Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

Náutico volta a enfrentar o Porto após quase uma década; último encontro terminou com goleada

Equipes fecham a sexta rodada do Campeonato Pernambucano, nesta segunda-feira, nos Aflitos; Timbu venceu os últimos seis encontros

Por João de Andrade Neto — Recife

globo esporte

Um confronto que não acontece há quase uma década. Na próxima segunda-feira, Náutico e Porto voltam a se enfrentar após nove anos. O grande tempo sem o encontro se explica.

O Gavião do Agreste retornou este ano à elite do futebol estadual após passar seis temporada na Série A2, e até ficar sem futebol profissional em 2021.

Além disso, em 2015 e 2016, quando o Tricolor caruaruense foi rebaixado, o regulamento do Pernambucano era outro, com os três grandes entrando no campeonato apenas no “hexagonal do título”, onde se juntavam a duas outras equipes que vinham do primeiro turno. Nesses dois anos, o Porto não conseguiu avançar.

Assim, a última partida entre Náutico e Porto aconteceu no dia oito de fevereiro de 2014, com uma goleada alvirrubra por 4 a 1, no Luiz Lacerda, com gols de Elicarlos e um hat trick do meia Pedro Carmona. O gol solitário do Gavião foi anotado por Thaciano.

Neste mesmo ano, outra vitória alvirrubra por 3 a 0, dessa vez na Arena de Pernambuco, com Pedro Carmona marcando mais uma vez, além de Marcos Vinícius e Hélder Ferreira. Por sinal, o Náutico venceu os últimos seis jogos contra o Porto, marcando 17 gols e sofrendo apenas um.

Artilheiro do estadual, Pedro Carmona pede Música

O último triunfo da equipe de Caruaru foi no dia 13 de março de 2011, por 2 a 1, no Lacerdão, com direito a “lei do ex”, uma vez que um dos seus gols foi marcado pelo meia Thiago Laranjeiras, prata da casa do Náutico, e pelo meia Jefferson Renan, que viria a jogar pelo Timbu em 2015 e 2017. Atualmente o jogador está na Inter de Limeira. O Alvirrubro descontou com Kieza.

Nos Aflitos, a última vitória do Porto ocorreu no ano anterior, pelo mesmo placar.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Enderson revela surpresa com atual estágio do Sport e diz que agora vai focar nos detalhes

Treinador elogiou a evolução do time na temporada, mas disse que ainda falta algum tempo para que time fique “redondo”

Por Redação do ge — Recife

globo esporte

Em cinco jogos até aqui no ano, o Sport segue invicto, com um empate e quatro vitórias seguidas. A última, na terça-feira, com a maior goleada do Campeonato Pernambucano, ao aplicar 6 a 1 sobre o lanterna Belo Jardim, na Ilha do Retiro.

Início que vem agradando ao técnico Enderson Moreira. Não apenas em relação aos resultados, mas principalmente no que diz respeito ao desempenho da equipe. Segundo o treinador, superior ao que ele próprio imaginava para o time nesse momento da temporada.

– Tenho colocado para eles a forma de jogar que eu penso e estou muito feliz dos atletas terem abraçado muito a ideia. Confesso que chegamos muito mais rápido nesse nível do que eu imaginava – iniciou Enderson Moreira.

Para o treinador, porém, agora começa uma segunda fase da evolução do time. De aprimoramento.

– A partir de agora temos que trabalhar os detalhes. Para que esse sincronismo possa funcionar melhor é preciso ajustar esse detalhes – disse Enderson Moreira, que exemplificou.

– A gente tem evoluído, mas em alguns momento as coisas não funcionam muito do jeito que a gente imagina em termos de posicionamento. São alguns posicionamentos um pouco diferentes dos que alguns atletas faziam. Então temos que ajustar isso –

O comandante, no entanto, voltou a lembrar que, desde o início da temporada, praticamente não vem tendo tempo para treinar a equipe devido a maratona de jogos. O Sport já volta a campo no próximo sábado para encarar o Retrô, às 19h, na Ilha do Retiro, pelo Campeonato Pernambucano.

– Claro que é um trabalho de médio e longo prazo. Mas sei que o curto prazo também tem que funcionar muito bem. Mas a gente está investindo muito para que esse time possa ficar ainda mais redondo e preparado daqui a algum tempinho ainda – projetou.

– Estamos caminhando bem e sem nenhum tipo de entusiasmo. Sem achar que estamos maravilhosamente bem. Mas os passos dados até aqui são consistentes – reforçou Enderson.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Ex-parceiros no Náutico, goleiro e atacante “apostam” R$ 200 em pênalti; “Provocaçãozinha”

Amigos e ex-companheiros no ano passado pelo Timbu, goleiro Jean e atacante Júlio se provocaram antes de cobrança de pênalti, convertido pelo meia Souza, em jogo do Estadual

Por Redação do ge — Recife

globo esporte

Após decidirem o título do Campeonato Pernambucano do ano passado, Retrô e Náutico voltaram a se enfrentar na última quarta-feira pela quinta rodada da atual edição do Estadual. Partida que marcou também o reencontro entre alguns amigos de lado a lado.

Entre eles, o goleiro Jean, da Fênix, e o atacante Júlio, do Timbu, que fizeram parte do elenco alvirrubro rebaixado na Série B do ano passado. Amizade que rendeu também uma conversa inusitada antes da cobrança de pênalti a favor do Náutico, marcado aos oito minutos do segundo tempo.

“Vou pegar teu pênalti. Souza, deixa Júlio bater!” provocou Jean.

“Quer casar (apostar) R$ 200?”, respondeu Júlio.

Ex-parceiros de clube, Jean e Júlio “apostam” em pênalti; “Provocaçãozinha”, diz Renan

A brincadeira ficou por aí, uma vez que o pênalti foi cobrado, e convertido, pelo meia Souza, que abriu o placar para o Náutico. O Retrô ainda arrancaria o empate por 1 a 1 , aos 47 minutos do segundo tempo, sem mantendo assim na liderança do Pernambucano. O Timbu está em terceiro.

– Júlio é um amigo que levo para a vida toda, junto com o Souza e outras várias amizades que fiz no Náutico. Um pessoal de coração bom. Ali foi uma provocaçãozinha para ver se ele caia, mas o Souza é o cobrador oficial, assumiu a responsabilidade, teve uma bela cobrança e fez o gol – falou Jean, após a partida.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Em recuperação judicial, Santa Cruz consegue liberação de R$ 625 mil para pagar despesas

Decisão sai na última quarta e permite injeção em fluxo de caixa financeiro para honrar débitos correntes; dinheiro chega no Arruda sem bloqueios em função da suspensão de dívidas

Por Camila Sousa — Recife

globo esporte

Santa Cruz deu mais um passo importante para o andamento do seu processo de reestruturação de dívidas. Na última quarta-feira, o juiz Arnóbio Amorim Araújo, do Tribunal de Justiça de Pernambuco, deferiu pedido liminar para realocar R$ 625.501,25 oriundos da conta judicial do clube – que centralizava pagamentos na 12ª Vara do Trabalho e responsável por recebimentos de verbas de premiação – para a conta da recuperação judicial.

A partir de agora, o dinheiro liberado – que não sofre bloqueios em função da suspensão de dívidas tricolor – será usado para organizar o fluxo de caixa corrente do clube, pagando salários a fornecedores, atletas e demais colaboradores.

Na última sexta-feira, inclusive, os vencimentos de dezembro do elenco foram quitados; na segunda, o salário de novembro caiu na conta dos funcionários.

“Ainda, após o levantamento do alvará, concedo prazo de 30 dias para que a Recuperanda efetue a prestação de contas aos administradores judiciais, com os comprovantes dos pagamentos efetuados provenientes dos recursos levantados”, diz o documento, acessado pelo ge.

Especialista disseca momento do Santa Cruz, que passa por recuperação judicial

Estes administradores judiciais, vale lembrar, têm conduzido o processo de recuperação judicial do Santa Cruz desde setembro de 2022, , quando houve o deferimento do pedido de reestruturação de dívidas na Justiça.

Os responsáveis técnicos pela administração judicial – Ana Cláudia Weinberg, Natália Pimentel Lopes e José Luís Lindoso – também estão com a incumbência de fiscalizar a atividade financeira do clube, prestando relatórios mensais de atividades, os quais contam com um panorama contábil das finanças do time.

Na última semana, o Santa Cruz apresentou seu plano de recuperação judicial, um plano de pagamentos que deverá ser analisado pelos credores e poderá resultar na convocação de uma assembleia para que eles votem se aprovam ou não a proposta do clube.

Há pouco mais de quatro meses o Santa Cruz se movimentava, via Justiça, através do processo de Recuperação Judicial, solicitando a liberação do saldo que estava na conta judicial do Núcleo de Pesquisa Patrimonial, o NPP da Justiça do Trabalho de Recife – que há mais de uma década abate 20% sobre as verbas de premiação do Trio de Ferro – para a conta do clube, agora sob responsabilidade dos administradores judiciais.

O crédito de R$ 625 mil, portanto, ficou como saldo da soma desses bloqueios durante os últimos anos – como cotas de premiação da Copa do Nordeste e Campeonato Pernambucano. Agora, está nas mãos da diretoria para honrar compromissos.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Belo Jardim corre e anuncia Felipe Alves como treinador, que vem da base do Santa Cruz

Felipe comandou o Tricolor na Copa São Paulo e vai tentar tirar o Calango da zona de rebaixamento

Por Redação do ge — Belo Jardim, PE

globo esporte

Logo após Thyago Marcolino anunciar que estava deixando o comando do Belo Jardim, o clube não perdeu tempo e divulgou a contratação do técnico Felipe Alves, que disputou a Copa São Paulo de Futebol Júnior pelo Santa Cruz.

Felipe chegou no Tricolor em 2019, sempre atuando na base. Na Copinha, foram duas derrotas e uma vitória e a eliminação ainda na fase inicial. A missão do novo treinador do Calango não é fácil. A equipe está na lanterna do Pernambucano, com apenas um ponto conquistado.

Com a goleada para o Sport por 6 a 1, o Belo Jardim chegou aos 16 gols sofridos e tem a pior defesa entre todos os estaduais. Felipe Alves vai estrear já no próximo domingo, em confronto direto com o Petrolina, no estádio Mendonção.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Náutico posta “campanha de doação de óculos” para criticar juiz por pênalti não marcado

Timbu inova em crítica a árbitro nas redes sociais durante jogo contra o Retrô, pelo Pernambucano: “Eles (óculos doados) podem ser úteis para alguém ver melhor o mundo!”

Por Redação do ge — Recife

globo esporte

O Náutico inovou em suas redes sociais para criticar o árbitro Diego Fernando Silva de Lima por conta de um lance no empate desta quarta-feira à noite, no Arruda, contra o Retrô, por 1 a 1. Após o árbitro não assinalar pênalti em uma disputa envolvendo o atacante Julio com o zagueiro adversário Renan Dutra, quando o jogo estava 0 a 0, o Timbu postou uma “campanha de doação de óculos”.

“Sem custos para quem doa, inestimável para quem recebe. Sabe aqueles óculos guardados no fundo da gaveta que você não usa mais? Eles podem ser úteis para alguém ver melhor o mundo!”, diz o “anúncio” alvirrubro.

Aos 5 do 1ºT, Julio, do Náutico, pede pênalti em lance com Renan Dutra

Náutico posta "anúncio" de óculos para criticar juiz por pênalti não marcado — Foto: Reprodução

Náutico posta “anúncio” de óculos para criticar juiz por pênalti não marcado — Foto: Reprodução

A provocação alvirrubra continuou nas redes sociais no segundo tempo, quando o juiz marcou pênalti em outro lance após falta na área em Villero – esta uma falta mais clara e sem grandes espaços para interpretação.

“Esse ele viu. Finalmente”, postou o clube.

Ainda deu tempo para mais uma cornetada com emojis após um lance de falta dura em Souza. O Náutico queria a expulsão do jogador do Retrô.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

“Cenário que a gente almeja”, diz presidente do Sport, após visita para conhecer SAF do Cruzeiro

Yuri Romão vê semelhanças entre clube mineiro e pernambucano e comenta visitas de comitiva rubro-negra à Raposa e também ao Coritiba nesta semana

Por Redação do ge — Recife

globo esporte

A comitiva montada pelo Sport concluiu as visitas institucionais ao Coritiba e Cruzeiro para trocar informações e entender os processos adotados nos dois clubes para a implantação da Sociedade Anônima do Futebol (SAF).

Enquanto o Coritiba aprovou de maneira recente a constituição da SAF, o Cruzeiro completou um ano sob esse tipo de administração, período em que conquistou o título da Série B.

Comitiva do Sport em visita ao Cruzeiro — Foto: Sport/Divulgação

Comitiva do Sport em visita ao Cruzeiro — Foto: Sport/Divulgação

A equipe mineira se assemelha ao Sport no que diz respeito à parte estrutural, com ampla área social e grande patrimônio, que seguem como ativos da agremiação. Esse foi um dos pontos analisados e discutidos junto aos diretores da Raposa.

“Compreender a realidade pós-SAF, que é algo que vislumbramos para o nosso futuro, com a vida social que o Cruzeiro dispõe, nos atrai bastante porque se assemelha ao Sport, tendo em vista o complexo da Ilha do Retiro”, afirmou o presidente Yuri Romão, em entrevista ao site do clube.

– O clube associativo do Cruzeiro é extremamente pulsante, com diversas atrações para os sócios, esportes olímpicos, enfim, de forma rentável e expressivamente lucrativa. E é o cenário que a gente almeja para o Sport – prosseguiu o mandatário leonino.

A comitiva rubro-negra foi recebida pelo CEO do Cruzeiro, Gabriel Lima, que explicou e mostrou os processos aos quais o time mineiro foi submetido para a reformulação organizacional que tem vivido.

– Pudemos entender os caminhos adotados pelo Cruzeiro na transição, o que motivou as tomadas de decisões e as consequências que elas trouxeram. Sem sombra de dúvidas foi algo enriquecedor para o clube e que vai auxiliar na reestruturação e profissionalização que planejamos implementar de forma breve para estarmos atualizados às demandas modernas do futebol -, afirmou Raphael Campos, vice-presidente de gestão e planejamento, também em entrevista aos site do Sport.

Yuri Romão diz que o foco em SAF em 2023, mas vê 2024 como cenário mais realista

Além de Raphael Campos, a comitiva rubro-negra foi composta pelo vice-presidente de marketing, Eduardo Arruda; o vice-presidente de relacionamento social, Fernando Soares; o diretor jurídico, Guilherme Matos; e o vice-presidente e representante do Conselho Deliberativo, André Fernandes.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Rescisão ou afastamento: agente de Hugo Cabral e Santa Cruz marcam reunião para definir saída

Jogador, por ora, está afastado, mas formato de desligamento deve ser definido nesta quarta-feira; um novo empréstimo não está descartado

Por Camila Sousa — Recife

globo esporte

Desligado por indisciplina pelo Santa Cruz, Hugo Cabral ainda terá o futuro definido pela diretoria e seu empresário. É que o atacante possui contrato com o clube até o final de abril, e as partes discutem o que farão com o jogador – se rescindem o contrato ou deixam o atleta treinando em separado até arrumar um novo time para empréstimo.

Em resumo: o Santa Cruz não quer onerar gastos e vislumbra um comum acordo para acertar a saída definitiva do atleta. Uma reunião entre o departamento de futebol e o agente de Cabral, João Ricardo Zloccowick, acontecerá na manhã desta quarta.

– A gente ainda não tem essa definição (do futuro). O certo é que ele vai ficar treinando em separado. A gente está resolvendo se ele rescinde e vai para outro clube, ou se ele vai ficar treinando em separado. No grupo ele não vai ficar, isso todo mundo já sabe – disse o empresário.

Hugo foi desligado do Santa Cruz depois de se negar a ser substituído no jogo contra o Vitória, no último sábado, pela estreia da Copa do Nordeste. O jogador não deixou o campo, recusando a ordem de Ranielle Ribeiro, e minutos depois o time baiano abriu o placar. Pouco depois, ele foi finalmente substituído e, nos minutos finais, o Tricolor empatou.

Danny Morais analisa contratações de Pipico e Gedoz no Santa Cruz

O ato de indisciplina, somado à insatisfação pelo desempenho recente do atacante – último a se reapresentar na pré-temporada -, foi a gota d’água para o técnico. Era dele a decisão final pela saída ou continuidade de Cabral, mas, internamente, o treinador já estava irresoluto pela ruptura.

Na segunda passagem pelo Santa Cruz – em 2022, o atacante terminou a Série D como artilheiro da equipe com sete gols marcados -, Hugo fez apenas um gol em seis jogos.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Náutico acerta com atacante Jael, ex-Ceará e Grêmio, e que está há mais de um ano sem atuar

Jogador, de 34 anos, chega nesta quinta-feira no Recife, e não joga oficialmente desde dezembro de 2021

Por João de Andrade Neto — Recife

globo esporte

Náutico acertou a contratação do experiente atacante Jael, de 34 anos, com passagens por clubes como Atlético-MG, Bahia, Portuguesa, Flamengo, Sport, Joinville, Grêmio e Ceará, além de clubes da Suécia, Coreia do Sul e Japão. O jogador desembarca no Recife nesta quinta-feira.

O jogador entrou na mira alvirrubra após a negociação com o também experiente Elton esfriar. Após conseguir uma liminar na Justiça para rescisão do contrato com o CSA, o centroavante deve fechar com a Ponte Preta.

Jael, conhecido também como “Cruel”, não joga há mais de um ano. Por isso vai precisar passar por um período de recondicionamento físico.

Sua última partida foi no dia 5 de dezembro de 2021, pelo Ceará, no Campeonato Brasileiro. Pelo clube cearense, disputou 34 partidas e marcou cinco gols. O atacante deixou o Vozão após discutir com um torcedor nas redes sociais.

Jael sai do Ceará após postagem ao torcedor

Jael também fez parte do elenco do Grêmio campeão da Libertadores de 2017, mas viveu seu melhor momento no clube gaúcho no ano seguinte, quando marcou 12 gols e deu oito assistências, em 45 jogos disputados.

A boa fase rendeu uma venda para o FC Tokyo por 500 mil dólares (cerca de R$ 1,8 milhão na cotação da época). NO Tricolor gaúcho ganhou ainda a Recopa Sul-Americana em 2018 e o Campeonato Gaúcho de 2018 e 2019.

Jael chora em despedida do Grêmio

No currículo, o “Cruel” também tem um título da Série B, em 2014, com o Joinville.

Esta será a segunda passagem de Jael pelo futebol pernambucano. Isso porque em 2012 o atacante atuou pelo Sport, em uma passagem sem tanto brilho. Em 19 partidas, marcou apenas cinco gols.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Técnico do Santa Cruz conta bastidores de decisão após demitir Hugo Cabral: “Não pode estar aqui”

Por decisão do técnico Ranielle Ribeiro, atacante Hugo Cabral deixa Santa Cruz por caso de indisciplina, após se recusar a ser substituído, durante o empate com o Vitória

Por Redação do ge — Recife

globo esporte

Ranielle Ribeiro decidiu pelo desligamento de Hugo Cabral do Santa Cruz após a polêmica do último fim de semana, quando o atacante se recusou a ser substituído no time. Responsável pela palavra final, o técnico nem sequer menciona o nome do atleta – porque tem o caso como página virada no Arruda. O ponto definitivo, contudo, aconteceu nesta quarta-feira.

Na sala de imprensa do clube, o treinador se pronunciou pela primeira vez desde que definiu pela saída de Hugo Cabral e contou bastidores do caso para explicar a própria decisão.

“Estou aqui para unir forças, para remarmos na mesma direção. Quem não remar na mesma direção, não pode fazer parte do processo. Não pode estar aqui, e por isso a decisão tomada.”

“Estava tentando recuperar ele”

Ranille diz que tem a função de gerenciar pessoas, além do direcionamento tático no campo, e que todos que façam “o serviço contrário” não podem fazer parte do processo. Na contramão de Hugo Cabral, deu como exemplo o caso de Alemão – indo a jogos em Caruaru mesmo lesionado – e citou as contratações de Pipico e Gedoz, por abrirem mão de outras propostas para assinar com o Santa Cruz.

– Precisamos de pessoas que vão remar na mesma direção. Não tiro pelo lado do rendimento. (Hugo) Não estava bem… tudo bem, eu estava tentando recuperar ele. Eu como treinador tinha esse dever, mas aí fugiu de uma conduta que se deve esperar de todo e qualquer atleta.

Veja mais notícias do Santa Cruz, com chegadas e saídas no elenco

O episódio aconteceu no último sábado, durante o empate do Santa Cruz com o Vitória – por 1 a 1. Na ocasião, o técnico pediu para Hugo Cabral ser substituído, e o atacante se recusou a deixar o campo – só saindo minutos depois, quando o rival abriu o placar.

“Nunca passei por uma situação como aquela”, conta.

Ranielle explica que o futebol o preparou para ser frio e que não poderia agir no momento da recusa de Hugo Cabral, sob pena de perder uma substituição na partida. Depois da sequência de episódios, o técnico parabeniza a equipe e coloca-se agora de olho no futuro.

“Não podia medir força. Chamei o auxiliar e falei: foca, não podemos perder a última mexida porque não quero perder o jogo.”

– Eu parabenizo o grupo, porque o momento foi muito complicado, difícil. Se teve um baque emocional ao ponto de tomarmos o gol, e o grupo teve a retomada de ir em busca do resultado. Nunca tinha passado por essa situação. Toda e qualquer situação nós temos que tirar lições e é assim que a gente segue a vida.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.