Helicóptero cai na Anhanguera, bate em caminhão e ao menos duas pessoas morrem

Por G1 SP

Um helicóptero caiu na Rodovia Anhanguera, em São Paulo, nesta segunda-feira (11) e bateu na parte dianteira de um caminhão que transitava pela via. De acordo com o Corpo de Bombeiros, duas pessoas que estavam na aeronave morreram carbonizadas.

(ATUALIZAÇÃO: as vítimas do acidente são o jornalista Ricardo Boechat, da Band, e o piloto Ronaldo Quattrucci. Leia reportagem completa: “Ricardo Boechat, jornalista, morre aos 66 anos em queda de helicóptero em SP“.)

Segundo o capitão Paiva, da Polícia Militar, a aeronave tentou pousar no acesso do Rodoanel com a Rodovia Anhanguera quando “um caminhão que havia acabado de passar pela praça de pedágio na faixa do sem parar não teve tempo hábil de frear e colidiu com a aeronave ainda pousando”.

“Preliminarmente entende-se que ele [caminhão] estava numa velocidade razoável para baixa porque havia acabado de passar pela praça de pedágio. Era uma faixa do sem parar, mas tinha seu limite de velocidade”, disse o capitão. A perícia do acidente é feito pela Polícia Técnica Científica e do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa).

Bombeiros recolhem peças do helicóptero que caiu na Anhanguera — Foto: TV Globo/Reprodução

Bombeiros recolhem peças do helicóptero que caiu na Anhanguera — Foto: TV Globo/Reprodução

O chamado de socorro foi feito às 12h14. A queda ocorreu perto do quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco. De acordo com a CCR Rodoanel Oeste, que administra o Rodoanel, houve uma terceira vítima com ferimentos, o motorista do caminhão.

Caminhão atingido por helicóptero que caiu — Foto: Reprodução/TV Globo

Caminhão atingido por helicóptero que caiu — Foto: Reprodução/TV Globo

Foram enviadas ao menos 11 viaturas para o local.

A aeronave era um Bell Helicopter, prefixo PT-HPG, fabricada em 1975. Estava regular, segundo a Aeronáutica. Com capacidade para cinco pessoas, sendo um piloto e quatro passageiros, esse modelo de helicóptero é considerado seguro.

A Polícia Rodoviária Estadual informou que a alça de acesso do Rodoanel à Rodovia Anhanguera precisou ser interditada. Já a rodovia não teve bloqueio.

Bombeiros observam o que sobrou do helicóptero — Foto: TV Globo/Reprodução

Bombeiros observam o que sobrou do helicóptero — Foto: TV Globo/Reprodução

Helicóptero prefixo PT-HPG que se acidentou na Anhanguera — Foto: Matheus Herrera/Arquivo pessoal

Helicóptero prefixo PT-HPG que se acidentou na Anhanguera — Foto: Matheus Herrera/Arquivo pessoal

Mapa mostra local onde helicóptero caiu na Rodovia Anhanguera — Foto: Wagner Magalhães/G1

Mapa mostra local onde helicóptero caiu na Rodovia Anhanguera — Foto: Wagner Magalhães/G1

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Criminosos explodem três bancos e atacam base da PM em São Bento do Sapucaí, SP

Por G1 Vale do Paraíba e Região

Criminosos explodiram três agências bancárias e atacaram a base da Polícia Militar na madrugada desta segunda-feira (11) em São Bento do Sapucaí (SP). Segundo a Polícia Civil, uma das agências ficou completamente destruída na ação e a base da PM foi atingida com vários disparos durante o crime.

A ação começou por volta das 3h30 quando os policiais ouviram os primeiros disparos. Em seguida, foram surpreendidos com uma série de explosões.

A polícia não soube informar o número de criminosos envolvidos, mas um dos grupos ficou próximo à base da PM, para intimidar os policiais enquanto outro explodia as agências. Foram vários disparos contra a base da polícia. Nenhum policial ficou ferido.

Criminosos explodem três bancos e atacam base da PM em São Bento do Sapucaí, SP — Foto: Infográfico: Karina Almeida

Criminosos explodem três bancos e atacam base da PM em São Bento do Sapucaí, SP — Foto: Infográfico: Karina Almeida

As três agências bancárias atacadas são as únicas da cidade e ficam na região central. Os criminosos usaram explosivos para acessar os caixas. Em uma delas, a explosão deixou a fachada da agência completamente destruída.

Durante o crime, o grupo ainda fez vários disparos. A ação assustou moradores na madrugada.

O caso está sendo registrado pela Polícia Civil e os valores levados pelos criminosos ainda é apurado. Ninguém foi preso.

Por nota, O Santander informou que colabora com as investigações policiais. Já o Bradesco informou que o atendimento está suspendo na unidade e que avalia os danos para reposição o mais breve possível. O Banco do Brasil ainda não se manifestou sobre o crime.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Mercado baixa estimativa de inflação de 2019 para 3,87%

Por Alexandro Martello, G1 — Brasília

Os economistas do mercado financeiro baixaram, pela quarta semana seguida, a previsão para o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 2019. A estimativa passou de 3,94% para 3,87%.

Os dados fazem parte do boletim de mercado conhecido como relatório “Focus”, divulgado nesta segunda-feira (11). O boletim é resultado de levantamento feito na última semana com mais de 100 instituições financeiras.

Na semana anterior, a previsão para a inflação havia recuado, pela primeira vez, para um patamar abaixo de 4%.

Com isso, a expectativa do mercado segue abaixo da meta de inflação fixada para este ano, de 4,25%. A meta tem um intervalo de tolerância que vai de 2,75% a 5,75%.

Estimativas do mercado para a economia
Taxas esperadas de 2019 a 2022
Inflação (em %)PIB (em %)Selic (em %)Câmbio (R$ por dólar)201920202021202223456789
Fonte: Banco Central

A meta de inflação é fixada pelo Conselho Monetário Nacional (CMN). Para alcançá-la, o Banco Central eleva ou reduz a taxa básica de juros da economia (Selic).

Para 2020, o mercado financeiro manteve em 4% sua estimativa de inflação – em linha com a meta central, que também é de 4% para o próximo ano. No ano que vem, a meta terá sido oficialmente cumprida se a inflação oscilar entre 2,5% e 5,5%.

Produto Interno Bruto

Para o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) deste ano, a previsão do mercado financeiro permaneceu inalterada em 2,50% na semana passada.

O PIB é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país e serve para medir a evolução da economia.

Para o ano que vem, a expectativa do mercado financeiro para expansão da economia continuou também em 2,50%.

Os economistas dos bancos não alteraram a previsão de expansão da economia para 2021 e para 2022 – que seguiu em 2,50% para os dois anos.

Outras estimativas

  • Taxa de juros – O mercado manteve em 6,5% ao ano a previsão para a taxa de juros, a Selic, no fim de 2019. Atualmente, o juro básico da economia está neste patamar, que também é a mínima histórica. Com isso, o mercado segue prevendo juros estáveis neste ano. Para o fim de 2020, a previsão continuou em 8% ao ano. Deste modo, os analistas continuam prevendo alta dos juros no ano que vem.
  • Dólar – A projeção do mercado financeiro para a taxa de câmbio no fim de 2019 permaneceu estável em R$ 3,70 por dólar. Para o fechamento de 2020, ficou inalterada em R$ 3,75 por dólar.
  • Balança comercial – Para o saldo da balança comercial (resultado do total de exportações menos as importações), a projeção em 2019 continuou US$ 51 bilhões de resultado positivo. Para o ano que vem, a estimativa dos especialistas do mercado para o superávit subiu de US$ 46,75 bilhões para US$ 48 bilhões.
  • Investimento estrangeiro – A previsão do relatório para a entrada de investimentos estrangeiros diretos no Brasil, em 2019, subiu de US$ 79,5 bilhões para US$ 80 bilhões. Para 2020, a estimativa dos analistas avançou de US$ 80 bilhões para US$ 82,44 bilhões.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Cinco mortos em incêndio no CT do Flamengo serão sepultados nesta segunda-feira

Por G1 Rio

Samuel Thomas foi uma das vítimas do incêndio no CT do Flamengo — Foto: Reprodução

Samuel Thomas foi uma das vítimas do incêndio no CT do Flamengo — Foto: Reprodução

Serão sepultados nesta segunda-feira (11) os corpos dos últimos 5 mortos do incêndio que atingiu o Centro de Treinamento do Flamengo na última sexta-feira (8). Samuel Thomas de Souza Rosa, de 15 anos, vai ser enterrado durante a tarde no Cemitério de Vila Rosali, em São João de Meriti, na Baixada Fluminense.

Os corpos dele e de Jorge Eduardo Pereira dos Santos foram os últimos a serem identificados e liberados pelo Instituto Médico Legal. Neste domingo (10), 5 atletas foram enterrados sob forte comoção.

Veja onde os garotos serão sepultados hoje:

  • Jorge Eduardo Santos será levado para Além Paraíba, na Zona da Mata de MG;
  • Athila Souza Paixão será enterrado em Lagarto, em Sergipe;
  • No interior de São Paulo serão sepultados Rykelmo de Souza Vianaem Limeira, e Gedson dos Santosem Itararé.
Quem são os 10 garotos mortos no incêndio do CT do Flamengo — Foto: Roberta Jaworski/Arte G1

Quem são os 10 garotos mortos no incêndio do CT do Flamengo — Foto: Roberta Jaworski/Arte G1

Reunião entre autoridades

Ainda nesta segunda-feira, será realizada uma reunião na sede do do Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro (MPRJ) para buscar soluções imediatas relativas às famílias das vítimas e a regularização das instalações do clube.

Participarão da reunião integrantes do MPRJ, da Defensoria Publica, da Secretaria de Polícia Civil, do Corpo de Bombeiros, da Defesa Civil e da Prefeitura do Rio. A diretoria do Clube de Regatas do Flamengo também foi convidada e confirmou presença.

Os 10 jogadores mortos são Christian Esmério, 15 anos; Arthur Vinícius de Barros Silva Freitas, 14 anos; Pablo Henrique da Silva Matos, 14 anos; Bernardo Pisetta, 15 anos; Vitor Isaias, 15 anos; Samuel Thomas Rosa, 15 anos; Athila Paixão, 14 anos; Jorge Eduardo, 15 anos; Gedson Santos, 14 anos; e Rykelmo Viana, 16 anos.

Entre os feridos estão Cauan Emanuel, de 14 anos, Francisco Dyogo, de 15 anos, e Jhonata Ventura da Cruz, que está internado em estado grave.

O incêndio ocorreu no fim da madrugada de sexta-feira (8), em uma parte do Ninho do Urubu que servia de alojamento para as categorias de base do Flamengo. No momento do acidente, 26 pessoas estavam no alojamento: 10 jogadores morreram, três ficaram feridos e outras 13 pessoas conseguiram se salvar sem ferimentos.

Sobreviventes

O Fantástico entrevistou Cauan Emanuel, de 14 anos, um dos três sobreviventes do incêndio no Ninho do Urubu que tiveram que ser hospitalizados. Ele contou qual foi sua reação ao saber que o alojamento pegava fogo.

“Eu estava dormindo aí escutei um barulho, mas eu deixei passar… eu pensava que eram os meninos brincando ou alguma coisa”, contou.

“O Johnatan [Ventura] e o [Francisco] Dyogo estavam desesperados, aí tentaram sair pela porta principal, só que já estava com cheiro de fumaça, estava quente. Na hora em que eles abriram a porta eu senti o calor na minha cara e aí eu acordei. Aí perguntei ao Diogo e ao Francisco o que estava acontecendo. Aí ele: mano, a gente vai morrer. O ar condicionado está pegando fogo. Se pegar no gás vai explodir”; lembrou.

Cauan contou que pediu calma aos amigos e começou a quebrar a janela. Um monitor ajudou e os três conseguiram sair do quarto, mesmo feridos. Outros dois atletas não acordaram e acabaram morrendo. “Acho que eles já estavam desmaiados com tanta fumaça”, diz Cauan, acrescentando que ainda tentou chamar um dos companheiros, Áthila, mas ele não acordou, assim como Vitor Isaías.

Cauan teve alta da CTI e foi transferido para um quarto do Hospital Vitória neste domingo. O goleiro Francisco Dyogo, que está na mesma unidade, se recupera de maneira mais devagar e segue um tratamento de fisioterapia respiratória no CTI.

‘Gambiarras’

Os repórteres Sônia Bridi e Paulo Zero, do Fantástico, tiveram acesso aos 13 depoimentos prestados pelos sobreviventes e refizeram a trilha de decisões equivocadas que partiram ao meio famílias e projetos de vida. Um dos sobreviventes relata ‘gambiarra’ em aparelho de ar-condicionado. O monitor que cuidava dos meninos diz que ouviu explosão e que já encontrou contêiner em chamas.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

170 concursos inscrevem para 16,1 mil vagas no país; veja LISTA

Por G1

Pelo menos 170 concursos públicos no país estão com inscrições abertas nesta segunda-feira (11) e reúnem 16,1 mil vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 30.404,41 no Tribunal de Justiça do Acre.

Além das vagas abertas, há concursos para formação de cadastro de reserva – ou seja, os candidatos aprovados são chamados conforme a abertura de vagas durante a validade do concurso.

Entre os principais concursos federais com inscrições abertas estão:

  • Aeronáutica, que inscreve para 238 vagas – um edital para 183 vagas e outro para 55 vagas;
  • Marinha, que reúne 1.000 vagas

Nesta segunda-feira, pelo menos 16 órgãos abrem o prazo de inscrições para 1,5 mil vagas em cargos de todos os níveis de escolaridade. Os salários chegam a R$ 9.741,60 na Prefeitura de Brejo Santo (CE). Veja abaixo as informações de cada concurso:

Companhia de Desenvolvimento de Passo Fundo (RS)

  • Inscrições: até 08/03/2019
  • 18 vagas
  • Salário: até R$ 2.741,64
  • Cargos de nível fundamental e médio
  • Veja o edital

Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do Rio Grande do Norte (Funcern)

  • Inscrições: até 15/02/2019
  • 200 vagas para alfabetizador e técnico de ciências agrárias
  • Salário: R$ 676
  • Cargos de nível médio e superior
  • Veja o edital

Fundação Wall Ferraz (Teresina – Piauí)

  • Inscrições: até 15/02/2019
  • cadastro para atuar em cursos de capacitação
  • Salário: até R$ 48 hora/aula
  • Cargo de instrutor com nível fundamental ou médio
  • Veja o edital

Prefeitura de Alto Taquari (MT)

  • Inscrições: até 25/02/2019
  • 6 vagaspara agente comunitário de saúde e agente de combate a endemias
  • Salário: R$ 1.385,87
  • Cargos de nível médio
  • Veja o edital

Prefeitura de Bento Gonçalves (RS)

  • Inscrições: até 15/02/2019
  • 30 vagas de monitor
  • Salário: R$ 1.046,50
  • Cargo de nível médio
  • Veja o edital

Prefeitura de Brejo Santo (CE)

  • Inscrições: até 15/02/2019
  • 31 vagas para agente de combate a endemias e médico ESF
  • Salário: até R$ 9.741,60
  • Cargos de nível médio e superior
  • Veja o edital

Prefeitura e Câmara de Curral Velho (PB)

  • Inscrições: até 10/03/2019
  • 37 vagas
  • Salário: até R$ 2.000
  • Cargos de nível fundamental, médio e superior
  • Veja o edital

Prefeitura de Itapaci (GO)

  • Inscrições: até 06/03/2019
  • 21 vagas
  • Salário: até R$ 2.000,00
  • Cargos de nível fundamental, médio e superior
  • Veja o edital

Prefeitura de Macaparana (PE)

  • Inscrições: até 13/03/2019
  • 248 vagas
  • Salário: até R$ 7.213,00
  • Cargos de nível fundamental, médio e superior
  • Veja o edital

Prefeitura de Piquet Carneiro (CE)

  • Inscrições: até 13/02/2019
  • 6 vagas de visitador social
  • Salário: R$ 850,00
  • Cargo de nível médio
  • Veja o edital

Prefeitura de Protásio Alves (RS)

  • Inscrições: até 25/02/2019
  • Cadastro de reserva
  • Salário: até R$ 2.530,77
  • Cargos de nível fundamental, médio e superior
  • Veja o edital

Prefeitura de Santa Bárbara do Pará (PA)

  • Inscrições: até 17/03/2019
  • 798 vagas
  • Salário: até R$ 3.600,00
  • Cargos de nível fundamental, médio e superior
  • Veja o edital

Prefeitura de Terra Nova do Norte (MT)

  • Inscrições: até 26/02/2019
  • 36 vagas
  • Salário: até R$ 2.532,00
  • Cargos de nível fundamental, médio e superior
  • Veja o edital

Prefeitura de Tiradentes (MG)

  • Inscrições: até 12/03/2019
  • 4 vagasde auxiliar administrativo, assistente social e psicólogo
  • Salário: até R$ 1.621,30
  • Cargos de nível médio e superior
  • Veja o edital

Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul

  • Inscrições: até 15/02/2019
  • 17 vagas para conciliador cível e juiz leigo
  • Salário não informado
  • Cargos de nível superior
  • Veja o edital

Universidade Federal Rural de Pernambuco

  • Inscrições: até 11/03/2019
  • 21 vagas para professores
  • Salário: até R$ 9.600,92
  • Cargos de nível superior
  • Veja o edital

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Cerca de 70 funcionários de hospital de BH contraem sarna, diz Secretaria de Saúde

Por G1 Minas — Belo Horizonte

Hospital do Barreiro, em Belo Horizonte — Foto: Reprodução/TV Globo

Hospital do Barreiro, em Belo Horizonte — Foto: Reprodução/TV Globo

Cerca de 70 funcionários do Hospital Metropolitano Doutor Célio de Castro, conhecido como Hospital do Barreiro, em Belo Horizonte, contraíram sarna depois de um paciente dar entrada na unidade com a doença. A informação foi divulgada pela Secretaria Municipal de Saúde nesta quinta-feira (7).

Segundo a administração municipal, não houve transmissão entre pessoas internadas no local.

Por meio de nota, a secretaria disse que o hospital tomou medidas como limpeza da unidade, fornecimento de uniforme privativo para todos os funcionários que têm contato com pacientes, esvaziamento e limpeza de todos os armários onde ficam roupas de cama e toalhas e troca diária desse material.

A secretaria disse ainda que o hospital contratou um médico dermatologista para acompanhar pessoas com problemas de pele. Funcionários que tiveram contato com o paciente e não apresentaram sintomas da doença também são acompanhados.

“É importante informar que a doença é de fácil transmissão e ocorre em ambientes com aglomeração de pessoas como escolas, hospitais, instituições de longa permanência”, afirmou a secretaria em nota.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Ponte desmorona na BR-364, abre buraco de 9 metros e deixa estados isolados por terra

Por Jonatas Boni, G1 Ariquemes e Vale do Jamari

Uma ponte desmoronou, na noite de quarta-feira (6), e deixou o tráfego de veículos interrompido na BR-364 em Caucalândia (RO), entre as cidades de Ariquemes (RO) e Jaru (RO), no Vale do Jamari. Conforme informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o desmoronamento ocorreu por causa da chuva na região. Um buraco de 9 metros se abriu na rodovia, que segue fechada há quase 20 horas.

Com o desmoronamento, motoristas que saem do Acre ou Amazonas nesta quinta-feira (7), por exemplo, não conseguem mais chegar ao Mato Grosso por terra, pois a BR-364 é a única rodovia que interliga estes estados. Já quem sai do Mato Grosso também não consegue ir ao Acre ou Amazonas.

A ponte que desmoronou fica sobre o Córrego Andirá, no Km 464. Um buraco de 9 metros se formou na rodovia e isso impossibilitou a passagem de veículos pelo local. Pedestres também não podem passar por questão de segurança.

Ponte desmorona na BR-364 em Rondônia — Foto: Arte/G1

Ponte desmorona na BR-364 em Rondônia — Foto: Arte/G1

Por volta de 23h30 da noite de quarta-feira, a PRF divulgou uma nota informando que pediu para as empresas de ônibus suspenderem as viagens de ônibus, pois ainda não há rotas alternativas para atravessar este trecho da BR-364.

Congestionamento é registrado na BR-364 após queda de ponte — Foto: DNIT/Divulgação

Congestionamento é registrado na BR-364 após queda de ponte — Foto: DNIT/Divulgação

Nenhuma pessoa passava pela ponte no momento da queda da cabeceira total da ponte, o que não deixou feridos.

Em nota, a PRF ainda informou que o Exército e o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) estão discutindo sobre qual será a melhor solução para fazer o reparo na pista.

A BR-364 é a principal rodovia do estado, responsável por interligar Rondônia ao Mato Grosso, por exemplo. O Ministério de Infraestrutura já foi informado sobre a interdição da rodovia e está acompanhando o caso.

Buraco formado na ponte após desmoronamento — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Buraco formado na ponte após desmoronamento — Foto: Rede Amazônica/Reprodução

Rotas analisadas

Nesta quinta-feira, a PRF analisou várias possibilidades de rotas alternativas, mas ainda não conseguiu um trajeto seguro para o motorista.

Reparos

Na tarde desta quinta-feira, o Dnit começou a fazer um reparo na ponte usando pedras, porém não há previsão se a rodovia será liberada hoje. Congestionamento de várias carretas ocorre nos lados da ponte, tanto sentido Jaru quanto Ariquemes.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Suspeitos de tráfico são presos dentro de caixa d’água em morro de Vitória

Por G1 ES

Três suspeitos de tráfico de drogas foram flagrados pela Polícia Militar escondidos dentro de uma caixa d’água, durante uma operação no Morro da Capixaba, em Vitória, nesta quarta-feira (6). Eles estão estão presos no Centro de Triagem de Viana.

Suspeitos estavam dentro da caixa d'água, no Morro da Capixaba — Foto: Divulgação/Polícia Militar-ES

Suspeitos estavam dentro da caixa d’água, no Morro da Capixaba — Foto: Divulgação/Polícia Militar-ES

Segundo a polícia, conforme a operação foi avançando pelo bairro, os três tentaram fugir e acabaram se escondendo dentro da caixa d’água, mas logo foram descobertos.

Os detidos foram Marcelo Gomes, de 18 anos, que já tem passagem por roubo; Gleydson dos Santos Silva de 21 anos; e Roney Ferreira, também de 21 anos.

Durante a operação, foram apreendidos buchas de maconha, pedras de crack, pinos de cocaína. Foram encontrados também dinheiro, uma pistola com numeração raspada, munição e rádios comunicadores.

Os três foram presos em flagrante e levados para a Delegacia Regional de Vitória para prestarem depoimento. Nesta quinta-feira (7), a Justiça converteu a prisão deles em preventiva e eles ficarão no Centro de Triagem de Viana.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Velejadores brasileiros que estavam presos em Cabo Verde são soltos e vão responder em liberdade

Por G1 BA

Os velejadores brasileiros que tinham sido presos em Cabo Verde, na África, suspeitos de transportarem uma tonelada de cocaína em barco foram soltos na tarde da quinta-feira (7). Daniel Guerra, Rodrigo Dantas e Daniel Dantas vão responder pelo processo em liberdade. Ainda não há data para o novo julgamento.

Eles estavam presos após condenação por tráfico internacional de drogas. Os brasileiros foram detidos em 2017 e condenados a 10 anos de prisão em março de 2018. Daniel Guerra, Rodrigo Dantas e Daniel Dantas ficaram presos durante 18 meses e alegam inocência. Uma investigação feita pela Polícia Federal brasileira também aponta a inocência dos velejadores.

A Justiça de Cabo Verde determinou anulação do julgamento dos velejadores brasileiros presos em dezembro do ano passado, mas a sentença só foi anulada em janeiro deste ano. A defesa dos velejadores não informou se eles vão poder voltar ao Brasil, para responder ao processo.

A PF chegou a emitir uma nota de repúdio contra o Ministério Público da Comarca de São Vicente, em Cabo Verde, após um representante do órgão afirmar nos autos de uma ação penal que o inquérito da PF seria uma “manobra” para inocentar os velejadores.

De acordo com a defesa dos brasileiros, na segunda-feira (4), eles receberam um documento que informava que o processo tinha caído da segunda para a primeira Instância, sendo recebido pelo juiz Antero Tavares, o mesmo que condenou os três a dez anos de prisão.

Nesta quinta-feira (7), o juiz emitiu uma documentação determinando a soltura do trio, de acordo com o Código de Processo Penal do país, conforme os apontamentos feitos pelos advogados das partes.

Velejadores brasileiros suspeitos de levar 1t de cocaína em barco para Cabo Verde são soltos e vão responder em liberdade — Foto: Alex Coelho

Velejadores brasileiros suspeitos de levar 1t de cocaína em barco para Cabo Verde são soltos e vão responder em liberdade — Foto: Alex Coelho

Caso

Os velejadores brasileiros que estavam com o barco foram acusados de tráfico internacional de drogas pela Justiça de Cabo Verde. Foram condenados os baianos Rodrigo Dantas e Daniel Dantas, além do gaúcho Daniel Guerra e o capitão da embarcação, de naturalidade francesa, Olivier Thomas.

Antes de sair do Brasil em agosto, o veleiro passou por inspeções da Polícia Federal em Salvador e em Natal. O barco foi liberado sem que nenhuma irregularidade fosse encontrada, mas na Ilha de Mindelo, em Cabo Verde, foi mais uma vez inspecionado e a droga encontrada.

Dois ingleses que seriam donos do barco apreendido com velejadores brasileiros em Cabo Verde, na África, foram presos em 2018. Robert James Delbos foi detido em junho, na Espanha, já George Eduard Soul, que é conhecido como George Fox, foi preso em agosto, na Itália.

George Fox foi solto menos de um mês depois de ser detido. Na época, a PF não soube informar qual a alegação utilizada pela Justiça italiana para liberar o homem. O mandado de prisão contra ele, expedido no Brasil, continua válido e a difusão vermelha da Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol) – alerta internacional expedido por autoridades judiciais para fins de extradição de pessoas procuradas pela justiça criminal – continua ativa. Dessa forma, segundo o órgão, ele pode ser preso novamente em outro país.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Brasileiros já pagaram R$ 300 bilhões em impostos este ano

Por G1

Brasileiros já pagaram R$ 300 bilhões em impostos este ano — Foto: Reprodução

Brasileiros já pagaram R$ 300 bilhões em impostos este ano — Foto: Reprodução

Os brasileiros já pagaram R$ 300 bilhões em impostos desde o início de 2019. O valor foi atingido por volta das 8h desta quinta-feira (7), segundo cálculo do Impostômetro, da Associação Comercial de São Paulo (ACSP).

O valor corresponde ao total pago para a União, estados e municípios na forma de impostos, taxas, multas e contribuições. Veja o especial “Quanto pagamos de impostos”.

Este montante foi alcançado três dias mais cedo na comparação com o ano passado, quando a marca de R$ 300 bilhões foi atingida no dia 10 de fevereiro.

Em nota, o presidente a ACSP e das Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), Alencar Burti, afirmou que este resultado é sinal de que a economia “começou um pouco mais aquecida em 2019”.

Segundo Burti, o problema é quando o crescimento da arrecadação vem do aumento de alíquotas ou da criação de novos impostos. A cifra de R$ 300 bilhões, disse ele, reforça que a causa do problema fiscal brasileiro está nos gastos, e não da receita.

Em 2018, o Impostômetro superou a marca de R$ 2,3 trilhões em impostos pagos pelos brasileiros no ano.

O Impostômetro

O impostômetro foi criado em 2005 e busca calcular o valor total de impostos, taxas, contribuições e multas que a população brasileira paga para a União, os estados e os municípios.

O total de impostos pagos pelos brasileiros também pode ser acompanhado pela internet, na página do Impostômetro (www.impostometro.com.br). Na ferramenta, criada em parceria com o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário (IBPT), é possível acompanhar quanto o país, os estados e os municípios estão arrecadando com tributos e também saber o que dá para os governos fazerem com todo o dinheiro arrecadado.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

contato@encartenoticias.com
jencartnoticias@gmail.com