Náutico prepara defesa, mas se diz tranquilo sobre pedido de interdição dos Aflitos

Por Rômulo Alcoforado — Recife

Globo Esporte

O Sampaio Corrêa entrou com um pedido, nesta quarta-feira, junto ao STJD, para a interdição do estádio dos Aflitos – casa do Náutico, onde está marcada para acontecer a primeira final da Série C, entre maranhenses e pernambucanos. A diretoria do Timbu se mostrou confiante de que a solicitação não prosperará.

Para o presidente do clube, Edno Melo, os Aflitos oferecem segurança aos torcedores – ao contrário do que alega o Sampaio na petição inicial (aludindo à invasão generalizada que aconteceu nos Aflitos após o acesso, em jogo diante do Paysandu).

“Os Aflitos tem todos os laudos e oferece segurança ao torcedor. Tanto é que já recebemos a homologação da CBF para receber o jogo da Seleção Olímpica (contra a Venezuela), no dia 10 de outubro”, afirmou.

Para Edno, o jogo contra o Juventude, realizado no último domingo, é a comprovação de que os Aflitos dão totais condições para a realização do jogo.

– Nessa partida, não tivemos a presença da Polícia Militar no estádio, o que não acontecerá no domingo, e, mesmo assim, não tivemos nenhuma ocorrência.

Por tudo isso, o presidente alvirrubro crê que o pedido não será aceito.

– Nós faremos nossa defesa, claro, mas estamos muito tranquilos quanto a isso.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

No Sport, Hernane Brocador alcança Rodrigão e mira artilharia isolada da Série B

Por Lucas Liausu — Recife

Globo Esporte

O gol marcado pelo atacante Hernane Brocador na última terça-feira, contra o Londrina, ajudou o Sport a vencer mais uma partida na Série B do Campeonato Brasileiro, mas além disso, também serviu para que ele desse mais um passo para atingir sua meta individual. Agora com 11 gols, se igualou a Rodrigão, do Coritiba, na artilharia, objetivo que ele nunca escondeu de ninguém que tinha na mira.

“Fazer gol é muito importante. Como eu já tinha falado, o meu pensamento é fazer gols para ajudar a equipe do Sport a ganhar jogos. A artilharia é consequência, mas agora eu já alcancei o artilheiro e espero poder aumentar essa marca até o final da competição e bater minha meta individual.”

Com 20 gols no ano até agora, Hernane revelou a meta em uma entrevista exclusiva ao GloboEsporte.com na semana passada. A ideia do camisa 9 do Sport é atingir os 30 gols até o final de 2019.

– Isso é questão de tempo. Com a ajuda dos companheiros eu creio que essa marca está próxima de acontecer.

Essa é a terceira vez que Hernane fica junto com Rodrigão no topo da artilharia da Série B. Na primeira rodada, os dois marcaram um gol. Eles se igualaram também na quinta rodada, com cinco gols cada.

Já poderia ter passado

O jogo contra o Londrina serviu para que Hernane igualasse o número de gols de Rodrigão, mas ele poderia ter já assumido a liderança. Isso porque o Sport teve um pênalti na reta final e ele “liberou” para que Guilherme, que tem nove gols e também está na briga, fizesse a cobrança.

– Eu tinha me desgastado muito no jogo, estava cansado e já tinha puxado um pouco a perna. Ele conversou comigo e disse “Broca, posso bater o pênalti?”. Eu falei que podia, mas só se fizesse o gol e me abraçasse. Sabia que podia passar o artilheiro, mas restam muitos jogos e aqui é um grupo. Assim como eles estão me ajudando, eu pretendo ajudar também de alguma forma.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Santa Cruz planeja nova montagem no departamento de futebol

Por Daniel Gomes — Recife

Globo Esporte

O interesse do Santa Cruz por Nei Pandolfo é o início do trabalho de montagem do departamento de futebol. O setor, que passou por uma reformulação no início do mês, vai ser refeito de uma maneira diferente. No lugar de uma figura no comando, reunindo as demandas e tratando com a diretoria e a comissão técnica, mais pessoas devem fazer parte do processo.

Neste ano, Luciano Sorriso era o nome do departamento de futebol. O executivo, junto com a comissão técnica e o presidente Constantino Júnior, definia tudo sobre a montagem do elenco, como saídas e contratações. A figura de Luciano deve ser substituída, embora a saída dele não seja confirmada oficialmente. Outros três diretores de futebol devem compor o departamento.

Esses diretores devem ter, como perfil, o conhecimento da casa. Nomes como Allan Araújo e Fred Dias, que já compuseram o departamento de futebol, em 2018, deixaram o núcleo, mas não o clube. Fred, por exemplo, continuou na parte jurídica. Esses são só alguns que circulam nos bastidores.

A intenção do presidente Constantino Júnior é anunciar o novo corpo diretivo até o fim da próxima semana. São essas pessoas, lideradas pela figura de um executivo, que pode ser Nei Pandolfo, que vão em busca do novo treinador. O comandante deve ser anunciado no fim de outubro.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Guto vibra com vitória do Sport e brinca com trocas: “Besta e bestial”

Por GloboEsporte.com — Recife

Foi mais uma vez no limite, mas o Sport venceu, de novo, na Série B do Campeonato Brasileiro e somou mais três pontos na briga pelo acesso à Série A. Diante do Londrina, nesta terça-feira, o Leão sofreu. Contou, no entanto, com a boa atuação de Leandrinho e com os gols de Hernane Brocador e Guilherme para vencer, por 2 a 1. A vitória foi construída também pela mudança feita pelo técnico Guto Ferreira, no segundo tempo. Ele abriu mão do volante Yago para a entrada do meia Pedro Carmona. Com o time para a frente, ele foi premiado.

– Empurramos o time todo por sacar Yago, que estava desgastado, e botar Carmona. Quando você consegue trocar entrando bem é o bestial. Dá certo. Quando dá errado, é a besta. Nos últimos três jogos fui bestial (Figueirense), besta (América-MG) e bestial (Londrina). A gente fica feliz com o resultado do grupo.

Para Guto, o Sport teve um primeiro tempo de altos e baixos e foi até relapso em alguns lances que poderiam ter matado o jogo.

– Eles começaram com uma marcação alta, tentando nos surpreender, mas foram caindo e fomos acertando. Conseguimos o gol e eles já ficaram ressabiados. Tivemos três chances de matar, ainda no primeiro tempo, mas fomos um pouquinho relapsos e não fizemos. E fomos penalizados com um gol, no último minuto do primeiro tempo.

A história mudou, no entanto, no segundo tempo, na visão do treinador. De acordo com ele, o Sport foi mais objetivo e, por isso, volta para casa com os três pontos.

– Voltamos bem melhores no segundo tempo. Jogando muito mais simples e mais objetivo. Empurramos o time deles e foi nessa situação que chegamos ao gol, numa enfiada de Leandrinho para Hernane, que o juiz marcou pênalti, e Guilherme fez. Na sequência, eles tiveram um expulso e tocamos bem a bola no final. Teve só um lance de fora da área deles.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Em busca de homem forte no futebol, Santa Cruz conversa com Nei Pandolfo

Por Daniel Gomes — Recife

Globo Esporte

Depois de fazer modificações no departamento de futebol, o Santa Cruz se articula para anunciar os novos nomes do setor. A bola da vez para comandar a principal esfera do clube é Nei Pandolfo. O último clube que Nei esteve foi o Criciúma, do qual saiu em março deste ano, junto com o então treinador Doriva.

– Tivemos uma conversa, em São Paulo, durante um evento de futebol. Foi algo embrionário, mas ficamos de nos falar depois. Eles me disseram que ainda existem coisas para serem arrumadas no Recife, vão dar um start em outros pontos urgentes. Mas vamos voltar a nos falar, provavelmente – disse Nei Pandolfo, em contato com a reportagem do GloboEsporte.com.

O Santa Cruz teve Luciano Sorriso como executivo de futebol, neste ano. O profissional deve ser desligado em breve. A saída não foi confirmada oficialmente pelo clube e nem pelo próprio Luciano.

Como jogador, Nei Pandolfo defendeu clubes como Guarani, Bragantino, Santos, Ponte Preta e Coritiba. Ele foi auxiliar técnico de Santos, Palmeiras e Atlético-MG, além de gerente de futebol no Bragantino, no Santos e no Botafogo-SP.

Como executivo de futebol, trabalhou no Sport, entre 2014 e 2016, quando ficou conhecido em Pernambuco. No Leão, conquistou a Copa do Nordeste de 2014 e o Campeonato Pernambucano do mesmo ano. Depois trabalhou no Bahia e no Guarani.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Após sete jogos, Paulinho treina com bola e vira opção no Náutico para final

Por Rômulo Alcoforado — Recife

Globo Esporte

O atacante Paulinho está de volta. Após sete jogos fora, com duas lesões musculares seguidas, o jogador treinou com bola, nesta terça-feira, e virou opção para o Náutico na primeira partida da final da Série C, neste domingo, contra o Sampaio Corrêa.

O atacante participou do jogo-treino desta terça-feira – dos reservas do Náutico contra o Retrô FC, equipe que disputa a Série A2 do Campeonato Pernambucano.

É possível que Paulinho seja, no mínimo, opção no banco de reservas – já que há vários problemas no setor de ataque. Jean Carlos e Thiago são dúvida, assim como Rafael Oliveira. Matheus Carvalho está suspenso. No momento, garantidos para o jogo estão Jefferson Nem, Neto Pessoa e Álvaro – só o último é titular absoluto.

Aos poucos

O centroavante Rafael Oliveira segue no trabalho de transição para voltar aos trabalhos. Nesta terça, enquanto o time reserva estava envolvido no jogo-treino – e o titular dava voltas no gramado -, Rafael fazia trabalhos físicos com o preparador Walter Grassmann.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Sem molezinha! Sander espera “jogo f…” do Sport contra Londrina

Por Lucas Liausu — Recife

Globo Esporte

Capitão do Sport na Série B do Campeonato Brasileiro, o lateral-esquerdo Sander não costuma medir as palavras para cobrar mais empenho dos companheiros, durante os jogos da equipe. Ele abusou da sinceridade na entrevista coletiva que concedeu, no último domingo, para repercutir a derrota do time contra o América-MG, na sexta passada, e projetar o duelo diante do Londrina, nesta terça-feira.

+ Veja mais notícias do Sport

– A gente joga fora de casa agora e não podemos esperar molezinha. Todo jogo de Série B, desculpa a palavra, mas é f… Temos que nos preparar para caramba. A gente tem que ir para lá focado e determinado para fazer melhor, já que estamos vindo de uma derrota.

+ Com sequência pesada pela frente, Guto Ferreira conta com força do elenco do Sport

Para o lateral, o Sport não pode desperdiçar a oportunidade de recuperar os pontos perdidos, já nesta terça-feira, quando enfrenta o Londrina fora de casa.

– A oportunidade está aí na frente. Não podemos esperar para fazer as coisas porque lá na frente vai ter outra. É agora. Se o passo é esse, vamos dar. Não podemos esperar a próxima oportunidade. É agora. Pecamos nesse jogo. Em casa era para ter o resultado positivo.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Santa Cruz chega a acerto com Danny Morais por mais uma temporada

Por GloboEsporte.com — Recife

Naquela de permanecer com alguns jogadores experientes do atual elenco, conhecidos por “dominarem os vestiários” – e mandar bem dentro de campo -, o Santa Cruz confirmou, nesta sexta-feira à noite, o acerto do zagueiro Danny Morais para a próxima temporada. O novo contrato vai até o fim da Série C de 2020.

Danny Morais vai para o quinto ano no Tricolor. Antes, havia passado pelo Arruda entre 2015 e 2016. Depois, voltou em 2018 e continuou por aqui, em 2019. Este ano, depois de curado de uma grave contusão muscular, muitos no clube não entendiam o motivo de ele ficar de fora do time considerado titular.

Venda de Elias representa saúde financeira do Santa Cruz até fim do ano

Santa Cruz F.C.@SantaCruzFC

Renovado! O nosso sistema defensivo terá Danny Morais por mais uma temporada. O xerife renovou contrato e vai seguir defendendo e honrando a camisa coral. #FechadoComOSanta

Embedded video

6778:27 PM – Sep 23, 2019Twitter Ads info and privacy132 people are talking about this

Com acerto de Danny Morais, outro atleta de mesmo perfil passa a ser o novo alvo do Tricolor. Trata-se do goleiro Ricardo Ernesto, considerado peça fundamental na evolução do maior destaque da temporada, Anderson, que contabilizou “milagres” em série debaixo da barra do Santa Cruz.

Da mesma posição – concorrentes diretos à vaga no time -, mostra o quanto a presença de Ricardo no elenco é benéfica.

Antes, o Santa Cruz havia fechado o contrato com o atacante Pipico, artilheiro do clube na temporada, com 16 gols, em 2019.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Sem jogar desde 2018, aos 39 anos, Durval refuta aposentadoria e projeta retorno em 2020

Por Elton de Castro — Recife

Globo Esporte

Fora dos planos do Sport desde maio, Durval quer seguir com a carreira.Aos 39 anos, o zagueiro espera jogar, pelo menos, mais um estadual antes da aposentadoria. Longe dos holofotes e sem dar entrevistas desde que deixou o clube oficialmente, em julho, o defensor tenta manter a forma treinando de forma particular e dividindo os dias entre Cruz de Espírito Santo, na Paraíba, e Recife, onde mantém residência.

– Ainda não parei, não. Quero continuar jogando. Talvez um estadual, mas vou continuar ainda – disse o zagueiro, que até pensou em parar após sair do Leão

Se as entrevistas eram escassas quando atuava pelo Sport, após a saída do clube ficaram ainda mais raras. Discreto, Durval tenta evitar comentários sobre a saída da Ilha do Retiro e faz questão de falar que não guarda qualquer mágoa.

– Não tenho mágoa, não. Saí bem e está tudo bem. Não tenho mágoa nenhuma do clube.

Sem jogar oficialmente desde setembro de 2018, Durval garante ter se recuperado da lesão no menisco do joelho, que o afastou dos gramados no início da temporada e prejudicou a renovação com o Sport.

– Estou recuperado da lesão no joelho. Tenho batido pelada aos domingos e agora está bom. Estou recuperado, sim. Também estou treinando em academia.

Nelo Campos explica detalhes sobre saída de Durval do SportSaída do Sport deve selar o fim da carreira de Durval: “Não devo continuar”

Com o calendário do futebol nacional próximo do fim, Durval sabe que a contratação por clubes que estão disputando as Séries A e B é algo complicado. Sem propostas, o zagueiro acredita que poderá ter uma nova equipe no próximo ano e não faz restrição de local ou clube.

– Posso jogar por qualquer equipe, mas acredito que no ano que vem. Esse ano ainda não tive propostas, mas acredito que aconteça algo ano que vem.

Carreira vitoriosa

Pelo Sport, Durval foi capitão de uma das maiores conquistas do clube, a Copa do Brasil de 2008. Ao todo, o atleta disputou 472 jogos e marcou 33 gols. Ele ainda conquistou seis Estaduais, uma Copa do Nordeste e quatro taças Ariano Suassuna, mas a carreira do zagueiro não se resume ao Rubro-negro pernambucano.

Jogando pelo Santos, Durval colecionou títulos: três Estaduais, uma Copa do Brasil, uma Libertadores e uma Recopa Sul-Americana. Com a camisa do Santos, Durval chegou a ser convocado para defender a seleção brasileira, no Superclássico das Américas em 2012.

Além de Sport e Santos, Durval defendeu o Athlético-PR, onde chegou a ser vice-campeão da Libertadores, em 2005, ano em que conquistou o Paranaense; Botafogo-PB, clube pelo qual venceu o Campeonato Paraibano, em 2003, e Brasiliense, por onde ganhou o Brasileiro da Série B, em 2004, e o Estadual, no mesmo ano.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Venda de Elias representa saúde financeira do Santa Cruz até fim do ano; veja valores

Por Daniel Gomes — Recife

Globo Esporte

A venda de Elias para o Athletico aconteceu na hora certa para o Santa Cruz. Principalmente porque o Rubro-negro paranaense acabou de ganhar a Copa do Brasil e garantir uma premiação de R$ 52 milhões – o que dá a esperança de que os pernambucanos vão ver, rapidamente, a cor do dinheiro. Por mais que o presidente Constantino Júnior tenha garantido que o clube está financeiramente planejado e pronto para os meses de inatividade, o dinheiro da transação do atacante (cerca de R$ 900 mil) vai afrouxar alguns nós importantes em curto prazo.

Primeiro, o Tricolor vai conseguir honrar os acordos (de rescisão) que fez com os jogadores. A grande maioria dos atletas já assinou os termos. Nele, o Santa deve pagar de maneira parcelada algumas pendências, como atrasos de salários (o clube fechou a temporada com um mês de atrasos) e premiações.

Os funcionários também devem receber o que ficou faltando. De acordo com a apuração da reportagem, em alguns setores, há pessoas com dois meses de salários atrasados.

Outro ponto tido como primordial no clube é a reforma do gramado. Ela deve começar a ser feita no início do próximo mês e custar ao Santa Cruz cerca de R$ 160 mil. Uma grande parte do piso deve receber um piso semelhante ao da Arena de Pernambuco – é o que garante o próprio clube.

Também há dívidas a serem resolvidas a médio prazo. Aí entram o pagamento de débitos trabalhistas e acordos judiciais e extrajudiciais. O Santa Cruz ainda pode lucrar mais a depender de como for o desempenho de dois pratas da casa que foram emprestados: o zagueiro João Victor ao Vitória e o lateral-direito Warley ao CSA-AL. Se os clubes quiserem exercer o direito de compra dos dois atletas, a quantia pode chegar a R$ 1,5 milhão.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.