Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Santa Cruz:Tiago Cardoso festeja vitória após seis jogos e também aniversário de 30 anos

Antes de entrar em campo para enfrentar o Lagarto-SE pela Copa do Brasil, o Santa Cruz acumulava um indigesto jejum  de seis jogos sem vencer. Mas, finalmente o tabu foi quebrado com a vitória por 3×1  e a classificação à próxima fase.

Além de celebrar o direito de enfrentar o Botafogo-PB, adversário da fase seguinte da competição o time também festejou o reencontro com os resultados positivos, que com certeza irão dar um ânimo maior na sequência dos jogos antes da parada para a Copa do Mundo.

Foi importante voltar a vencer, sempre estamos procurando melhorar dentro de campo. Estamos crescendo e sempre atrás das vitórias, e essa nos deu mais confiança”, comentou.

Apesar do resultado a favor o Santa não fez um bom jogo nos Aflitos e percebeu que ainda tem muita coisa a ser corrigida, e em todos os setores, não apenas em um especificamente.

“Não jogamos bem mas conquistamos o resultado que queríamos para avançar de fase. Temos que trabalhar mais para melhorar em todos os setores”, argumentou. “O gol foi numa jogada aérea mas não foi por culpa da defesa apenas. Temos que analisar a origem da jogada para perceber que todos os setores do time falharam”, contou.

Para o próximo jogo, o de sábado diante da Luverdense, na Arena PE, pela Série B, os corais poderão contar com o apoio do seu torcedor. É com a ajuda deles que o camisa 1 espera passar pelo time do Mato Grosso, que aliás, é um velho conhecido do Santa.

“Vamos em busca da vitória e com a ajuda do nosso torcedor vai ser melhor ainda. Sem eles é muito estranho, o estádio fica silencioso. É bem melhor estar ao lado deles”, analisou. “O Luverdense já conhecemos desde 2012, manteve quase todo o elenco em relação a última temporada então se conhecem bastante e estão entrosados. Temos que estar atentos para vencer”, completou.

E nesta quinta-feira (8) o goleiro completou 30 anos e festejou bastante com os companheiros. Mas a recepção não foi das melhores. Durante a entrevista de Tiago, vários atletas da equipe invadiram a sala de entrevistas com ovos para quebrar na cabeça do goleiro que saiu bem sujo rumo aos vestiários.

“Este é o meu quarto ano no Santa também e estou muito feliz em completar 30 anos vestindo essa camisa. Espero conquistar os objetivos nesta temporada”, encerrou.

 

 

Blog do Torcedor

Foto: JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Adidas inicia pré-venda da nova camisa do Sport

O site oficial da Adidas no Brasil abriu a pré-venda da nova camisa do Sport para esta temporada. É possível comprar o padrão principal e o segundo uniforme, que será branco. O preço é R$ 199,90.

Apesar da pré-venda, a Adidas não liberou a imagem oficial de como será o padrão leonino. Deixou apenas imagens borradas no site oficial.

O lançamento oficial dos novos uniformes do Sport ocorre no dia 25 de maio. Por enquanto, o Leão vai jogando com as camisas comemorativas às seleções patrocinadas pela marca alemã que irão jogar no Recife durante a Copa do Mundo. São elas: Alemanha, Japão e México.

 

 

 

Blog do Torcedor

Foto: Site da Adidas

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Dê demonstra surpresa com saída de Lisca, mas não vê titularidade ameaçada

O volante Dê não escondeu a surpresa quando soube da saída do técnico Lisca do Náutico, nessa quarta-feira. O jogador, contudo, avaliou que o grupo não tem que ficar lamentando muito o adeus ao comandante. É momento de assimilar a mudança e focar a sequência da Série B.

“Não esperava a saída dele. O relacionamento com o grupo era o melhor possível, mas temos que aprender nas derrotas. O China vai nos dar uma força para assimilar isso o mais rápido possível”, disse Dê

Com Lisca, o volante participou de todos os jogos do Pernambucano. Além disso, esteve em duas partidas do Nordestão, uma da Série B e duas da Copa do Brasil. Com a troca de comando, Dê poderia ver a titularidade ameaçada, porém, considera que vai se encaixar na filosofia do novo treinador. “Vamos procurar ajudar o treinador com esse novo objetivo”.

 

 

Blog do Torcedor

Foto: JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Santa Cruz vence o Lagarto e avança na Copa do Brasil

O silêncio das arquibancadas do estádio dos Aflitos ressoava a agonia que a violência no futebol pernambucano. Punido preventivamente pelo STJD por conta do lamentável episódio que matou um torcedor, na última sexta-feira, o Santa Cruz foi obrigado a deixar o Arruda para jogar no estádio do rival Náutico. Mesmo sem o seu principal reforço, a torcida, o Tricolor conseguiu avançar à próxima fase da Copa do Brasil ao vencer o Lagarto, por 3×1.

Não foi fácil para o Santa Cruz. A equipe coral cometeu erros na troca de passe e viu o time sergipano construindo algumas jogadas ofensivas. Mas o time pernambucano não se perturbou. Com gols de Flávio Caça-Rato, Léo Gamalho e Éverton Sena, a equipe coral conquistou a primeira vitória na Era Sérgio Guedes. Na próxima fase, o Santa Cruz encara o Botafogo-PB.

O Jogo

Com a vantagem de 1×0 já construída no primeiro duelo, o Santa Cruz pisou no gramado dos Aflitos tranquilo. Sem a torcida na arquibancada, o Tricolor tocou a bola, cozinhou o adversário. O time parecia relaxado. E esse relaxamento fez com que o Lagarto fosse para cima e conseguisse construir alguns lances de perigo, acertando, inclusive, uma bola na trave.

O primeiro lance de perigo foi do Lagarto. Aos 5, Índio avançou e chutou forte. A bola passou  perto do gol. Foi um susto. O time coral resolveu ficar tocando a bola lateralmente, esperando a saída do jogo do time adversário para entrar as brechas e incomodar o goleiro do time sergipano. Aos 18 minutos, Léo Gamalho entrou na área e chutou. Santos fez a defesa.

O Santa Cruz continuava naquele ritmo lento, fazendo a troca de passes improdutivos para causar impaciência no adversário, que precisa da vitória a todo custo para avançar na Copa do Brasil.  O Lagarto foi para frente. Foi quando, aos 23, após uma cobrança de falta de Índio, Renan Fonseca tentou cortar e mandou a bola na trave.

A ida do time sergipano ao ataque deu espaços que o Santa Cruz queria. Apesar dos erros na troca de passes, o time coral chegou à frente com certa facilidade. Léo Gamalho ainda perdeu duas oportunidades. Quando tudo levava a crer que o primeiro tempo se encerraria sem gols, eis que Caça-Rato entra em ação. O atacante recebe bola na direita, invade a área e manda uma bomba, sem chances para Santos.

Para o segundo tempo, o técnico Sérgio Guedes promoveu a volta do meia Raul ao time, sacando o volante Memo. O Santa Cruz, teoricamente, se soltaria mais, já que  teria dois meias e dois atacantes. Mas faltava mais velocidade à equipe. Como o Lagarto também não conseguia construir as jogadas ofensivas, o jogo ficou chato.

Mas o Lagarto mostrou que estava vivo no jogo aos 16 minutos. Após cruzamento da esquerda, Nilson Sergipano cabeceou e a bola bateu na trave. Mas não demorou muito para o time sergipano empatar o jogo. Aos 26, após novo cruzamento, Jucimar também de cabeça mandou para as redes.

O gol não desestabilizou o Santa Cruz. Pelo contrário, o time ganhou forças para evitar o pior. Afinal, se o Lagarto fizesse mais um gol, garantia a classificação. Então, o Santa Cruz foi à frente. Aos 30 minutos, Léo Gamalho entrou na área e mandou um forte chute, sem chances para Santos. De volta a ter vantagem no placar, o Tricolor quis mais. E esperou a hora certa para isso. Aos 42, quando o Lagarto se jogou ao ataque novamente, Everton Sena, de cabeça, decretou o placar final da partida.

Ficha técnica

Santa Cruz
Tiago Cardoso; Oziel, Everton Sena, Renan Fonseca e Renatinho; Sandro Manoel, Memo (Raul), Luciano Sorriso e Carlos Alberto (Jéferson Maranhão); Caça-Rato (Adilson) e Leo Gamalho. Técnico: sérgio Guedes.

Lagarto
Santos; Nequinha, Válter, Roni e Índio; Rafael Bahia, Fernando (Pedrinho), Jucimar (Felipe) e Da Matta; Nílson Sergipano (Léo) e Nadson. Técnico: Luiz Pondé.

Local: Aflitos (portões fechados).  Árbitro: Avelar da Silva (CE). Assistentes: Arnaldo de Souza e Marcos Brígido (ambos do Ceará). Gols: Flávio Caça-Rato, aos 46 minutos do primeiro tempo, Jucimar, aos 26, Léo Gamalho, aos 30, e Everton Sena, aos 42 minutos do segundo tempo.

 

 

 

 

Blog do Torcedor

Foto: JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Procurador-geral do STJD vem ao Recife propor série de medidas para diminuir violência nos estádios

O cerco para as organizadas está cada vez mais fechado. Em encontro com os clubes pernambucanos que jogam as Série A, B, C e D do Campeonato Brasileiro, nesta quarta-feira, na Federação Pernambucana de Futebol, o procurador-geral do Superior Tribunal de Justiça Desportiva, Paulo Schmitt, sugeriu uma série de medidas a serem adotadas pelas agremiações do Estado para auxiliar no combate à violência no futebol. Com o nome de Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), o conjunto de regras tem entre outras sugestões o fim de qualquer tipo de benefício dos clubes paras as organizadas.

A ideia é que o TAC não fique restrito somente para Pernambuco. Schmitt quer levar as regras à Confederação Brasileira de Futebol e para o STJD para que as propostas possam valer a todos os clubes do País. “Vamos levar para conhecimento do STJD e da CBF. O objetivo é ampliar a paz no futebol”.

Outra sugestão é que os ingressos para torcida visitante só possa valer para os torcedores que realmente vêm de fora, ou seja, os bilhetes não podem ir para torcidas rivais que são coligadas com as organizadas de outras equipes. Esse tipo de caso foi o que ocorreu no Arruda, na última sexta-feira, quando o torcedor Paulo Ricardo Gomes da Silva, que era do Sport, foi para a torcida do Paraná. Paulo acabou morto ao ser atingido por uma privada atirada de dentro para fora do estádio.

Os clubes que não cumprirem tais medidas podem ser punidos com um a dez jogos de perda de mando de campo. A punição viria através de medida administrativa da CBF, sem a necessidade de um julgamento prévio. Claro que para que uma equipe sofra sanção, há de se provar a culpa da agremiação envolvida. Seria algo parecido com que o Santa Cruz já está passando. “Infelizmente o Santa Cruz está passando por isso, mas nossa finalidade é garantir que o torcedor possa continuar frequentando os estádios”, afirmou Schmitt.

MARCAS DOS CLUBES PROTEGIDAS – Presentes no encontro, os presidentes de Náutico (Glauber Vasconcelos) Santa Cruz (Antônio Luiz Neto) e Sport (João Humberto Martorelli) ainda disseram que já estão tomando medidas para evitar que as organizadas usem as marcas dos seus respectivos clubes.

 

 

 

Blog do Torcedor

Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Hora da verdade: Felipão anuncia os 23 da Copa em casa de shows no Rio

A Copa do Mundo começa nesta quarta-feira para a Seleção, às 11h30 (de Brasília). Com direito a mais de 700 jornalistas credenciados na plateia, Luiz Felipe Scolari estará no palco de uma casa de shows, no Rio de Janeiro, para anunciar os nomes dos 23 jogadores escolhidos para escrever uma nova história em um Mundial no Brasil. A missão deles não vai ser “apenas” conquistar o hexa, mas também acabar de uma vez por todas com o fantasma de 1950. E, se tudo der certo, com uma apresentação de gala no Maracanã, no dia 13 de julho, para mais de 70 mil pessoas.

O GloboEsporte.com começa a acompanhar a movimentação no local às 9h, em Tempo Real, e iniciará a transmissão ao vivo às 10h15. TV Globo e SporTV também transmitirão o evento. Diferentemente de outros anos, desta vez não existe um nome clamado pelo povo. Em 2002, Romário era a bola da vez. Em 2010, Ronaldinho Gaúcho, Neymar e Paulo Henrique Ganso. Todos ficaram fora. Para 2014, a lista está fechada. Mas Felipão admite que podem surgir surpresas.

– Pode ser que exista uma surpresa para alguém ou uma divergência de nomes, o que é natural… Mas, para quem vem acompanhando o nosso trabalho, dá para saber quem serão 21, 22 jogadores, por aí. Posso adiantar que será uma lista feita com a coerência que vem marcando todas as nossas convocações – disse o treinador, que recentemente confirmou nove atletas na Copa: Julio César, Thiago Silva, David Luiz, Ramires, Oscar, Willian, Paulinho, Fred e Neymar.

E são justamente medalhões como Kaká e Ronaldinho Gaúcho que dificilmente aparecerão na lista. Caso um dos dois seja convocado, a surpresa será geral. Enquanto o jogador do Milan foi utilizado pelo treinador em duas partidas (106 minutos), R10 entrou em campo em três oportunidades (213 minutos). Robinho é o que teria mais chances, principalmente por ter atuado nos últimos jogos de 2013. E ele foi aprovado. Mas não vem bem no Milan e corre por fora.

FunInfo Felipao (Foto: Infoesporte)

A maior surpresa da lista pode ser o zagueiro Miranda, do Atlético de Madrid. Foi convocado apenas uma vez por Felipão. Participou de 11 minutos da reestreia do comandante na seleção brasileira, na derrota por 2 a 1 para a Inglaterra, em fevereiro de 2013. Depois disso, jamais voltou a ser chamado. Tem a concorrência de Réver, do Atlético-MG, que disputou a Copa das Confederações, Dedé, do Cruzeiro, Henrique, do Napoli, e Marquinhos, do Paris Saint-Germain.

Outra dúvida é no gol. Julio César (Toronto FC) e Jefferson (Botafogo) estão certos. Porém, a briga para o terceiro posto ainda existe. Diego Cavalieri, do Fluminense, e Victor, do Atlético-MG, estão na luta. Enquanto o primeiro disputou 180 minutos com Felipão, o outro jogou apenas 90. Pesa também a favor do arqueiro do Tricolor carioca o tempo que passou trabalhando com o atual preparador de goleiros da Seleção, Carlos Pracidelli.

Para chegar à lista final de 23 jogadores, Felipão chamou 56 atletas e utilizou 50 deles. O jogador que mais vezes ficou em campo sob o comando do treinador foi Neymar. Foram 1.684 minutos. Quem menos atuou foi o zagueiro Dória, do Botafogo – apenas três minutos (confira a tabela completa no fim da matéria).

Na próxima terça-feira, dia 13, a CBF, via site oficial, vai divulgar o nome de outros sete jogadores. Esses atletas ficarão numa espécie de lista de espera e poderão ser utilizados por Felipão caso ocorra alguma eventualidade antes do início da Copa do Mundo. Porém, em caso de lesão, o comandante poderá escolher um atleta fora deste grupo de stand-by.

PREPARAÇÃO NA GRANJA COMARY

CT Granja Comary seleção brasileira (Foto: André Durão / Globoesporte.com)
Granja Comary será a casa da seleção brasileira durante a Copa do Mundo (Foto: André Durão / Globoesporte.com)

A preparação da seleção brasileira vai iniciar no dia 26 de maio. O local escolhido pela comissão técnica foi a Granja Comary, em Teresópolis, região serrana do Rio de Janeiro. O local foi utilizado nas conquistas das Copas do Mundo de 1994 e 2002. Curiosamente, os comandantes eram Carlos Alberto Parreira e Luiz Felipe Scolari, respectivamente. Atualmente, coordenador e técnico do time canarinho.

O local foi completamente reformado para receber a seleção brasileira. Cada jogador ficará em um quarto individual e foi fornecida toda a infraestrutura necessária para a realização de uma boa pré-temporada.

Antes do início da Copa do Mundo, o time canarinho ainda vai realizar dois amistosos de preparação. O primeiro será no dia 2 de junho, contra o Panamá, em Goiânia, e diante da Sérvia, quatro dias depois, em São Paulo.

O Brasil está no Grupo A da Copa e vai estrear na competição no dia 12 de junho, contra a Croácia, na Arena Corinthians, em São Paulo. Em seguida, o rival será o México, no dia 17, no Castelão, em Fortaleza. O último compromisso da primeira fase vai ser contra Camarões, no dia 23, no Mané Garrincha, em Brasília.

FELIPÃO VAI LER NOME A NOME DOS CONVOCADOS

A missão de apresentar os convocados da seleção brasileira será de Luiz Felipe Scolari. Os nomes não serão divulgados num telão, como normalmente é feito. Caberá ao comandante listar os atletas que participarão da competição, que começa no dia 12 de junho.

Após a leitura dos nomes, os jornalistas terão dez minutos até o início da coletiva de Luiz Felipe Scolari. Essa será a primeira vez que a convocação acontecerá numa casa de shows.

De acordo com a CBF, mais de 700 jornalistas de todo o mundo estão credenciados para participarem do evento. Segundo a entidade, profissionais da Índia, China, Japão, Reino Unido, Europa e toda América do Sul estarão na casa de espetáculos.

Além dos jornalistas, alguns convidados também participarão do evento, principalmente de patrocinadores da CBF.

tabela copa do mundo convocação (Foto: Globoesporte.com)

 

G1

Por Márcio Iannacca

Rio de Janeiro

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Náutico perde para o América-RN por 3×0 e se complica na Copa do Brasil

O retrospecto recente de boas partidas fora de casa do Náutico foi enterrado nas belas dunas do Rio Grande do Norte com essa derrota diante do América-RN. Um time irreconhecível, errando bastante e perdido em campo.

Esse foi o Náutico na derrota por 3×0 frente ao América de Natal, na Arena das Dunas, pela partida de ida da Copa do Brasil. O time sentiu mais uma vez a falta de um homem de criação para dividir a tarefa com Zé Mario.

Pior do que isso, o time errou bastante,desde passes no ataque até saídas de jogo equivocadas de seus defensores. Pelo lado adversário,o técnico Oliveira Canindé escalou um time ofensivo, com três atacantes e foi contemplado com a vitória nesta primeira parte.

Se compararmos o jogo contra o Ceará, onde o time estava bem mais organizado e fez uma boa partida, desta vez em Natal foi diferente, desorganizado em campo a equipe de Lisca fez uma partida fraca tecnicamente.

Os gols dos donos da casa foram marcados por Isaac, aos 29 minutos do primeiro tempo, Max, duas vezes, aos 38 e aos 46 do segundo tempo. Com a vitória, o Dragão pode até perder por 2 gols de diferença que irá avançar de fase.

O jogo

O Náutico até começou bem na partida tendo a posse de bola e buscando o ataque na Arena das Dunas.

Mas aos poucos os donos da casa foram se impondo em campo e tomando os espaços para dominar os primeiros 45 minutos até chegar ao gol marcado pelo atacante Isaac aos 29 minutos.

Além do gol sofrido, a baixa do atacante Marinho, que saiu para a entrada de Leleu também contribuiu para a queda de rendimento do Timbu diante do América. Sabendo da importância de conquistar um bom resultado neste jogo de ida, o Dragão foi ao ataque e deu bastante trabalho à defesa.

Não fosse o goleiro Alessandro, o Náutico poderia estar em situação ainda pior. A dupla de zaga William Alves e Leonardo cometeu algumas falhas que deixaram o técnico Lisca irritado à beira do gramado.

Em uma delas, quase que o atacante Isaac marcava o segundo gol. Zé Mario não criou boas jogadas e o atacante Rodrigo Careca ficou ilhado na frente.

Marinho, sempre como a válvula de escape do time, começou bem mas saiu de campo com dores musculares e o time perdeu sua principal fonte de armações de jogadas. Depois do gol, o América dominou o jogo e encurralou o Náutico ao seu campo defensivo.

Segundo tempo

No início do segundo tempo o Náutico parecia estar pior em relação ao começo do jogo. E de fato estava, pois o América matou a partida marcando mais dois gols.

Lisca até tentou mudar o time, tirou o volante Dê e colocou mais um homem de frente, Vinícius, que pouco fez a favor. A dupla de zaga guardou as falhas para o final, William Alves e Leonardo fizeram uma das piores apresentações nesta temporada e ajudaram na construção do placar para o adversário.

Sobrou também para o lateral-esquerdo Rai, que em um lance quase entregou um gol ao atacante Pimpão. Depois desse lance o jogador foi substituído por Marcelinho. O ataque do Náutico também não fez bonito, finalizações erradas, passes equivocados e erro de posicionamento na área fizeram parte do repertório dos atacantes.

Pelo América os destaques foram o meia Adriano Pardal, Rodrigo Pimpão e o atacante Max, autor de dois gols. Oliveira Canindé foi feliz nas mudanças, especialmente quando colocou Max.

Ficha de jogo

América-RN
Fernando Henrique; Walber, Cleber, Edson Rocha e Alex Barros; Márcio Passos, val (Jean Cleber), Fabinho; Adriano Pardal (Rafinha) Rodrigo Pimpão e Isaac (Max). Técnico: Oliveira Canindé.

Náutico
Alessandro; Jackson, Leonardo Luiz, William Alves e Raí(Marcelinho); Dê (Vinícius), Yuri Naves, Elicarlos e Zé Mário; Marinho (Leleu) e Rodrigo Careca. Técnico: Lisca.
Local: Arena das Dunas, em Natal. Árbitro: Francisco de Almeida Filho (CE). Assistentes: Thiago Brigido e Marcione Ribeiro (ambos do CE). Gols: Isaac (aos 29 minutos do 1°t) Max (aos 38 e aos 46 min do 2°t)
Cartões amarelos: Náutico – Dê e Leonardo; América-RN – Adriano Pardal
Público – 4.162
Renda: R$39.920

 

 

 

 

Blog do Torcedor

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Advogado de suspeito diz que ele confessa crime e que vai ficar preso

O advogado Adelson José da Silva concedeu entrevista para a imprensa no início da noite desta segunda-feira, no Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa, no bairro do Cordeiro, Zona Oeste do Recife, e confirmou que um dos suspeitos de ter matado Paulo Ricardo Gomes da Silva, na última sexta-feira, no Arruda, depois do jogo entre Santa Cruz e Paraná, confessou o crime diante da Polícia Civil. Everton Felipe Santiago da Silva, 23 anos, foi levado para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, Região Metropolitana da capital pernambucana, onde fica preso a partir desta noite. Ele vai ser indiciado por homicídio qualificado, que pode dar de 12 a 30 anos de prisão.

Além disso, o advogado do suspeito adiantou que foi revelada a participação de outras duas pessoas no ocorrido, que ainda não foram detidas até o momento. Segundo da Silva, os outros dois participantes eram conhecidos de Everton.

Sobre a motivação do crime, Adelson adiantou que o suspeito disse não saber porque jogou a privada para fora do Arruda e que demonstrou arrependimento. “Ele disse que não sabe porque fez isso, mas demonstrou estar arrependido”, afirmou.

O defensor, que não participou de todo o depoimento, disse ainda que não sabe como foi feito o crime ou se houve invasão do Arruda conforme chegou a especular os dirigentes do Santa Cruz. Ele também afirmou que vai pedir proteção para Santiago da Silva e que irá solicitar liberdade provisória.

Everton Felipe foi preso depois de investigações do Disque-Denúncia. Ele foi preso na tarde desta segunda-feira, em uma escola particular, em Ouro Preto, Olinda. No celular dele, havia mensagens sobre o crime.

Relembre o caso

O advogado Adelson José da Silva foi contratado pela família para defender o suspeito de ter atirado uma privada de dentro do estádio do Arruda. O objeto atingiu Paulo Ricardo, que morreu na hora.

 

 

 

Blog do Torcedor

Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Sport precisa imprimir velocidade nos jogos fora de casa

Depois de perder para o Inter-RS, no Beira-Rio, no domingo, os jogadores do Sport passaram um sufoco. Em Porto Alegre, não puderam embarcar por causa da forte neblina e, por isso, perderam o voo. À tarde, a delegação seguiu para São Paulo, onde também não conseguiram pegar o avião. Ficaram na capital paulista e o início da preparação visando à partida contra o Coritiba, domingo, no Couto Pereira.

Mas a situação poderia ser pior. Como conseguiu vencer o Brasilia, por 3×1, pela Copa do Brasil,  o Sport eliminou o jogo de volta e, assim, ganhou mais tempo para se preparar para encarar o Coxa. E o técnico Eduardo Baptista vai ter muito trabalho se quiser conquistar um bom resultado na capital paranaense.

Contra o Colorado ficou evidente a carência de um meio de campo criativo e que jogue em velocidade. A equipe rubro-negro se fecha defensivamente para não dar espaços ao adversário. Até aí tudo bem. Mas falta a saída de jogo. Do jeito que o Leão está jogando, a pressão inicial do adversário, que é algo natural, passa a ser uma constante no jogo, o que acaba sendo uma tática suicida.

Existe uma expectativa que o  Sport anuncie a contratação de um meia até o final desta semana. No entanto, nada está confirmado. Enquanto os reforços não chegam, o técnico Eduardo Baptista vai ter que trabalhar com o que tem nas mãos. Se não tem um meia veloz, a saída é explorar as laterais. Contra o Colorado, Patric alternou bons e maus momentos, mas chegou a fazer o único gol do Leão. Já Renê esteve apagado no jogo e acabou sendo substituído.

 

 

 

Blog do Torcedor

Foto: JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Náutico vai ao ataque diante do América-RN pela Copa do Brasil

O empate diante do Ceará, pela Série B, quando o time vencia por 2×0 e com um jogador a mais, serviu de lição para o Náutico. O técnico Lisca alertou os atletas precisam ficar ligados durante os 90 minutos do jogo. Essa postura será importante para o duelo contra o América-RN, na Arena das Dunas, em Natal. Afinal, a partida é válida pelo jogo de ida da segunda fase da Copa do Brasil.  Fazer gols na cada do adversário é uma das metas. E se vencer, o Timbu terá construído uma ótima vantagem para avançar de etapa. O vencedor deste duelo encara na terceira fase da competição o Fluminense, que eliminou o Tupi-MG no jogo de ida por 3×0.

Para encarar o América-RN, o técnico alvirrubro não deve fazer mudanças na equipe que atuou diante do Ceará, na última rodada da Serie B. A possível alteração deve acontecer na zaga. Flávio pode voltar ao time após se recuperar de uma lombalgia. Nesse caso, Willian Alves vai para o banco de reversas. O técnico Lisca quer o Náutico não dando espaços para os donos da casa jogarem e, com a bola nos pés, a saída para o jogo tem que ser em velocidade. Claro que, por ser visitante, o Náutico tem a oportunidade para vencer por dois gols de diferenças e anular o segundo duelo, no Recife.

“O América é um grande adversário, campeão potiguar, e seria até uma falta de respeito falar em eliminar o jogo de volta. Isso (eliminar) é uma circunstância, consequência do jogo. Se fizermos dois gols, pode até acontecer, mas acho muito difícil pelo nivelamento das equipes”, disse o treinador alvirrubro.  O Náutico vem tendo um bom desempenho fora de casa. Dos 13 jogos como visitante, o time só perdeu três partidas (Salgueiro e Sport, pelo Estadual, e Sergipe, pela Copa do Brasil). E em apenas quatro não conseguiu marcar gols.  Mas Lisca mantém a humildade.  “Trazer empate com gols também é importante, e se ganharmos será melhor ainda. Vamos trabalhar com essas condições: ganhar o jogo, se não for possível, trazer o empate com gols”, declarou.

América-RN

O técnico Oliveira Canindé tem alguns problemas para armar a equipe para encarar o Náutico. O meia Artur Maia sentiu o tornozelo direito e passou a ser dúvida. Se não jogar, Rafinha entra no seu lugar.  Wanderson, Daniel Costa, Tiago Cristian e Marcelinho estão fora de combate. Os dois primeiros já atuaram na competição por outas equipes, enquanto os outros dois foram vetados pelo departamento médico.

Ficha técnica

América-RN
Fernando Henrique; George Lucas, Cleber, Edson Rocha e Wanderson; Márcio Passos, Jean Cléber, Fabinho e Artur Maia (Rafinha); Daniel Costa e Isac. Técnico: Oliveira Canindé.

Náutico
Alessandro; Jackson, Leonardo Luiz, William Alves (Flávio) e Raí; Dê, Yuri Naves, Elicarlos e Zé Mário; Marinho e Rodrigo Careca. Técnico: Lisca.

Local: Arena das Dunas, em Natal. Horário: 21h50. Árbitro: Francisco de Almeida Filho (CE). Assistentes: Thiago Brigido e Marcione Ribeiro (ambos do CE).

 

 

 

Blog do Torcedor

Foto: Bobby Fabisak/JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.