Com tempo escasso até clássico, técnico se preocupa com desgaste do Sport

Por GloboEsporte.com — Recife

Com dois dias para treinar o grupo do Sport visando ao clássico contra o Santa Cruz, no próximo domingo, o técnico Milton Cruz preferiu não dar pistas de quem pretende escalar. Preocupado com o desgaste do grupo, que desembarcou no Recife às 23h30 da última quinta-feira, após uma viagem desgastante de Tombos (interior de Mingas Gerais) até a capital pernambucana, o treinador disse que precisará ouvir a fisiologia do clube.

– O desgaste é grande. A viagem é muito desgastante, mas estamos recuperando. Vamos ver com o pessoal da fisiologia e do departamento médico e colocar para jogar quem estiver em melhor condição.

Ciente do peso do jogo, após ser derrotado por 3 a 0 para o Tombense, o treinador acredita que o clássico pode servir para que o Sport recupere a confiança.

– É bom jogar logo após uma derrota. Principalmente um clássico, que é uma partida que mexe com muita gente. Temos que fazer um grande jogo no clássico, até para voltar a confiança.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Ricardo Ernesto sente dor na coxa e é dúvida no Santa Cruz para clássico

Por Daniel Gomes — Recife

Globo Esporte

Mal acabou o jogo contra o Sinop-MT, na última quinta-feira, vencido por 2 a 1, pelo Santa Cruz, e o técnico Leston Júnior já tinha um problema para resolver. O goleiro Ricardo Ernesto saiu no intervalo da partida, válida pela primeira fase da Copa do Brasil, com dor na coxa direita. Ele nem sequer conseguia cobrar os tiros de meta. Ricardo Ernesto vai será reavaliado pelo departamento médico e, por causa do pouco tempo hábil, é dúvida para o Clássico das Multidões contra o Sport, às 17h (do Recife) do próximo domingo, pelo Campeonato Pernambucano.

– Vamos esperar o exame. Estou com muita dor, mas creio que vou jogar e quero jogar. É um jogo importante para nós, não quis arriscar mais porque estava doendo e podia prejudicar o trabalho. Anderson entrou e foi bem. Pude ajudar a equipe quando fui exigido – disse Ricardo, em entrevista à Rádio Jornal, logo depois do jogo.

Ricardo foi substituído pelo reserva imediato, Anderson, titular na vitória por 2 a 1, sobre o Petrolina, pelo Campeonato Pernambucano. Na oportunidade, o Tricolor lançou um time reserva. Leston falou sobre a dúvida que cerca Ricardo, mas elogiou o reserva imediato.

– Contra o Sinop era um jogo de 90 minutos, um tiro só. E ficar com um jogador que estava com limitação é um risco grande. Não dava para voltar com Ricardo porque o jogo valia demais. E vamos avaliar, ver com calma o que vai ser melhor. Se não tiver condições, a gente confia muito em Anderson – disse o treinador.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Ingressos para clássico entre Santa Cruz e Sport começam a ser vendidos

Por GloboEsporte.com — Recife

O ingressos para o Clássico das Multidões do próximo domingo, entre Sport e Santa Cruz, começam a ser vendidos nesta sexta-feira. O duelo será às 17h (do Recife) no estádio do Arruda, que foi liberado após uma vistoria da CBF nesta quinta. A partida é válida pela sexta rodada do Campeonato Pernambucano.

Confira os preços abaixo:

ARQUIBANCADA SUPERIOR

  • Público geral – R$ 15 (até dia 15) e R$ 20 (dia do jogo)

ARQUIBANCADA INFERIOR (atrás da barra)

  • Público geral – R$ 40 (inteira até o dia 16) e R$ 20 (meia até o dia 16). R$ 50 (inteira no dia do jogo) e R$ 25 (meia no dia do jogo)
  • Sócio Patrimonial, Ouro, Prata e Bronze – Grátis
  • Dependentes – R$ 20

ARQUIBANCADA INFERIOR (escudo)

  • Público geral – R$ 50 (inteira até o dia 16) e R$ 25 (meia até o dia 16). R$ 60 (inteira no dia do jogo) e R$ 30 (meia no dia do jogo)
  • Sócio Patrimonial, Ouro, Prata – Grátis
  • Sócio Bronze – R$ 20
  • Dependentes – R$ 20

SOCIAIS

  • Sócio Patrimonial – R$ 20
  • Sócio Diamante e Ouro – Grátis
  • Sócio Prata e Prata Família – R$ 20
  • Dependentes Prata Família – R$ 20

CADEIRAS

  • Conselho – R$ 40
  • Sócio Diamante – Grátis
  • Proprietário – R$ 40
  • Aluguel – R$ 50
  • Público Geral – R$ 60
  • Dependente Diamante – R$ 25

VISITANTES (Arquibancada Inferior)

  • R$ 40 (inteira até o dia 16) e R$ 20 (meia até o dia 16).
  • R$ 50 (inteira no dia do jogo) e R$ 25 (meia no dia do jogo)

VENDAS NO ARUDA

  • Sexta-feira – 9h às 19h
  • Sábado – 9h às 17h
  • Domingo – 9h às 17h

VENDAS NA ILHA DO RETIRO

  • Sexta-feira – 9h às 17h
  • Sábado – 9h às 15h
  • Domingo – vendas apenas no Arruda

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Krobel frisa confiança com gol, mas se cobra por melhora defensiva no Náutico

Por GloboEsporte.com — Recife

O lateral-direito André Krobel foi o herói da classificação do Náutico à segunda fase da Copa do Brasil. Foi dele o gol que fez o Timbu prosseguir na competição – no empate em 1 a 1, contra o Imperatriz-MA, na última terça-feira. O jogador se mostrou feliz com o feito e está mais confiante, mas enxerga pontos a evoluir, especialmente na parte defensiva. No sábado, o Náutico volta a campo. Enfrenta o Flamengo de Arcoverde, nos Aflitos, pelo Pernambucano.

– Foquei muito mais na minha marcação durante a semana. Foi muito difícil para mim, pelo que eu tinha feito no jogo passado (contra o Santa Cruz). Avaliei muito minha marcação e vinha treinando também a cobrança de falta durante a semana. Graças a Deus consegui sair com o gol (veja no vídeo) e com o empate.

O jogador acredita que o gol traz benefícios individuais e coletivos – especialmente na confiança e no dinheiro que representa a classificação (R$ 625 mil).

– Para mim foi muito importante poder marcar esse gol. Para eu ganhar um pouquinho mais de confiança. Esse gol valeu muito pra mim. A classificação representou muito. Condição financeira para gente vai ajudar muito. Acho que esse gol representou, não só pra mim, como para todos, os atletas que estão ali, no dia a dia, treinando firme e forte.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

No Santa Cruz, Leston Júnior indica repetição de time e avalia Sinop-MT

Por GloboEsporte.com — Recife

O Santa Cruz está na cidade de Sinop, no norte do Mato Grosso. E, nesta quarta-feira, fez o último treinamento antes do jogo que acontece nesta quinta-feira, às 22h30 (de Brasília), duelo que será transmitido pelo GloboEsporte.com. O técnico Leston Júnior fechou o treinamento e não foram permitidas imagens da movimentação. Tudo é mantido em segredo, mas a tendência é que o Tricolor repita a equipe que empatou em 2 a 2 contra o Náutico, no último sábado, pela Copa do Nordeste.

– A manutenção dá oportunidade de testar novas situações. Por mais que a gente tenha repetido uma base, contra o Náutico foi a primeira vez quarteto ofensivo (Allan Dias, Jô, Elias e Pipico). E os quatro podem fazer uma partida melhor agora, porque já jogaram juntos. E quando você começa a repetir, é bom porque ganhamos um padrão. Os jogadores se conhecem cada vez mais até em uma leitura de jogada, por exemplo – disse o técnico Leston Júnior.

Provável Santa Cruz contra o Sinop-MT — Foto: GloboEsporte.com

Provável Santa Cruz contra o Sinop-MT — Foto: GloboEsporte.com

O jogo contra o Sinop-MT é tido como prioridade para o Santa Cruz. Isto porque a quantia recebida pela classificação à segunda fase pode garantir – já com os descontos – o pagamento de duas folhas salariais do elenco profissional (sem os descontos, três). No ano passado, os corais caíram justamente na primeira fase diante do Fluminense de Feira-BA.

– O jogo representa o equilíbrio financeiro maior. Vamos trabalhando em cima de um orçamento que tem permitido, até então, o clube cumpra com suas obrigações. Passar de fase aumenta a possibilidade disso continuar acontecendo até o final da temporada. Se a gente avançar uma ou duas fases, nos dá um upgrade financeiro para o clube buscar investimento, investir também no elenco. Queremos ter tranquilidade no dia a dia e a gente sabe que o jogo tem importância nesse sentido.

Só por participação, o Santa Cruz garante R$ 525 mil reais. E se bater o Sinop-MT, recebe mais R$ 625 mil, o que dá um total maior que R$ 1,1 milhão.

– A gente tem de encarar o jogo com o tamanho que ele tem, de uma competição de um jogo só. Não existe o amanhã em um jogo como esse. Não dá para recuperar depois. Temos de fazer um jogo concentrado, organizado e atento aos pequenos detalhes. Estamos vendo como os resultados são equilibrado na Copa do Brasil. Eles (Sinop-MT) vão fazer o jogo do ano e para nós também (vai ser), porque financeiramente é importante para o atual panorama até do futebol brasileiro.

O local do treinamento do Santa Cruz em Sinop foi justamente no estádio Gigante do Norte, palco da partida desta quinta-feira. Apesar de ter uma capacidade para receber até 13 mil pessoas, apenas 1.500 ingressos foram colocados à venda. Ou seja, o público deve ser pequeno. O gramado do local não está em condições ruins, mas não é o que o Santa está acostumado a jogar segundo o técnico Leston Júnior.

– A grama é diferente da que estamos acostumados. Essa é mais grossa. Muda a característica, a bola prende um pouco mais. Mas temos de enxergar como um situação peculiar da Copa do Brasil. Por isso que ela é apaixonante e democrática, contempla todas as regiões, todos os clubes e vamos nos adaptar. Mas o nosso maior adversário é o Sinop-MT, que demonstra ser uma equipe competitiva.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Milton Cruz vê erros de finalização como determinantes para derrota do Sport

Por GloboEsporte.com — Recife

Erros de finalização, ansiedade e falta de entrosamento. Foram esses os fatores que fizeram o Sport perder por 3 a 0 para o Tombense, na noite desta quarta-feira. Pelo menos, essa é a avaliação do técnico rubro-negro, Milton Cruz, após a eliminação do clube da Copa do Brasil. Chateado, o treinador disse que o elenco se entregou em campo, mas não conseguiu render o esperado.

– Pecamos nas finalizações. Tivemos várias chances, mas não transformamos em gols. Acho que o time correu, lutou e se entregou até o fim. Claro que a derrota é doída, todos os jogadores estão chateados. A gente não pode perder gols como a gente perdeu. Acho que o time está sendo montado, essas coisas são normais e temos que levantar a cabeça.

Sobre o fato de os jogadores do Sport terem ficado 14 vezes impedidos, Milton Cruz acredita que a ansiedade aliada à juventude do grupo foi determinante.

– Acho que a ansiedade de empatar o jogo atrapalhou. Às vezes, a vontade de buscar o empate gera essa ansiedade. Isso é normal, pois o pessoal lá da frente é novo. Agora é levantar a cabeça e buscar a reação o mais rápido possível.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Sport lança portal da transparência e detalha primeiras negociações

Por Camila Alves — Recife

Portal da Transparência está disponível no site oficial do Sport — Foto: Site Oficial do Sport

Portal da Transparência está disponível no site oficial do Sport — Foto: Site Oficial do Sport

Promessa de campanha do presidente Milton Bivar, o Portal da Transparência no site oficial do Sport saiu do papel, nesta quarta-feira – pouco mais de um mês após o início da gestão. Nele, o torcedor terá acesso aos relatórios de negociação dos atletas do clube, podendo acompanhar as movimentações financeiras referentes ao futebol. Vale ressaltar, só após a assinatura final dos contratos. Os atacantes Rogério e Reinaldo Lenis – no Bahia e Atlético Banfield (da Argentina), sob perdão dos atrasados e sem o pagamento da rescisão contratual – abrem as portas da iniciativa.

Nas informações disponibilizadas em cada comunicado, o clube informa – nos dois casos – o valor quitado na negociação (já que ambos saíram sob perdão de dívidas), os valores a vencer até o encerramento do contrato e a economia para os cofres do clube.

Após pouco tempo no ar, o comunicado referente à negociação de Lenis foi retirado do site. De acordo com o vice-presidente Carlos Frederico, porém, apenas por um erro de soma. E que, rapidamente, as informações serão publicadas novamente. Até a publicação desta matéria, ainda não havia sido repostada.

Detalhes sobre a negociação de Rogério pelo Sport — Foto: Site oficial do Sport

Detalhes sobre a negociação de Rogério pelo Sport — Foto: Site oficial do Sport

Desde o início do trabalho da nova diretoria, eleita no fim do ano passado, após a gestão do presidente Arnaldo Barros, outros cinco jogadores tiveram a saída negociada pelo clube. Dois abrindo mão de pagamentos atrasados – caso do volante Deivid (com vínculo até o fim deste ano) e do atacante Mateus Gonçalves (até maio). Outros dois sob a expectativa de render financeiramente ao Rubro-Negro, casos dos volantes Jair (que tinha vínculo com o Sport até dezembro deste ano e deve render cerca de R$ 200 mil pelo acerto com o Atlético-MG) e a joia da base Jadsom (negociado em definitivo com o Cruzeiro, sem maiores detalhes). Além do quarteto, há o lateral-direito Samuel Xavier, que deixou a Ilha pelo Ceará, ainda sem exposição de números ou informações específicas.

Apesar de ser mais um a deixar a Ilha do Retiro, no último mês, o zagueiro Ronaldo Alves não vai aparecer entre os registros. O jogador não foi negociado pelo clube. Ele rescindiu contrato na Justiça do Trabalho, na qual cobra uma dívida de R$ 4 milhões ao Leão, por atrasados.

– Ronaldo Alves nem foi vendido, nem negociado pelo Sport. É um caso que ele preferiu tratar na Justiça, e será tratado na Justiça – explicou o vice-presidente.

Desde o início do planejamento para a temporada 2019, quinze jogadores foram contratados pelo Sport e vão constar entre os registros. Entre eles, ainda, há o zagueiro Durval, que apesar de ser remanescente de 2018, teve seu contrato refeito para este ano.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Federação, Bombeiros e clubes de PE se reúnem para debater alojamentos da base

Por GloboEsporte.com — Recife

A tragédia que tirou a vida de 10 atletas do Flamengo e deixou mais três feridos, após um incêndio no Ninho do Urubu, gerou uma preocupação em relação aos alojamentos dos clubes. Nesta terça-feira, a Federação Pernambucana de Futebol (FPF-PE) convidou clubes e Corpo de Bombeiros para debater soluções e medidas protetivas para serem adotadas ao longo da temporada.

De acordo com o tenente coronel do corpo de bombeiros, Erick Aprígio, a ideia da reunião desta terça-feira é diminuir o intervalo entre as vistorias, que atualmente é de um ano.

“Vamos aumentar a questão da fiscalização. Atualmente, fazemos a cada ano, mas vamos reduzir isso. A ideia é criar um acompanhamento mais abrangente, que tenha metas e orientações, para que possamos evitar qualquer problema”, afirmou o tenente coronel Erick Aprígio.

A ideia do encontro, segundo o presidente da FPF-PE, Evandro Carvalho, é fazer com que os clubes criem um ambiente propício para o desenvolvimento da base.

– Temos alguns CTs que são referências, como os do Porto-PE, Sport e Náutico e precisamos debater e auxiliar os clubes para que possamos criar estruturas e nossa base possa ser bem trabalhada. Essa reunião abre essa possibilidade para que possamos trabalhar juntos.

Tentando adequar as instalações ao que é pedido pelos bombeiros, o presidente do Santa Cruz, Constantino Júnior, informou que o clube não usará mais os alojamentos que atualmente recebem os atletas da base, no Arruda.

– Vamos reformular as instalações da base. Os atletas do Sub-20 vão para o profissional, que estão com todas as instalações adequadas. Então, não tem problema. Os atletas do Sub-15 e Sub-17, que são poucos jogadores, vão ficar em casas de parentes ou buscaremos outra solução. Até reformarmos as instalações, eles não vão ficar no alojamento da base.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Com valor menor, São Paulo sinaliza pagamento por Everton Felipe ao Sport

Por Lucas Liausu — Recife

Globo Esporte

O Sport está perto de receber do São Paulo a última parcela da compra do meia Everton Felipe. A informação foi dada pelo Uol e confirmada pelo GloboEsporte.com. Pelo contrato, o clube paulista deve pagar R$ 3 milhões, nesta temporada, para ficar com o pernambucano em definitivo – e as conversas se encaminham para isso. O Leão, no entanto, não vai ficar com o valor total. O Sport tem um passivo com o Tricolor referente à compra do atacante Rogério, além de dever ao próprio Everton Felipe.

– Ainda não foi feito o pagamento, mas estamos conversando. O presidente Milton Bivar foi lá (no São Paulo) duas vezes e estamos acertando essa situação – revelou Nelo Campos, diretor de futebol do Sport.

Dos R$ 3 mi que o Sport tem direito, R$ 800 mil serão usados para quitar a dívida com o clube paulista, referente à compra do atacante Rogério, em 2017. Por isso, só vai receber o repasse de R$ 2,2 milhões.

E a quantia deve diminuir mais. Em paralelo, o Sport conversa com Everton Felipe para negociar uma dívida de 2017. O Leão deve ao jogador o 13º salário, além de não ter recolhido o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) durante alguns meses dessa temporada. Some-se aí a premiação pelo título Pernambucano, no mesmo ano. O pagamento deve ser feito com parte do dinheiro a ser enviado pelo São Paulo.

Na negociação, o Sport mantém 5% dos direitos econômicos de Everton Felipe. Além disso, tem 2,75% no mecanismo de solidariedade da Fifa por ter participado da formação do atleta. Esse percentual é para transferências internacionais. O São Paulo ficou com 40% do jogador, que detém outros 30% ao lado dos empresários. A última parcela, de 25%, pertence ao Banco BMG, parceiro do Sport na construção do centro de treinamento do clube.

Everton Felipe foi contratado pelo São Paulo em agosto do ano passado, mas não engrenou. Ele é relacionado com frequência, mas só atuou em oito partidas – seis em 2018 e duas nesta temporada.

No Sport, Everton surgiu aos 16 anos, em 2014, e fez as primeiras apresentações como profissional. Logo depois, foi negociado para integrar a base do Internacional, por empréstimo, e voltou em 2016 em definitivo. Em seguida, tornou-se um dos principais jogadores do time no Brasileirão daquele ano. Em 2017, jogava com frequência até ter uma lesão de ligamento, em setembro. Ao voltar, em 2018, não teve a mesma sequência até ser negociado com o São Paulo.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Milton Cruz estuda dupla ideal para Adryelson no Sport; Rafael Thyere e Cleberson na disputa

Por Lucas Liausu — Recife

Globo Esporte

Noventa minutos para cada e uma dúvida na cabeça do técnico Milton Cruz. Cleberson e Rafael Thyere disputam para ver quem será o parceiro de Adryelson no considerado time ideal do Leão no Campeonato Pernambucano e na Copa do Brasil. Já vai dar pra saber a preferência do treinador a partir de quarta-feira, quando o Sport enfrenta o Tombense-MG, pela competição nacional.

Cleberson jogou contra o América-PE, na semana passada. Na ocasião, foi elogiado por Milton Cruz junto com outros estreantes.

Thyere foi titular diante do Petrolina no último domingo. E também agradou.

– Queria testar essa zaga (Adryelson e Rafael Thyere, contra o Petrolina) para ver se é o que eu vou colocar no jogo contra o Tombense. Queria ver os dois juntos. Thyere eu joguei várias vezes contra lá em Santa Catarina e conhecia bem. Ele se posicionou bem, sabe jogar e não é um zagueiro de dar chutão – disse Milton Cruz.

O jogo será realizado em Tombos, no interior de Minas Gerais, e de acordo com o regulamento da competição, o Leão joga pelo empate. A classificação é disputada em partida única.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com