para acreditar em uma boa estreia na Série B, no próximo domingo, às 11h, contra o Londrina, no estádio do Café: a chamada “Lei do Ex”. Isso porque os alvirrubros contarão com o atacante Léo Passos, que viveu uma das melhores fases justamente no clube paranaense.

Revelado pelo Palmeiras, o jogador, então com 20 anos, foi emprestado ao Londrina em 2019 para a disputa da Série B. Em 17 partidas marcou cinco gols, média de 0,3 gol por jogo. A mais alta da sua carreira. No Náutico, em seis partidas, Léo Passos marcou dois gols.

– Na Série B, o nível dos adversários é muito grande e com o Londrina não é diferente. Eles sempre formam grupos muito bons para a disputa da competição, mas acho que temos que focar bastante no nosso time e no nosso jeito de jogar. Claro que temos que nos preocupar com as outras equipes, mas quando estiver claro o que a gente tem que fazer em campo fica mais fácil – apontou o jogador, hoje com 23 anos.

No Campeonato Paranaense, o Londrina foi eliminado nas quartas de final pelo Athletico. Já na Copa do Brasil, assim como o Náutico, o clube caiu ainda na primeira fase, ao ser eliminado pelo Ceilândia.

– Essa semana cheia vai ser bom para a gente conseguir treinar, coisa que o professor (o técnico Felipe Conceição) vem dizendo que desde que chegou aqui não vem conseguindo fazer. Vai ser um tempo importante para a gente criar uma cara de um grupo visando o restante da temporada. Essas semanas serão importantes para se criar uma casca de time ideal e o time melhorar o jeito de jogar – analisou Léo Passos.

– A Série B com certeza é o objetivo principal do ano, então nessa semana se inicia a parte mais importante da temporada – encerrou o atacante.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.