Mais confusão em dia de futebol do Recife

Torcedores do Santa Cruz em confronto com a Polícia Militar na Ilha do Retiro/Foto: Guga Matos/JC Imagem

Muito antes de a bola rolar para o Clássico das Multidões, na Ilha do Retiro, na noite desta quinta-feira,  já pipocavam nas redes sociais as notícias de que a violência já estava correndo solta pelas ruas do Recife. Na avenida Conde da Boa Vista, no centro da capital pernambucana, torcedores promoviam arrastões. Quem estivesse pela frente seria alvo de violência, independente se torcesse por Náutico, Santa Cruz ou Sport, ou até mesmo por time algum.

Nas proximidades da Ilha do Retiro, uma parte da torcida do Santa Cruz entrou em choque com a Polícia Militar. A confusão foi enorme. Por trás da arquibancada do placar, onde os tricolores sempre ficam, houve corre-corre, empurrões e briga.

Dentro do estádio, alguns torcedores do Santa Cruz  entraram nos banheiros e quebraram dois vasos sanitários. Uma cena que, infelizmente, vem se repetindo nos Clássicos das Multidões.

Quando a bola começou a rolar, o Sport foi ao ataque e abriu o placar. Foi o suficiente para que os torcedores rubro-negros e tricolores entrarem em confronto. A polícia precisou agir.

Infelizmente, a violência continua em dia de futebol.

Até quando?

 

 

Blog do Torcedor

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Salgueiro demonstra eficiência na marcação, bate o Náutico por 2X0

Timbu não conseguiu furar a defesa do Carcará.

A noite realmente foi de cinzas para o torcedor do Náutico nesta quarta-feira, na Arena Pernambuco, em confronto com o Salgueiro, pelo Estadual. Observado por pouco menos de dois mil torcedores, o Timbu sofreu para criar as suas jogadas de ataque contra uma defesa bem postada do Carcará, que ainda foi eficiente no ataque em duas oportunidades no segundo tempo. Marcou com Vitor Caicó e Fabrício Ceará. Carnaval sertanejo em São Lourenço da Mata.

Com a vitória, o Salgueiro chega aos oito pontos e empata com o Náutico na classificação do hexagonal do título. O Carcará só fica em segundo pelos critérios de desempate. As duas equipes, porém, podem ser ultrapassadas dependendo dos resultado do clássico entre Sport e Santa Cruz, nessa quinta-feira, na Ilha do Retiro. Na próxima rodada, o time do Sertão encara o Santa, no Arruda, enquanto o Alvirrubro duela com o Porto, em Caruaru.

O JOGO – O técnico Lisca resolveu repetir a mesma equipe que bateu o Sport na semana passada. A estratégia também não foi tão diferente: apostou nos lados e até conseguiu envolver o Carcará nos primeiros minutos. Tanto que criou as principais chances. Na melhor delas, Flávio mandou para fora após cruzamento na área, aos 16.

Pressionado, o Carcará aguardava algum vacilo dos alivrrubros para chegar ao ataque. Ficou no chutão em muitos momentos e pouco criou. Sendo assim, as chances dos visitantes foram muito poucas, mais fruto de alguma jogada individual dos atletas sertanejos do que de um trabalho coletivo mais aprofundado. Nem quando teve a posse de bola um pouco mais o Salgueiro conseguiu levar maior perigo para a meta do goleiro Alessandro durante a primeira etapa.

O panorama do futebol dos visitantes só mudou depois do intervalo. O técnico Cícero Monteiro não fez alterações no onze inicial, mas fez sua equipe marcar mais no campo ofensivo. O resultado disso foi uma recuperação de bola qualificada e mais próxima do gol adversário. A mudança surtiu efeito rápido. Aos 7 da segunda etapa, Vitor Caicó aproveitou bola lançada na grande área, driblou o goleiro e mandou para o fundo das redes abrindo o placar.

Carcará segurou o Alvirrubro com a forte marcação. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Carcará segurou o Alvirrubro com a forte marcação. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Em desvantagem, o Náutico poderia continuar apostando nas laterais e aguardar o acerto de suas jogadas. No entanto, resolveu mudar o estilo de jogo e afunilou pelo meio, o que acabou facilitando a marcação adversária. O Salgueiro fechou os espaços com seus três volantes e trouxe muitas dificuldades para a criação do Timbu. Quando não era isso, eram as falhas dos próprios alvirrubros que ou erravam o passe final ou abusavam da individualidade como Marcos Vinícius, por exemplo.

Os minutos passaram e o Timbu não conseguiu levar grandes sustos para o Salgueiro – abusou dos cruzamento errados e dos chutes equivocados de longa distância. Do lado contrário, os sertanejos levavam perigo nos raros contra-ataques. Era questão de apenas esperar o apito final e garantir a vitória. Só que ainda deu tempo para Fabrício Ceará marcar mais um de pênalti, aos 47. Vitória consolidada dos visitantes e frustração dos alvirrubros, que ainda ficaram com um a menos – Flávio foi expulso por receber o segundo amarelo.

FICHA DA PARTIDA – NÁUTICO 0X2 SALGUEIRO

Náutico: Alessandro; Hélder Maurílio (Paulo Júnior), Luiz Alberto e Flávio e Izaldo; Elicarlos, Dê, Yuri, Pedro Carmona e Marcos Vinícius (Roberson); Hugo (Marcelinho). Técnico: Lisca.

Salgueiro: Luciano; Tamandaré, Ranieri, Ricardo Braz e Daniel; Rodolfo, Moreilândia (Pio), Vitor Caicó e Anderson Paraíba (Aílton Alemão); Kanu (Alexson) e Fabrício Ceará. Técnico: Cícero Monteiro.

Pernambucano. Local: Arena Pernambuco. Árbitro: Sebastião Rufino Filho. Assistentes: Marcelino Castro e Bruno Vieira. Gols: Vitor Caicó (S) aos 7 minutos do segundo tempo. Amarelos: Dê (N), Luciano (S), Rodolfo (S) e Luiz Alberto. Vermelho: Flávio (dois amarelos). Público: 1.801. Renda: R$ 45.820.

 

 

Blog do Torcedor

Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Sport e Santa Cruz se enfrentam e buscam reabilitação no Estadual

O momento não é dos melhores para os dois rivais que se enfrentam nesta quinta-feira, às 20h30 na Ilha do Retiro pela quinta rodada do Campeonato Pernambucano.

A passagem do Carnaval talvez tenha dado a Sport e Santa Cruz momentos mais felizes do que os vividos no Campeonato Pernambucano.

Ambos vem de resultados negativos no Estadual. O rubro negro empatou na última rodada contra o Central em casa e foi derrotado no jogo adiado ainda pela primeira rodada, contra o Náutico na Arena PE, há uma semana, onde o time perdeu também a liderança do campeonato.

Já o Tricolor vem de três resultados sem vitória e começa a despencar na tabela, atualmente é o terceiro colocado com cinco pontos, mesma pontuação do Salgueiro. Diante das más atuações, a chegada de um clássico pode proporcionar a um dos dois a possibilidade de se reerguer na competição e afastar os problemas.

Este será o terceiro clássico do Sport na temporada, sendo o primeiro diante do Santa Cruz. Jogando em casa, nada de respeitar o adversário, o negócio e partir pra cima desde o apito inicial, como mesmo afirmou o técnico Eduardo Baptista.

“Vamos tentar tomar a iniciativa de jogo. Em casa, temos que fazer isso. Depois, quando o jogo for no Arruda, passamos essa responsabilidade para eles. A ideia é tentar pressionar desde o começo”, garantiu o técnico.

No lado tricolor a ideia também é de não esperar o rival sair por jogo e mesmo atuando fora de casa, o time espera sair com os três pontos.

“Creio que podemos fazer um bom jogo, se colocarmos tudo o que treinamos durante a semana creio que poderemos sair com a vitória”, contou o atacante Léo Gamalho.

Se um clássico é decidido nos detalhes, a Ilha do Retiro pode ser o ‘detalhe’ a favor do rubro negro, principalmente se lembrarmos dos números favoráveis ao time nesta temporada.

Em seis jogos foram três vitórias, dois empates e uma derrota, exatamente em um clássico, contra o Náutico. Apesar da boa campanha os números recentes mostram que o Santa vem se dando bem na casa rubro negra.

Uma das armas coral para o clássico está no goleiro Tiago Cardoso, tricampeão estadual com o time em cima do Leão. “É um dos jogos mais importantes do Estado. Sempre buscamos a vitória e trabalhos muito para isso”, afirmou o goleiro.
Para o jogo O técnico Vica resolveu mudar a postura e não adotou ao mistério para escalar o time. “A gente até poderia criar alguma dúvida, mas não temos muitas coisas para mudar. Vamos conversar com alguns jogadores, mas a princípio a equipe será a que estamos treinando”, afirmou.

No Sport Eduardo Baptista promoveu os retornos de Ananias e Aílton ao time titular depois de sacá-los contra o Náutico na última quinta-feira. Outra mudança é a permanência de Felipe Azevedo entre os titulares no lugar de Érico Junior.

Patric e Patrick

Dificilmente teremos um duelo entre o Patrick do Santa e o Patric do Sport. O rubro negro se lesionou e não deve se recuperar a tempo.

“Ele está relacionado, mas vamos examiná-lo na concentração. Se não tiver condições, mandaremos para casa”, disse Eduardo Baptista. Caso ele não tenha condições de jogo Bileu deve herdar a vaga.

No tricolor, o jovem Patrick ganhou uma chance de ouro com a contusão de Panda e será o titular contra o rubro negro.

Ficha de jogo

Sport: Magrão; Bileu (Patric), Ferron, Durval e Renê; Rodrigo Mancha, Ewerton Páscoa, Aílton; Ananias, Felipe Azevedo e Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista.

Santa Cruz: Tiago Cardoso; Oziel, Everton Sena, Renan Fonseca e Patric; Sandro Manoel, Luciano Sorriso, Raul e Carlos Alberto; Cassiano e Léo Gamalho. Técnico: Vica

Campeonato Pernambucano (5°rodada)

Estádio: Ilha do Retiro

Horário: 20h30

Árbitro: Sandro Meia Ricci (árbitro Fifa)

Assistentes: Elan Vieira de Souza / Francisco Chaves Bezerra

 

 

 

Blog do Torcedor

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Criança encanta na vitória da seleção brasileira na África do Sul

Ao final da partida amistosa contra a África do Sul, na qual a seleção brasileira venceu por 5×0, no estádio Soccer City, em Joanesburgo, o pequeno Ayo Dosumu, de sete anos, conseguiu a façanha de invadir o gramado. Os seguranças iriam pegar o garoto, mas foram interceptados pelo atacante Neymar.

A principal estrela do futebol brasileiro havia marcado três gols dentro de campo, marcou mais um fora de campo (e, com certeza, o mais bonito) ao liberar a entrada do garoto, que passou a fazer a festa dos atletas da seleção.

Os atletas da seleção fizeram uma rodinha e jogaram o garoto para o alto algumas vezes. Depois, Ayo Dosumu tirou fotos com alguns jogadores, como David Luiz e Neymar. A cena foi aplaudida pelos torcedores que ainda estavam no Soccer City.

Imagem belíssima que coroou a atuação da seleção brasileira.

 

 

 

Blog do Torcedor

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Brasil goleia África do Sul com 3 de Neymar e golaço de Fernandinho

Em mais um teste visando a Copa do Mundo, a seleção brasileira abriu o ano com uma boa vitória sobre a África do Sul, pelo placar de 5 a 0, nesta quarta-feira, no Estádio Soccer City, em Johannesburgo. O amistoso serviu de grande oportunidade para o volante Fernandinho, um dos alvos de Luiz Felipe Scolari.

O jogador do Manchester City marcou o quarto gol brasileiro e se aproximou da vaga no Mundial – Neymar marcou três e Oscar anotou outro gol brasileiro. Fernandinho teve performance mais tímida até a entrada de Luiz Gustavo, quando passou a atuar como segundo volante e marcou o gol. O volante disputa vaga com Lucas Leiva e Hernanes na seleção.

O lateral-direito Rafinha, também observado nesta quarta, teve atuação mais discreta nos 90 minutos do amistoso. Mas ainda sonha com o lugar na Copa. Ele jogou mais recuado e arriscou poucas jogadas com Hulk no ataque, pelo lado direito. Ele briga com Maicon pela posição de reserva de Daniel Alves.

O amistoso com a África do Sul marcou o primeiro duelo do time de Felipão em 2014 e também o último teste para os candidatos a uma vaga no grupo do treinador para a Copa do Mundo. Depois desta partida, os jogadores vão ficar na expectativa pela convocação oficial, no dia 7 de maio.

A partida, que teve a estreia dos uniformes 1 e 2 da seleção, também foi especial para os sul-africanos. O amistoso fez parte dos festejos que marcam os 20 anos do fim do apartheid no país e serviu de homenagem a Nelson Mandela, que morreu há exatos três meses. Os jogadores da casa entraram em campo com uma camisa exibindo o número da cela em que Mandela esteve preso antes de se tornar presidente.

O JOGO – O primeiro chute a gol da partida veio dos pés de Claasen, aos 2 minutos. Julio Cesar fez a defesa com tranquilidade e deu o tom do que seria o primeiro tempo para o time brasileiro. Na primeira boa investida do time de Felipão, aos 9, Hulk descolou lançamento para Oscar, na direita. E o meia do Chelsea não teve dificuldade para invadir a área e bater, por cobertura, na saída do goleiro Williams.

O gol aumentou a confiança dos brasileiros e levou a África do Sul a adiantar a marcação, ensaiando uma breve pressão, sem sucesso. Mesmo sem exibir o mesmo toque de bola da Copa das Confederações, a seleção brasileira neutralizava com rapidez as investidas dos anfitriões. Mas emplacava poucas jogadas de maior perigo, a partir da defesa.

Os melhores lances surgiam em ligações diretas. Assim, Neymar tabelou com Oscar, entrou na área, mas atrasou a finalização e Williams fez o desvio para fora, aos 28. Doze minutos depois, Paulinho deu bom passe e Neymar aproveitou a marcação frouxa para encher o pé e mandar entre as pernas do goleiro.

Um dos estreantes do dia, sob o comando de Felipão, Rafinha valorizou seu desempenho na primeira etapa. “Acho que foi bom. Claro que eu estava ansioso pelo fato de ser seleção. Mas está tranquilo. Esses jogos são gostosos de jogar, por causa do clima. E a experiência de jogar partidas da Liga dos Campeões ajuda muito nestas horas”, disse o lateral-direito, no intervalo.

O Brasil voltou para o segundo tempo com mudanças na equipe e no uniforme. A camisa amarela deu lugar ao novo uniforme número dois, todo azul e com camisa listrada. Os jogadores brasileiros exibiam uma faixa preta no braço, com os números 46664, também em referência à cela de Nelson Mandela.

Na equipe, Felipão deu sequência aos testes e fez as três primeiras das seis mudanças a que tinha direito no amistoso. Sacou Oscar, Hulk e Paulinho para as entradas de Ramires, Willian e Luis Gustavo.

Antes de fazer a quarta mudança, o treinador viu a seleção ampliar o marcador, logo aos 24 segundos da etapa final. Fred aproveitou erro na saída de bola sul-africana e lançou Neymar, que bateu por cobertura e anotou belo gol. Na sequência, Willian finalizou rente á trave e quase marcou o quarto do Brasil.

Depois do gol, Felipão mandou Daniel Alves, improvisado no lado esquerdo no lugar de Marcelo, Jô (Fred) e Dante (David Luiz) a campo – com estas mudanças somente Bernard e Jefferson não entraram em campo entre os 19 convocados.

O Brasil, no entanto, continuou brilhando sob o comando daqueles que já estavam em campo. Neymar seguia concentrando a marcação dos sul-africanos, abrindo espaço para os demais. Em uma destas investidas, Fernandinho, mais solto no meio-campo após a entrada de Luiz Gustavo, não desperdiçou sua chance e acertou belo chute de fora da área, aos 33.

A estrela do jogo, contudo, foi mesmo Neymar. Aos 45 minutos, o atacante do Barcelona aproveitou ajeitada de Jô dentro da área e só completou para as redes, anotando seu terceiro gol na partida.

Depois desta primeira partida do ano, Felipão anunciará os convocados para a Copa no dia 7 de maio. Os eleitos do técnico vão se apresentar à seleção no dia 26, em Teresópolis. Lá vão iniciar a preparação para o Mundial, que contará com amistosos no dias 3 e 6 de junho, contra Panamá e Sérvia, respectivamente. O primeiro será disputado no Estádio Serra Dourada, em Goiânia. E o segundo está marcado para o Morumbi, em São Paulo.

FICHA TÉCNICA: 

ÁFRICA DO SUL 0 x 5 BRASIL

ÁFRICA DO SUL – Williams; Ngcongca, Khumalo (Xulu), Nthete e Mtlaba; Jali (Zungu), Furman, Claasen (Ndlovu) e Serero; Parker (Patosi) e Rantie (Manyisa). Técnico: Gordon Igesund.

BRASIL – Julio Cesar; Rafinha, Thiago Silva, David Luiz (Dante) e Marcelo (Daniel Alves); Fernandinho, Paulinho (Luiz Gustavo), Oscar (Ramires) e Hulk (Willian); Fred (Jô) e Neymar. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

GOLS – Oscar, aos 9, e Neymar, aos 40 minutos do primeiro tempo. Neymar, aos 24 segundos e aos 45 minutos, e Fernandinho, aos 33 do segundo tempo.

CARTÃO AMARELO – Ramires.

ÁRBITRO – Antonio Muachihuissa (Fifa/Angola).

RENDA – Não disponível.

PÚBLICO – 51.823 pagantes.

LOCAL – Estádio Soccer City, em Johannesburgo (África do Sul).

 

 

Agência Estado

Foto: Marco Longari/AFP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Reta final para o Brasil: 32 seleções da Copa entram em campo nesta quarta

É Quarta-Feira de Cinzas – mais conhecida no planeta bola como a Quarta-Feira Cheia. E de um aquecimento de luxo para a Copa do Mundo: todas as 32 seleções que estarão no Brasil em junho entrarão em campo no dia que signfica a última Data Fifa antes do aguardado torneio, que terá pontapé inicial no dia 12 de junho. Os técnicos precisam entregar à entidade uma pré-lista com 30 nomes até o dia 13 de maio, e a convocação definitiva até 2 de junho.

GloboEsporte.com fará uma cobertura completa, focado nos 23 amistosos que reunirão os favoritos, zebras e, entre eles, os adversários da Seleção de Felipão na fase de grupos, por exemplo: Croácia, Camarões e México. A transmissão começará às 15h30m (de Brasília), embora a partida entre Brasil e África do Sul, em Joanesburgo, já seja exibido ao vivo a partir das 14h.

Aos amantes do futebol, a oportunidade é perfeita para acompanhar os craques que pisarão em solo brasileiro. Em Madri, Espanha e Itália reeditarão a final da última Eurocopa em jogaço com atenção especial do GloboEsporte.com a partir das 18h. França e Holanda, outras duas candidatas a irem longe, se enfrentarão no Stade de France, em Paris, às 17h. Já a Argentina de Lionel Messi terá teste contra a Romênia, enquanto Portugal de Cristiano Ronaldo receberá Camarões.

treino Espanha Diego Costa (Foto: AFP)
Diego Costa em treino da Espanha: atacante do Atlético de Madrid fará sua estreia pela Roja em casa (Foto: AFP)

 

O ‘BATISMO’ DE DIEGO COSTA

Há cerca de um ano, Diego Costa vestia a camisa da seleção brasileira pela primeira e penúltima vez. Era num amistoso contra a Itália, adversária justamente da estreia do próprio atacante pela Espanha. Após todo o imbróglio que envolveu o seu futuro, o jogador do Atlético de Madrid enfim terá a oportunidade de atuar pelos campeões mundiais. A bola rola às 18h (de Brasília), no Vicente Calderón, casa atual do brasileiro de Lagarto-SE.

O duelo marca também a reedição da decisão da Eurocopa de 2012, quando os espanhóis se consagraram como bicampeões ao atropelarem os italianos em Kiev: 4 a 0. Diego àquela altura sequer habituava as manchetes dos jornais, mas agora deverá receber uma chance entre os titulares na equipe de Vicente del Bosque.

É a única chance para Diego Costa provar que merece ser chamado para a Copa do Mundo. O atacante já havia sido convocado para os amistosos contra Guiné e África do Sul, em novembro passado, mas foi cortado por causa de uma lesão muscular.

treino Itália Pirlo (Foto: EFE)
O veterano Andrea Pirlo no meio da roda da Itália no Vicente Calderón (Foto: EFE)

– Estou muito feliz por ter sido convocado. É muito especial que a partida contra a Itália seja no Vicente Calderón – comemorou o jogador de 25 anos, que nesta lista venceu a concorrência de Fernando Torres, do Chelsea, e Fernando Llorente, do Juventus.

A Itália tem problemas. Mario Balotelli, com uma lesão no ombro, sequer foi convocado pelo técnico Cesare Prandelli. O volante Daniele De Rossi, no entanto, não figurou na lista como forma de punição do treinador por conta de uma agressão em Mauro Icardi, do Inter de Milão, no jogo contra o Roma no último fim de semana.

– A Itália é uma das grandes seleções mundiais, que tem como base o time da Juventus. Tivemos grandes confrontos com eles nos últimos anos – lembrou Del Bosque, citando também a Eurocopa de 2008, quando a Roja também levou a melhor, nos pênaltis, e amistosos recentes.

ARGENTINA COM MESSI; PORTUGAL COM CR7

Na Argentina, o técnico Alejandro Sabella falou em tentar conter a ansiedade com a proximidade do Mundial – restarão 99 dias quando a quarta-feira amanhecer. No momento, a dúvida é sobre as condições físicas de Sergio Agüero, recuperado de lesão recentemente no Manchester City. Sendo titular ou não, certo é que Lionel Messi comandará os hermanos diante da Romênia, em Bucareste, às 16h.

Com Portugal a situação não é lá muito diferente. Há uma preocupação pela ausência de Nani, sem atuar há três meses por conta de um problema muscular, e Hugo Almeida e Hélder Postiga – mas os olhos estão voltados, é claro, em Cristiano Ronaldo. O atual melhor jogador do mundo só não irá figurar sozinho no ataque luso diante de Camarões de Samuel Eto’o, rival do Brasil na terceira rodada do Grupo A, dia 23 de junho, no Mané Garrinha.

Messi no treino da Argentina em ginásio (Foto: EFE)
Messi aquece no ginásio com a Argentina: atacante não sabe se fará dupla com Agüero contra a Romênia (Foto: EFE)

– Não o temos colocado como atacante de início, jogando como único homem na frente. Desde o início dissemos que não iríamos fazer isso. Na minha opinião não é a melhor opção para as suas características. Em determinados momentos, em função do resultado e da estratégia, já o colocámos sozinho na frente. A outra possibilidade que teremos de equacionar é jogar com Ronaldo na frente, mas com duas unidades. Sozinho na frente de início, não – afirmou o técnico Paulo Bento.

A Cróacia, rival do Brasil na estreia do Mundial, em 12 de junho em São Paulo, enfrentará em Saint-Gallen a Suíça, última equipe a derrotar os comandados do técnico Luiz Felipe Scolari, por 1 a 0, em amistoso disputado em 14 de agosto em Basel. Já o México, que joga contra os brasileiros em 17 de junho em Fortaleza, encara a Nigéria nesta quarta-feira em Atlanta, nos Estados Unidos, um duelo entre equipes que terminaram em terceiro lugar de suas chaves na Copa das Confederações.

treino Portugal Cristiano Ronaldo (Foto: AFP)
Cristiano Ronaldo é ainda mais referência no ataque de Portugal após ausências de Postiga, Almeida e Nani (Foto: AFP)

 

FRANÇA X HOLANDA

A França espera seguir no embalo da classificação heroica contra a Ucrânia na repescagem das eliminatórias europeias. No Stade de France, os Bleus terão uma tarefa complicada contra a Holanda comandada por Louis Van Gaal, que terminou com a melhor campanha das eliminatórias europeias. Arjen Robben, do Bayern de Munique, deverá ser poupado – já Wesley Sneijder, carrasco brasileiro em 2010, está confirmado.

Nos donos da casa, o meia Franck Ribéry, astro da geração e também do Bayern, está na lista de Didier Deschamps, mas a expectativa gira em torno de Antoine Griezmann, destaque do Real Sociedad no Campeonato Espanhol.

– Deve servir como um ponto de partida. Temos de continuar nesse caminho, tomar a iniciativa independentemente de qual jogo estaremos jogando. Chegar à Copa nos deu confiança e nos trouxe mais perto do público francês. Embora seja um amistoso, queremos vencer e não teremos arrependimentos – disse o goleiro Hugo Lloris.

treino França Benzema (Foto: Reuters)
O atacante Benzema, do Real Madrid, distribui autógrafos no treino da França (Foto: Reuters)

 

ALEMANHA ‘À LA BAYERN’

A Alemanha também terá um teste à altura. Em Stuttgart, às 16h45, os comandados de Joachim Löw enfrentarão o Chile, dono de boa campanha nas eliminatórias sul-americanas e que conta com nomes como Arturo Vidal, do Juventus, e Alexis Sánchez, do Barcelona. Os alemães tem até mais destaques individuais, mas atravessa um momento delicado por conta das muitas lesões. Esta foi uma preocupação externada pelo treinador na última segunda-feira.

– No papel, parece que temos um time de primeira pensando individualmente. Mas a realidade no momento não parece tão boa. Alguns jogadores estão contundidos há meses, outros estão sem ritmo de jogo e há alguns que estão lutando para entrar em forma – declarou.

treino Alemanha Ozil, Podolski e Jerome Boateng (Foto: AP)
Özil, Podolski e Boateng estão ‘inteiros’, mas Alemanha tem lista extensa de lesionados (Foto: AP)

Ao menos como boa notícia o meio-campista Bastian Schweinsteiger mostrou estar recuperado de um problema no tornozelo. Ele deverá fazer dupla no setor com o capitão Philipp Lahm, lateral-direito de origem, mas volante no Bayern de Pep Guardiola.

– Imagino que eu possa jogar assim nas próximas semanas, meses e até anos. Estou à disposição da equipe para jogar onde o treinador achar melhor – indicou Lahm.

A Bélgica do jovem craque Eden Hazard, do Chelsea, recebe a Costa do Marfim do veterano Didier Drogba em uma disputa entre equipes que podem surpreender na Copa. A Inglaterra, por sua vez, terá pela frente a Dinamarca, em Wembley. O técnico inglês Roy Hodgson convocou jovens promessas como Lallana, Shaw, Sterling, Barkley, ou Oxlade-Chamberlain. Uruguai e Colômbia não devem ter dificuldades para superar Áustria e Tunísia, respectivamente.

 

 

 

Por GloboEsporte.com

Rio de Janeiro

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Náutico mantém esquema para vencer o Salgueiro e se manter líder

A vitória sobre o Sport já é coisa do passado. O Náutico, que treinou tranquilamente durante o Carnaval como líder do Pernambucano Coca-Cola 2014, só tem uma meta agora: vencer o Salgueiro, na Arena Pernambuco, e manter-se na liderança da competição, com oito pontos. O técnico Lisca teve a felicidade de ter os jogadores do elenco à disposição e assim manter o mesmo time que venceu o Sport, na quinta-feira, dia 27. Algo muito importante nesse início de trabalho e para as pretensões da equipe, que pretende ampliar a vantagem na pontuação em relação aos rivais.

Diante do Salgueiro, o Náutico deve tomar a iniciativa da partida. O time está mais confiante após uma sequência de boas atuações, tando dentro como fora de casa. Mas os jogadores e o próprio Lisca têm consciência de que é preciso tomar cuidados defensivos para não ser surprendido. O Salgueiro está na quarta colocação, com 5 pontos. Ou seja, está na zona de classificação. Um empate será considerado um bom resultado para as pretensões da equipe interiorana, que terá praticamente a mesma base da equipe que empatou com o Santa Cruz, em 1×1, no Cornélio de Barros,  na última rodada.

O Náutico mantém o esquema 4-5-1. Com isso, a equipe tem um meio de campo mais preenchido, que visa ter a posse de bola e a velocidade no contra-ataque. Hugo será o único atacante com liberdade para flutuar no setor ofensivo ou até mesmo fazer uma troca de setor com Pedro Carmona, que vive boa fase. No clássico contra o Sport, Carmona fez os dois gols da vitória por 2×1. No Salgueiro, a dúvida do técnico Cícero Monteiro está no meio de campo: Rodolfo Potiguar ou Aylton Alemão.

Ficha da partida

Náutico:Alessandro; Hélder Maurílio, Luiz Alberto, Flávio e Izaldo; Elicarlos, Dê, Yuri Naves, Marcos Vinícius e Pedro Carmona; Hugo. Técnico: Lisca.

Salgueiro
Luciano; M. Tamandaré, Ricardo Braz, Ranieri e Daniel; Rodolfo Potiguar (Aylton Alemão), Morelândia, Vitor Caicó e Anderson Paraíba; Kanu e Fabrício Ceará. Técnico: Cicero Monteiro.
Local: Arena Pernambuco. Horário: 22h.  Árbitro: Sebastião Rufino Filho.
Assistentes: Marcelino Castro e Bruno Vieira.
Ingressos: de R$ 20 a R$ 120.
Blog do Torcedor
Foto: JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Sport praticamente acerta renovação de Rithelly e avalia situações no mercado

O volante Rithely, ao que tudo indica, não é mais dor de cabeça para a diretoria do Sport. O jogador praticamente acertou tudo em relação a sua renovação de contrato com o clube por mais três anos. Segundo o executivo de futebol do clube rubro-negro, Ney Pandolfo, já está tudo certo com o jogador. “Está faltando apenas alguns ajustes com o investidor de Goiás, mas não será problema”, declarou o dirigente.

O acerto com Rithelly dá ao técnico Eduardo Baptista mais opções para armar o setor defensivo do Sport e ao mesmo tempo ofensivo. Isso porque trata-se de um volante que tem qualidade na saída de bola e ainda aparece como elemento surpresa no ataque. Rithelly muitas vezes é criticado por errar demais numa só partida. Também pudera: o volante aparece no jogo executando várias funções.  Uma hora está protegendo a zaga, cobrindo os laterais, armando o jogo e finalizando. É um atleta jovem, versátil e bastante útil.

Na Ilha do Retiro, o meia Renan Oliveira, recém-contratado junto ao Atlético-MG já está fazendo os exames médicos, faltando assinar contrato para ser apresentado como novo reforço do Leão. O atacante Leonardo, que também pertence ao Galo, tem chegada prevista para a próxima quinta-feira. O acerto com esses dois atletas não significa que o Sport parou com as contratações. “Ainda estamos analisando algumas situações”, disse Pandolfo.

 

 

Blog do Torcedor

Foto: JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Sorriso celebra periodo de treino do Santa Cruz no Carnaval

O Santa Cruz treinou forte durante o período de Carnaval. Tudo porque o time vai precisar de vitória na próxima rodada do Pernambucano Coca-Cola. Afinal, o time não vai encontrar moleza: o Sport,, na Ilha do Retiro, na próxima quinta-feira. O ritmo forte deixou o volante Luciano Sorriso satisfeito e feliz. Afinal, para o atleta, a equipe estava precisando de mais tempo para os ajustes no time. E o período carnavalesco aconteceu na melhor hora.

“Até então a gente não tinha condições de fazer um trabalho mais forte por contra da sequência de jogos. Agora, a gente fez ajustes, corrigimos algumas falhas e trabalhamos em cima dos pontos fortes do Sport. Será uma partida difícil e precisamos ter atenção redobrada. Por isso, acho que esse período de treino foi muito valioso”, declarou sorriso.

Desta vez, nada de silêncio no Arruda, como aconteceu às vésperas da partida contra o Náutico. No Santa Cruz, os jogadores puderam falar com a imprensa e Sorriso, que havia se recuperado de um problema gastro intestinal, falou sobre os cuidados que o técnico Vica está tomando para que o time consiga os três pontos diante do Leão e comemorou o fato de o jovem Patrick aparecer como titular da lateral-esquerda do time titular. “É um garoto de muita qualidade, vocês vão ver. Tenho muita confiança no futebol dele”, disse.

A presença de Patrick no time que participou do treinamento se deve ao fato de o titular Panda ainda não ter se recuperado de uma contusão.  O jogador ainda será avaliado aintes do treino da manhã desta quarta-feira. Caso continue sentindo dores, será vetado para o clássico diante do Sport.

 

 

Blog do Torcedor

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Náutico aproveita as chances que tem e bate o Sport por 2×1 na Arena Pernambuco

Depois de muita polêmica, a bola rolou na Arena Pernambuco para Náutico e Sport, pelo Campeonato Pernambucano. Nesta quinta-feira, os problemas fora do gramado foram deixados de lado e só se pensou na partida, que foi equilibrada dentro das quatro linhas com chances para os dois lados. Melhor para o Timbu que soube aproveitar suas oportunidades e venceu o Leão por 2×1. Pedro Carmona foi o artilheiro da noite com dois gols pelo lado alvirrubro, enquanto Páscoa fez o do Rubro-negro. Festa em vermelho e branco nas portas do Carnaval. Pelo lado vermelho e preto, além do lamento com a derrota, fica a bronca com a arbitragem em dois lances dentro da área. A queixa é por dois pênaltis – um no primeiro tempo em cima de Patric na pequena área e outro sobre Neto Baiano em lance com o goleiro Alessandro na segunda etapa.

Com a vitória, o Náutico sobe para a liderança da competição com oito pontos ultrapassando justamente o Sport, que ficou com sete. Na próxima rodada, o Timbu encara o Salgueiro, mais uma vez na arena, enquanto o Leão inicia a série de clássicos contra o Santa Cruz. O primeiro deles será na Ilha do Retiro, pelo Estadual.

O JOGO – Com duas novidades em relação ao habitual time titular – Flores e Felipe Azevedo, o Sport tentou impor sua marcação nos primeiros minutos. Pressionou principalmente as laterais com Érico Júnior e Felipe. Logo no minuto inicial, Neto Baiano chutou forte e Alessandro fez defesa em dois tempos.

Pelo lado do Náutico, a tentativa de explorar as laterais. Lisca apostou em Pedro Carmona e Hugo bem abertos pelos lados e deixou Marcos Vinícius centralizado como um falso centroavante. Ao lado de Pedro Carmona, o meia foi um dos principais nomes do lado alvirrubro e criou as principais chances do Timbu.

Dos pés de Marcos veio o gol dos donos da casa. Aos 8, ele dominou bola no meio com liberdade e encontrou Carmona bem aberto na esquerda. O meia recebeu o passe e entrou com a redonda dominada na cara de Magrão que não pôde fazer nada para impedir que suas redes fossem balançadas.

Os leoninos buscaram o empate, mas esbarraram na boa defesa do Náutico. Patric ainda teve a chance de igualar no primeiro tempo, mas mandou por cima em chute na entrada da área. Pelo lado do Timbu, também havia o obstáculo da defesa adversária. O equilíbrio reinava até então.

Carmona foi o nome do jogo. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Carmona foi o nome do jogo. Foto: Guga Matos/JC Imagem

Observando esse panorama, o técnico rubro-negro, Eduardo Baptista resolveu mudar no intervalo. Sacou Érico Júnior e Flores para colocar Ananias e Aílton. Com isso, o Leão cresceu no confronto. Passou a pressionar mais a saída de jogo do Náutico e ficou mais tempo com a bola nos pés. Logo, não demorou para surgir o empate. Renê fez boa jogada pelo meio e tocou para Ewerton Páscoa, que acreditou no lance e mandou para o fundo das redes igualando tudo.

O Sport manteve o ritmo após o empate e buscou a virada. Chegou até a ficar perto em alguns momentos, mas errou muito no passe final e facilitou a vida da zaga do Alvirrubro, que conseguiu se encontrar no jogo. Adiantou a marcação e equilibrou novamente. Teve poucas chances, é verdade, mas soube aproveitar bem. Aos 25, Izaldo fez jogada individual pela esquerda e cruzou. A zaga leonina falhou e Pedro Carmona aproveitou novamente para marcar.

O desempate deu mais tranquilidade aos donos da casa, que somente ajustaram a marcação e esperam o Rubro-negro vir ao ataque. Só que o Leão continuou pecando nos passes, talvez agora mais nervoso pelo pouco tempo para empatar novamente. Coube ao Náutico segurar administrar a vitória sobre o rival e aguardar o apito final.

No final do jogo, veio a confusão. Neto Baiano foi para cima de Lisca acusando o treinador de provocação. A polícia chegou ao local e impediu a troca de agressões entre os dois.

Fim do jogo foi marcado por confusão entre Neto Baiano e Lisca. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

Fim do jogo foi marcado por confusão entre Neto Baiano e Lisca. Foto: Alexandre Gondim/JC Imagem

FICHA DA PARTIDA – NÁUTICO 2X1 SPORT

Náutico: Alessandro; Hélder Maurílio, Luiz Alberto, Flávio e Izaldo; Elicarlos, Dê, Yuri, Marcos Vinícius (Roberson) e Pedro Carmona; Hugo (Paulo Júnior). Técnico: Lisca.

Sport: Magrão; Patric, Ferron, Durval e Renê; Ewerton Páscoa (Ronaldo), Rodrigo Mancha e Flores (Aílton); Felipe Azevedo, Érico Júnior (Ananias) e Neto Baiano. Técnico: Eduardo Baptista.

Pernambucano. Local: Arena Pernambuco, São Lourenço da Mata (PE). Árbitro: Gleydson Leite. Assistentes: Clóvis Amaral e Albert Júnior. Gols: Pedro Carmona (N) aos 8 do primeiro tempo; Ewerton Páscoa (S) aos 3 e Pedro Carmona (N) aos 25 do segundo. Amarelos: Marcos Vinícius (N), Rodrigo Mancha (S), Felipe Azevedo (S), Ronaldo (S), Alessandro (S) e Renê (S). Público: 8.784. Renda: 192.820.

 

 

 

 

Blog do Torcedor

Foto: Guga Matos/JC Imagem

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com