Morre o ator Paulo Silvino, no Rio

Por G1 Rio

Paulo Silvino no Zorra Total, em 2010 (Foto: Blenda Gomes / TV Globo / Arquivo)

Paulo Silvino no Zorra Total, em 2010 (Foto: Blenda Gomes / TV Globo / Arquivo)

Morreu, na manhã desta quinta-feira (17), aos 78 anos, o ator Paulo Silvino. Segundo a Central Globo de Comunicação, o humorista morreu em casa, na Barra da Tijuca, Zona oeste do Rio, no início da manhã. O artista, que lutava contra um câncer, estreou na TV Globo em 1966, apresentando o Canal 0, programa humorístico que satirizava a programação das emissoras de TV.

Silvino cresceu nas coxias do teatro e nos bastidores da rádio. Isso porque seu pai, o comediante Silvério Silvino Neto, conhecido por realizar paródias de figuras públicas no Brasil dos anos 1940 e 1950, levava o menino para acompanhar seu trabalho. Paulo Silvino também mostrava talento para a música, revelado durante as aulas que tinha com a mãe, a pianista e professora Noêmia Campos Silvino.

“Eu nasci nisso. Com seis, sete anos de idade, frequentava os teatros de revista nos quais o papai participava. Ele contracenava com pessoas que vieram a ser meus colegas depois, como o Costinha, a Dercy Gonçalves.”

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Corpo de brasileiro morto em acidente na Itália é velado em Jundiaí

Por G1 Sorocaba e Jundiaí

Rapaz era de Jundiaí e estava a trabalho na Itália (Foto: Reprodução/Facebook)

Rapaz era de Jundiaí e estava a trabalho na Itália (Foto: Reprodução/Facebook)

O corpo do brasileiro Evaldo Vitor Gomes, de 39 anos, que morreu na semana passada em um acidente de carro na Itália, está sendo velado em Jundiaí (SP) na manhã desta quinta-feira (17). Ele estava a trabalho no país.

Em um post nas redes sociais, a família informou que o velório de Vavá – como era conhecido entre os amigos e parentes – começou as 8h e seguirá até as 10h no Memorial Parque da Paz.

“Muito obrigada a todos pelas orações e apoio. Agora ele vai descansar e receber o que merecia. Te amo amigo!”, escreveu a família na página dedicada a Vavá.

Velório de brasileiro morto em acidente na Itália é velado em Jundiaí (Foto: Facebook/Reprodução)

Velório de brasileiro morto em acidente na Itália é velado em Jundiaí (Foto: Facebook/Reprodução)

Acidente

Evaldo Vitor Gomes tinha saído com amigos e, por causas desconhecidas, o veículo que estava com quatro pessoas capotou no dia 6 de agosto na província que fica a uma hora de Milão. O local é uma rotatória em obras. Os outros três ocupantes tiveram escoriações.

Segundo a informação da imprensa local, equipes de resgate levaram Evaldo para um hospital e ele passou por cirurgia, mas morreu devido aos graves ferimentos.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Gaeco cumpre mandados de prisão de suspeitos de fraudar licitações em Santa Rita, na PB

Por G1 Paraíba

 

Três mandados de prisão preventiva estão sendo cumpridos na manhã desta quinta-feira (17) em Santa Rita em uma operação que quer desmontar uma organização suspeita de fraudar licitações através de empresas de fachada. Entre os alvos estão um vereador e um ex-vereador da cidade. Segundo o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público, o grupo emitia notas fiscais falsas e recebia os pagamentos para repassar para agentes públicos.

A ‘Operação Shark’ também cumpre três mandados de busca e apreensão e oito mandados de condução coercitiva (quando a pessoa é levada para depor), todos expedidos pela 1ª Vara Mista da Comarca de Santa Rita. O foco é uma organização que atua na cidade desde 2013 e envolvendo um vereador e um ex-vereador, sócios de empresas, um secretário municipal e servidores públicos.

De acordo com as primeiras informações divulgadas pelo Ministério Público, a investigação identificou que um contrato para recuperar pavimentação de ruas em Santa Rita foi vencida por uma empresa que recebeu R$ 200 mil, mas repassou uma parte deste valor para gestores e para outras empresas que eram ‘concorrentes’ na licitação.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

‘Gemidão’ do WhatsApp interrompe sessão da Câmara em Votorantim

Por Carlos Dias, G1 Sorocaba e Jundiaí

Um vereador teve o pronunciamento interrompido durante a discussão de um requerimento na sessão da Câmara de Votorantim (SP), na terça-feira (15), após o presidente do Legislativo abrir um vídeo com o “gemidão” do WhatsApp.

De acordo com o parlamentar que ocupava a tribuna, Adeilton Tiago dos Santos (PPS), ele discursava sobre o fechamento de rua para uma festa na cidade. No entanto, o presidente – que estava com o microfone aberto – foi verificar o arquivo no celular e provocou a situação.

“É constrangedor. Estávamos discutindo um requerimento de vereador. É algo sério, mas paramos por alguns segundos depois de todos darem risada. Eu continuei falando porque o importante era a minha fala e não o vídeo. A gente está numa casa de leis e uma pessoa manda isso? Não pode acontecer”, diz Adeilton.

Situação inusitada envolveu os vereadores Bruno e Adeilton em Votorantim (Foto: Reprodução)

Situação inusitada envolveu os vereadores Bruno e Adeilton em Votorantim (Foto: Reprodução)

Em nota, a Câmara informou ao G1 que o vereador Bruno Martins (PSDB), presidente do Legislativo, foi vítima ao ser induzido a abrir a mensagem que veio com um aviso de que o assunto era pertinente ao que estava sendo discutido (veja a mensagem abaixo).

Sem perceber que o som do celular estava ligado, ele foi surpreendido com o som do “gemidão”, que ecoou pelo microfone.

Em contrapartida, Bruno disse ao G1 que abriu uma mensagem supostamente relacionada ao evento discutido naquele momento na sessão, enviada pelo assessor de outra vereadora. Bruno conta que o rapaz foi advertido após a “brincadeira”.

Presidente do Legislativo de Votorantim afirma ter sido vítima do gemidão do

Presidente do Legislativo de Votorantim afirma ter sido vítima do gemidão do “WhatsApp” (Foto: Reprodução/Câmara de Votorantim)

“O celular é uma ferramenta que usamos para comunicação com a assessoria, é para trabalho. Se souber usar, é fantástico. Eu falei com ele [assessor] para não repetir mais isso”, explica o presidente.

Após a situação embaraçosa, o vereador afirma que não pode proibir os colegas de trabalho a usarem o aparelho, porém ele irá mudar os hábitos. “Vou alinhar tudo antes com minha equipe para não precisar usar o telefone.”

Vereador Bruno afirma que recebeu mensagem durante debate sobre festa em Votorantim (Foto: Arquivo pessoal)Vereador Bruno afirma que recebeu mensagem durante debate sobre festa em Votorantim (Foto: Arquivo pessoal)

Vereador Bruno afirma que recebeu mensagem durante debate sobre festa em Votorantim (Foto: Arquivo pessoal)

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Furto de cabos causa lentidão de trens entre Jundiaí e São Paulo

Por G1 Sorocaba e Jundiaí

O furto de cabos prejudica o transporte de passageiros que utilizam trens entre Jundiaí e a Capital na manhã desta quinta-feira (17).

Segundo a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM) os cabos foram furtados entre a estação Jundiaí e Várzea Paulista, por isso, a linha 7-Rubi está com lentidão.

A linha 7-Rubi é dividida de Jundiaí a Francisco Morato, onde o passageiro precisa fazer a baldeação para outro trem seguindo até a estação da Luz, em São Paulo. Cerca de 25 mil pessoas utilizam o trecho diariamente.

Ainda de acordo com a CPTM, os trens estão circulando com velocidade reduzida e maior tempo de parada entre as estações Campo Limpo Paulista e Jundiaí.

Prejuízo

Ainda de acordo com a CPTM, além de tirar os trens de circulação para manutenção, os reparos causados por vandalismo causam um grande prejuízo financeiro. Na linha 7-Rubi foram registrados 18 casos.

Em 2016, foram registrados 3.050 casos que custaram mais de R$ 4,3 milhões aos cofres públicos, dinheiro que poderia ser investido em modernização de estações, por exemplo.

Deste total, R$ 610.857,77 foram gastos em substituição de 188 para-brisas, quebrados por apedrejamento.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Megaoperação contra o tráfico fecha a Beira Mar com helicóptero em Vitória

Por G1 ES

Uma megaoperação integrada entre a Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal e Polícia Rodoviária Federal (PRF) no Morro Jesus de Nazareth, em Vitória, fechou a avenida Beira-Mar, na manhã desta quinta-feira (17). O trânsito foi liberado por volta das 8h.

Ação tem o objetivo de conter o tráfico de drogas e organizações criminosas. Um helicóptero da PM e uma lancha da PF também dão suporte para a operação. O helicóptero fez pousos no meio da avenida Beira Mar.

Até o momento, armas já foram apreendidas e um homem foi levado preso no carro da polícia.

No final da manhã, a secretaria de Segurança Pública do Espírito Santo (Sesp) vai fazer um balanço da operação.

 Policiais participam de ação no Morro Jesus de Nazareth, em Vitória (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)

Policiais participam de ação no Morro Jesus de Nazareth, em Vitória (Foto: Divulgação/ Polícia Militar)

A polícia está fazendo um patrulhamento no bairro, além de revistar casas e locais abertos. Moradores acompanharam a movimentação dos policiais pelas janelas de casa.

Uma moradora do bairro disse que foi uma surpresa. “Para a gente foi surpreendente, não tem o costume de ver isso acontecer. Foi uma ação que a gente não esperava. Eu preciso levar minha mãe ao médico e precisei descer com ela. Agora preciso encontrar uma condução para ela”, afirmou.

Como o Morro de Jesus de Nazareth está fechado, os moradores precisam descer a pé para poder trabalhar ou levar as crianças para a escola. O transporte escolar ou qualquer outro veículo não está entrando no bairro. Quando chegam embaixo, são revistados.

TRÂNSITO

O bloqueio na avenida Beira Mar começou no cruzamento com a avenida Leitão da Silva e terminou em frente ao prédio do INSS. Os motoristas precisaram fazer um desvio dentro dos bairros. Por volta das 8h, o trânsito já tinha sido liberado.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Preso foragido suspeito de oito homicídios na Região Metropolitana de Porto Alegre

Por RBS TV

Suspeito preso em Nova Santa Rita, na madrugada desta quinta-feira (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

Suspeito preso em Nova Santa Rita, na madrugada desta quinta-feira (Foto: Divulgação/Polícia Civil)

A Polícia Civil prendeu, na madrugada desta quinta-feira (17), em Nova Santa Rita, na Região Metropolitana de Porto Alegre, um homem suspeito de diversos homicídios. Ele estava foragido, tinha contra ele dois mandados de prisão, sendo um por conta de uma condenação a mais de 29 anos de prisão por homicídio.

A prisão foi realizada pela Delegacia de Capturas, que faz parte do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). Conforme o delegado Arthur Raldi, o suspeito, de 40 anos, era um dos homens mais procurados na Região Metropolitana de Porto Alegre.

O suspeito foi encontrado no loteamento Vale Verde, onde o suspeito estava escondido. Ele era investiga há três meses, e é apontado como suspeito de oito homicídios, além de crimes como latrocínio, extorsão, roubo e clonagem de veículo, roubo a pedestre e porte ilegal de arma de fogo.

Conforme a investigação, o suspeito atuava como matador de uma facção criminosa, e é apontado como responsável por mortes ocorridas entre 2001 e 2013, sendo que a maioria dos crimes ocorre no bairro Mathias Velho, em Canoas.

O latrocínio ocorreu no bairro Niterói, também em Canoas, no ano de 2002, durante um roubo de veículo seguido de morte.

Com ele, foi encontrado um veículo roubado na cidade de Montenegro, também na Região Metropolitana de Porto Alegre. O carro apresentava sinais de adulteração. Ele foi autuado em flagrante por adulteração e receptação de veículo roubado.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Números se invertem e, no DF, audiência de custódia prende mais do que solta

Por Neila Almeida*, G1 DF

Cerca de 3,2 mil suspeitos deixaram de ocupar os presídios do Distrito Federal entre janeiro e julho deste ano, após receberem liberdade provisória em audiências de custódia. Apesar de alto, o número representa um percentual de soltura menor que o do ano passado. Em 2017, o DF manteve mais presos do que liberou.

De acordo com os dados da Justiça do DF, 52% dos detidos que passaram pelas audiências de custória – uma análise “superficial” do caso, feita até 24 horas após o flagrante – permaneceram na cadeia, e os outros 48% foram liberados. No mesmo período de 2016, os números eram inversos: 48% detidos, e 52% soltos.

Desde que a medida começou a ser aplicada no DF, em outubro de 2015, os presos são atendidos no Núcleo de Audiência de Custódia (NAC), que fica no Fórum de Brasília. Para dar agilidade ao atendimento, a partir desta sexta-feira (18), as audiências de custódias vão ser realizadas no Departamento de Polícia Especializada do Distrito Federal que fica no Parque da Cidade.

O juiz assistente da corregedoria e coordenador do NAC, Luis Martius Holanda, defende o modelo. Ele diz que nos casos de crimes graves, como homicídios, latrocínios e associação criminosa, quase 100% dos suspeitos continuam presos.

“A audiência funciona como um filtro, para evitar que pessoas suspeitas de crimes mais leves, como furto, dividam o mesmo espaço no presídio com assassinos, por exemplo.”

Nessas audiências os presos não são nem condenados nem absolvidos, mas um juiz avalia a necessidade de manter o preso atrás das grades ou em liberdade durante o processo judicial.

O TJ do DF diz ser o único tribunal do país a atender 100% dos presos na audiência de custódia, desde que a medida foi instaurada pelo CNJ. Segundo a corte, nos últimos três anos, cerca de 20 mil pessoas passaram por audiências de custódia no DF.

Pouco mais da metade, ou 10.083 presos, foi liberada depois da audiência para responder aos processos em liberdade. Um número ligeiramente menor – 10.012 – foi levado diretamente ao presídio.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

CNH digital deve ser implantada antes de fevereiro

Por G1

O Conselho Nacional de Trânsito (Contran) publicou nesta quarta-feira (16) uma resolução que muda o cronograma da Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e), documento que será emitido por meio de aplicativo no celular com o mesmo valor jurídico da carteira impressa.

O texto inicial da medida, de 25 de julho, afirmava que o documento digital seria implantado pelos Detrans “a partir” de 1º de fevereiro de 2018. A nova publicação exige a implantação “até” essa data.

Isto quer dizer que os Detrans podem começar a emitir nos próximos meses, sendo que em 1º de fevereiro todos os órgãos estaduais devem estar obrigatoriamente aptos a disponibilizar a carteira virtual para quem tiver interesse.

“Os Detrans que tiverem interesse já podem iniciar seus testes e se adequarem com antecedência”, afirmou ao G1 o Ministério das Cidades. O primeiro estado a ter um projeto-piloto será Goiás, de acordo com o ministério.

VEJA PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE A CNH DIGITAL

Quando começa a valer?

Até 1º de fevereiro de 2018 todos os Detrans devem estar aptos a emitir a versão digital.

O que é preciso para tirar?

A CNH digital deverá ser obtida por meio de um aplicativo, que estará nas lojas oficiais da Apple e do Google (para aparelhos Android) a partir de fevereiro próximo.

Após baixar o aplicativo, o motorista terá que optar entre usar um certificado digital (pago), para fazer todo o processo pela internet, ou ir até um posto do Detran para se cadastrar.

É preciso fazer cadastro no Portal de Serviços do Denatran. Depois disso, o usuário fará o “login” no aparelho que utilizará a CNH digital. Neste primeiro acesso, será gerado um PIN (código) de segurança, criado para poder visualizar os documentos.

A CNH-e só poderá ser emitida para quem tem a nova CNH, com QR Code, um código específico para ser lido por aparelhos eletrônicos que existe nas carteiras de habilitação emitidas desde maio último.

Carteira Nacional de Habilitação continuará a ser impressa (Foto: G1 )

Carteira Nacional de Habilitação continuará a ser impressa (Foto: G1 )

Quanto custará? Quem tem a CNH impressa terá de pagar para ter a digital?

O Denatran diz que a cobrança de possíveis taxas para emissão da CNH digital ficará a cargo dos Departamentos Estaduais de Trânsito (Detrans). São eles que determinam atualmente os valores das taxas da CNH impressa, que variam de estado para estado.

O Detran-SP afirmou que ainda não tem nenhuma definição sobre cobrança do documento digital.

E se eu quiser a CNH impressa?

A CNH-e será opcional, para quem tiver interesse em ter o documento no smartphone. A carteira impressa continuará a ser emitida normalmente nos padrões atuais.

É preciso ter certificado digital?

Não é obrigatório, diz o Denatran. O certificado digital, que é uma assinatura eletrônica com a mesma validade da assinatura física, e possibilita realizar operações pela internet, vai permitir que todo o processo de obtenção da CNH digital seja feito onde o motorista estiver.

Caso contrário, ele terá de ir até o Detran.

O certificado digital é pago e oferecido por entidades credenciadas, como os Correios e a Serasa. Em ambos, o pacote de 1 ano do certificado digital custa R$ 164. Os Correios também oferecem o serviço por 36 meses por R$ 267.

O Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), empresa pública que desenvolve o sistema da CNH digital, também oferece certificados digitais. Com válidade de 1 ano, o preço é de R$ 145, enquanto para 36 meses é de R$ 220.

“Para a maioria das pessoas, eu duvido que vai valer a pena comprar um certificado digital por R$ 200 ou mais (incluindo custo do cartão e leitor) só para fazer o pedido dessa CNH. Talvez a melhor maneira de tratar desse assunto é: quem já precisa de e-CPF para suas atividades (como alguns empresários, advogados, contadores) vai ter a opção de emitir e bloquear a CNH digital sem ir ao Detran”, aponta Altieres Rohr.

É segura? E se roubarem meu celular?

O Ministério das Cidades afirma que há um conjunto de padrões técnicos para suportar um sistema criptográfico que assegura a validade do documento.

A autenticidade da CNH digital poderá ser comprovada pela assinatura com certificado digital do emissor (Detrans) ou com a leitura de um QRCode, mas isso não quer dizer que será preciso ter sinal de internet para acessar o documento.

Mas sempre será necessária uma senha de 4 dígitos para abrir CNH digital, diz o Serpro.

Caso o smartphone com a CNH digital seja roubado, o usuário deverá bloquear o documento. Se tiver o certificado digital, ele poderá entrar no Portal de Serviços do Denatran e solicitar o bloqueio remoto. Caso contrário, terá que ir até algum posto do Detran.

“É positivo. Se eles baixam demais a segurança no bloqueio, por exemplo, alguém que rouba sua senha poderia invalidar sua CNH digital enquanto você está numa viagem e te causar uma série de problemas. Então, faz sentido que esse tipo de solicitação exija uma segurança adicional”, diz Altieres, especialista em defesas contra ataques cibernéticos.

E se não tiver sinal de internet ou wi-fi onde o guarda pedir minha CNH?

Não há problema. De acordo com o Denatran, será necessária conexão com a internet somente no primeiro acesso, depois, a CNH estará disponível off-line. O acesso é feito com uma senha de 4 dígitos, afirma o Serpro.

Qual a multa para quem esquece a CNH?

Quem tem habilitação, mas não está com o documento ao dirigir, comete infração leve, com multa no valor de R$ 88,38, mais 3 pontos na carteira. O veículo fica retido até a apresentação do documento.

Multa para quem esquecer a CNH vai acabar?

Existe um projeto que extingue a multa para quem esquecer a CNH, mas ele ainda está tramitando no Congresso.

Ele foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e da Cidadania (CCJ) da Câmara dos Deputados no mês passado, em caráter conclusivo, e deveria seguir para o Senado. Mas foi apresentado um recurso, pedindo que a proposta seja analisada no plenário. Até a última quinta-feira (27), esse recurso ainda estava na Mesa Diretora da Câmara, para ser apreciado.

Além de passar na Câmara e no Senado, o projeto precisará também da sanção do presidente Michel Temer para valer.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Ibama diz que 38 contêineres afundaram após acidente em navio no litoral de SP

Por José Claudio Pimentel, G1 Santos

Ao todo, 38 dos 46 contêineres que caíram de um navio a quatro quilômetros do acesso ao Porto de Santos, no litoral de São Paulo, afundaram. A informação é do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), que ainda dimensiona os impactos ocasionados pelo acidente.

Na madrugada de sexta-feira (11), as caixas metálicas foram lançadas ao mar, depois que o navio Log-In Pantanal foi atingido por ondas de até 4,5 metros. A embarcação aguardava para realizar manobra de entrada no cais santista. Mercadorias, que ficaram espalhadas pela região costeira, foram saqueadas após o ocorrido.

Até terça-feira (15), somente oito contêineres tinham sido localizados. Dois encalharam em uma praia de Guarujá e outros seis permaneceram boiando na costa da cidade, segundo informações da agente ambiental federal Ana Angélica Alabarce, que integra o grupo de emergências do órgão e acompanha o caso.

“Todos os demais [contêineres] afundaram, e a maioria está concentrada no local onde o navio estava fundeado. A empresa já iniciou o mapeamento, mas, infelizmente, as condições do mar não ajudaram na retirada daqueles que foram encontrados na superfície e no completo posicionamento dos que estão submersos”, explicou.

No fim da tarde de terça-feira, cumprindo o prazo de 24 horas estabelecido pelo Ibama, a Log-In protocolou na autoridade ambiental o plano de remoção dos contêineres no fundo do mar. “O documento ainda vai ser analisado pela nossa equipe, que também vai acompanhar todo o processo de retirada [das caixas metálicas]”.

Dois contêineres encalharam em praia de Guarujá, SP (Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá )

Dois contêineres encalharam em praia de Guarujá, SP (Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá )

A autoridade ambiental também monitora o cumprimento da ordem estabelecida na segunda-feira (14) à empresa para limpar praias, rochedos e superfície do mar onde forem localizados resíduos provenientes do acidente, até o fim desta semana. A empresa afirmou que o trabalho já foi iniciado, mas disse não ter prazo para terminá-lo.

Nesta quarta-feira (15), os agentes do Ibama vão monitorar a operação de retirada dos compartimentos sinistrados que permaneceram a bordo do navio após o acidente. “Peritos dos Estados Unidos foram chamados pela armadora. Vamos acompanhar esse trabalho para evitar qualquer outro dano ao meio ambiente”, disse.

O Log-In Pantanal permanece atracado no costado do Terminal 37, na Margem Direita do Porto de Santos, desde a última sexta-feira. O navio não apresenta problemas na navegabilidade, mas danos no convés forçaram a Marinha do Brasil a reter a embarcação no local, até que os reparos sejam feitos e um laudo apresentado.

“Especialistas norte-americanos contratados pelo P&I Club (Protection and Indemnity) estão avaliando as condições da embarcação e das cargas”, informou a companhia, sem detalhar os danos constatados no navio. Por meio de nota, a empresa também não informou quando esse trabalho será finalizado.

Acidente

A queda de 46 contêineres ocorreu na madrugada de sexta-feira, do navio Log In Pantanal, então no Fundeadouro 3 do Porto de Santos. O mau tempo, segundo a empresa proprietária do navio, contribuiu para o ocorrido, que é alvo de uma investigação da Capitania dos Portos. Nenhum tripulante ficou ferido.

Por segurança, o canal de navegação, que serve de acesso ao cais santista, está sendo monitorado por equipamentos que identificam objetos submersos. Entre sexta e sábado (12), a via navegável teve que ser bloqueada. A Marinha do Brasil emitiu uma alerta aos navegantes por causa das caixas metálicas no mar.

Aparelhos de ar-condicionado, mochilas, material hospitalar, pneus, toalhas e tapetes estão entre as cargas armazenadas nos contêineres que caíram na água e apareceram flutuando na região. Alguns compartimentos se romperam e parte da carga se espalhou entre a barra de Santos e a região costeira das cidades.

As autoridades ambiental e marítima informaram que ainda não conseguem estimar a área total para onde os contêineres se espalharam. Entretanto, permanecem monitorando a região costeira da Baixada Santista para tentar identificar, localizar e mapear as outras 38 caixas que ainda podem reflutuar.

Ao menos 11 pessoas foram detidas em flagrante por saquearem contêineres que boiavam na barra de Santos. Entre os produtos recuperados, estão eletrônicos, eletrodomésticos, pneus de bicicleta e peças de vestuário. As mercadorias foram apreendidas e as pessoas acabaram liberadas na delegacia.

A maior parte dos flagrantes envolveu ocupantes de embarcações nas proximidades da comunidade do bairro Santa Cruz dos Navegantes. Outro grupo foi detido ao desembarcar na Praia do Guaiúba, ambos em Guarujá. O policiamento também monitora a orla das demais cidades da região.

Mochilas ficaram espalhadas por vários quilômetros na costa (Foto: Arquivo Pessoal)

Mochilas ficaram espalhadas por vários quilômetros na costa (Foto: Arquivo Pessoal)

 Grupo é flagrado saqueando contêineres que caíram no mar em Santos, SP (Foto: Arquivo Pessoal)

Grupo é flagrado saqueando contêineres que caíram no mar em Santos, SP (Foto: Arquivo Pessoal)

Ao menos 11 pessoas foram detidas em seguida pela PM e pela Polícia Federal (Foto: G1 Santos)

Ao menos 11 pessoas foram detidas em seguida pela PM e pela Polícia Federal (Foto: G1 Santos)

Contêineres seguem encalhados em praia de Guarujá, SP (Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá)

Contêineres seguem encalhados em praia de Guarujá, SP (Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá)

Resíduos devem ser limpos das praias em até uma semana (Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá )

Resíduos devem ser limpos das praias em até uma semana (Foto: Divulgação/Prefeitura de Guarujá )

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

[email protected]
[email protected]