AGORA VAI!

Por:  Walter Jorge de Freitas

Um amigo de inteira confiança me telefonou hoje cedinho para dar algumas notícias. Confesso que vibrei tanto quanto em 1956, ano em que Eraldo Maciel conseguiu o que seria o meu primeiro emprego na Loja Sant’ Águeda, onde trabalhei durante cinco anos.

Organizadíssimo, o interlocutor separou os fatos ligados ao nosso município, colocando-os em primeiro plano; em seguida, relatou as boas novas relacionadas com o Estado de Pernambuco; por fim, fazendo um pouco de suspense, o caboclo antecipou uma série de medidas que certamente deixarão os brasileiros bem otimistas.

Sem mais delongas, vamos às mais importantes: No âmbito municipal, tem-se como certo que os contratos com as empresas que fazem a coleta do lixo e a limpeza urbana serão rescindidos e esses serviços ficarão a cargo de outras (e até das mesmas), desde que se equipem adequadamente e sejam escolhidas mediante rigoroso processo de licitação. Medida idêntica será adotada em relação à empreiteira que cuida dos calçamentos.

Disse, ainda, o informante, que a prefeitura – como fazia nos velhos tempos – vai colocar fiscais a fim de verificar se as obras estão sendo realmente bem feitas.

A melhor de todas as informações é que a Câmara de Vereadores acaba de aprovar o novo Código de Posturas do Município e daqui por diante, as nossas ruas estarão rigorosamente limpas, sinalizadas, monitoradas por câmeras, as construções serão fiscalizadas, as calçadas ficarão livres dos tabuleiros das lojas, as vias públicas deixarão de ser depósitos de lixo, entulhos e materiais de construção e quem sujar, será multado. Que legal!

Lembrou também que nesta terça-feira, impreterivelmente, teremos a inauguração oficial da mine-academia situada bem ali na Praça Joaquim Mota Valença. Devemos comparecer para ajudar a retirar aquelas placas que estão lá há quatro anos sem nenhuma serventia.

O governador Eduardo Campos estará em Pesqueira antes de deixar o governo, com a finalidade de assinar a ordem de serviço que autoriza a obra prometida em 2009, pelo então presidente da COMPESA Sr. João Bosco de Almeida. Já esqueceram? Eu não.

Na esfera estadual, soubemos que a exemplo do que ocorre nos Estados Unidos, o governo de Pernambuco vai proibir que as repartições públicas, inclusive escolas, comprem água mineral embalada em garrafinhas e garrafões. Toda a água necessária para o consumo será fornecida pela eficiente estatal conhecida como COMPESA.

De Brasília, temos notícias excelentes: A presidente Dilma, apesar de abalada com a repercussão negativa causada pela compra da refinaria americana chamada Pasadena e sabendo que foi o ex-ministro de Minas e Energia- hoje o seu maior desafeto-, quem implantou o fracassado projeto das Usinas de Biodiesel em 2005, resolveu ressarcir o dobro do que o município de Pesqueira investiu naquele monstrengo erguido na margem da BR-232.

Fontes fidedignas do Planalto afirmaram que os rombos encontrados nas contas da PETROBRAS, foram motivados por insignificantes erros nos computadores.

E por falar em contas, o Ministério dos Esportes garante que depois da Copa, “no máximo” dentro de uns vinte anos, os brasileiros ficarão sabendo quanto foi gasto pelos Estados e pela União nas arenas destinadas a esse torneio muito lucrativo para a dona FIFA, que apesar de receber tudo de mão-beijada, ainda bota gosto ruim.

Ainda sobre a Copa do Mundo, o Ministro do Turismo, baseado em dados das Secretariais Estaduais e Municipais da área, informa que todas as cidades dos Estados onde haverá jogos, estão prontas para receber os turistas e garante que ninguém será explorado.

Ficou assustado com tanta notícia positiva? Tem mais, só que o espaço acabou.

Acalme-se e dê uma olhadinha no calendário.

Pesqueira, 1º de abril de 2014. 

 

Texto: Walter Jorge de Freitas

 

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

DIA MUNDIAL DA ÁGUA 2014

Na verdade ah o que se comemorar este dia?! Será que estamos comprometidos com a saúde do planeta! Os fatos se mostram diferente. O mundo está cada vez mais massacrado, violentado, em sua estrutura física e morfológica. Não estamos como ser inteligente, cumprindo com nossas obrigações, diante das dificuldades que surgem ao usarmos todo o potencial que nos foi legado!

Está faltando comprometimento no que diz respeito à preservação e conservação deste bem mais precioso, – a Água. Água que é o substrato à vida! Está inserida, faz parte da essência da formação da Terra. Terra que é o aconchego de todos nós. Dela extraímos todas as riquezas que nos dão equilíbrio e sustentação. No entanto, temos feito muito pouco em favor de sua sustentabilidade.

“A água é o elemento mais importante para a sobrevivência dos seres vivos. Se não existisse a água evidentemente que não haveria vida. O planeta seria desabitado”.

Se levássemos em consideração o que Deus nos doou de presente com tanta magnificência e boa vontade, saberíamos como agradecer!

As novas gerações, cabe uma tomada de atitude em favor do Planta. Se não cuidarmos dos nossos rios, lagos, córregos e matas, a sobrevivência neste plano de existência não vai durar muito tempo, não!

Nossos governantes, a sociedade civil organizada tem o dever de fazer alguma coisa em favor desse possível distúrbio porque a Terra estará a passar em breve. Se não se envidar esforços em favor desse bem indispensável à manutenção da vida, adeus Planeta Terra!…

Todo empenho em favor da causa: água! Deverá estar no consciente e no conhecimento de cada um e da sociedade como um todo! Técnicas, métodos e metodologias existem há milhões de anos.

Apesar de a terra está constituída por dois terços d’água, aproximadamente 0,008% do total dessa água é potável – adequada ao consumo. Aonde vamos encontrar este preciso líquido? Evidentemente que nos nossos mananciais!.

A propósito como vão estes preciosos reservatórios? O que temos observado é que persiste um total desprezo com relação a sua conservação e preservação. O que se constata é a contaminação, degradação e poluição destas fontes de alimentos para a segurança e sobrevivência da vida no planta! Isto evidentemente graças à ação destruidora do homem! Não sabe ou não quer levar em consideração o futuro dos seres vivos. Em especial da raça humana. Da Humanidade!

Urge que os homens e mulheres de bom senso e voltados (as), para o crescimento e desenvolvimento da espécie, acordem dessa letargia em que estão envoltos. Cabe a sociedade, a classe política, empresarial, estudiosos e religiosos tomarem consciência do grande risco que o mundo está sujeito a sofre, seguramente que em não longo tempo…

Aonde começar? Claro que a partir da célula primaria: Os Municípios! Uma vez evidenciada a possibilidade de escassez da água potável em muito pouco tempo é imprescindível à necessidade básica de se por em prática os conhecimento a nossa disposição e por meios educacionais leva-los as escolas, a famílias, ao homem do campo, ao empresário, ao sindicato, ao homem da cidade. Tais ações se fazem urgente e necessária, coloca-las em execução o mais sedo possível. Enquanto há tempo.

De princípios são atitudes simples, mas eficientes e que ao longo do tempo, se realizado com critério e responsabilidade surtirão os efeitos desejado! Salvar o Planeta e o Homem!

Estas ações estão a depender de uma educação ambiental, que deverá ser a caráter das instituições de ensino, grupos organizado, sociedade civil, governos Municipais, Estadual e Federal, entre outras. Começando na cidade dando mais ênfase por meio de divulgação pelos meios de informações existentes. Partir para uma afetiva e dinâmica execução de coleta do lixo, sua seleção por categoria de resíduos. Incentivar a economia da água, tendo ainda como meta o reaproveitamento dessa água em atividades outras. Desenvolver no meio rural prática de reflorestamento, principalmente das margens de rios, lagos e represas. Melhor dizendo cuidar do meio ambiente em todos os seus aspectos.

“Dados da UNO de 2006 revelam que até 2050 mais de 45% da população mundial não terá acesso à água potável.

Água; Vida; Ética Ambiental. Trilogia que seguramente tem que andarem juntas! Caso contrário adeus Planeta Terra.

É de bom tom que se leve em consideração que o Dia Mundial da Água não é motivo de comemoração. É sim, de muitas discussões, que deverão levar em conta a importância da água para a sobrevivência dos seres vivos e do planeta. Discussão sobre possíveis alternativas e meios de como se preservar e conservar esta inestimável liquido!

Ó homens e mulheres que estão a negligenciar tais situações, em que o grau de risco é elevadíssimo! Cuidado no futuro vocês poderão pagar muito caro por tias relaxamentos.

Somos criatura destinada a viver a favor do bem, mas por outro lado poderemos ter sob nossas costas a culpabilidade de termos nos omitidos diante da grave conjuntura que está em corroborada.

O orgulho, a vaidade e a arrogância fazem com que nos esqueçamos de que a vida não acaba com a morte. Continuamos… e com certeza haveremos de prestar contas das nossas maldades e irresponsabilidades.

 

Pesqueira, 21 de março de 2014.

Sebastião Gomes Fernandes, Sociólogo, Escritor, Poeta e Cronista.

Membro efetivo e presidente da Academia Pesqueirese de Letras e Artes – APLA.

 

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Dia Internacional da Mulher!

Nada mais justo do que se reconhecer o valor e a importância da mulher no contexto da sociedade. Sua história de vida tem muito que ser focado e levado em consideração.

A história tem revelado a trajetória da mulher na arte do entendimento tanto quanto do relacionamento e sua convivência social, política e religiosa. A mulher, depois de tantos anos começa a despertar e toma consciência do seu verdadeiro valor no processo de formação e estruturação da sociedade familiar e da comunidade onde vive.

Foi à mulher durante muitos anos escravizada, marginalizada, desprezada e alijado do processo de desenvolvimento e crescimento quer pessoal quer como membro do grupo social em que vive. Todavia o seu espírito cheio de esperanças na expectativa de tornar-se livre e partícipe da evolução característica ao ser humano, se fez e se faz presente em todos os momentos da vida a dois e/ou em sociedade.

A ignorância, a maldade e a falta de respeito aos direitos da mulher por parte do homem foi e ainda é um dos maiores contra-senso e estupidez praticada até hoje em dia.

Uma vez que a mulher toma consciência do seu papel como cooparticipante na ação em prol do crescimento e do desenvolvimento da família, da organização socioeconômica, religiosa e espiritual do seu clã, da sua comunidade, parte para a conquista de sua liberdade!

Os maus tratos, o desrespeito aos valores morais e éticos, a opressão exercida para o cumprimento de tarefas designadas pelos patrões na fabricas e demais atividades produtivas exercidas em 1857, na Rússia, foi o estopim, e o motivo que levou a revolta das mulheres em busca dos seus direitos. Não foi um movimento vitorioso de imediato, mas foi sim, o primeiro passo para a conquista da liberdade tão desejada.

Tal enfrentamento e atos de coragem e disposição para sair da condição e subjugação em que vivia foi quem levou àquelas batalhadoras a não medirem esforços para atingirem seus objetivos: melhoria de condições de vida, trabalho e direito a voto.

Mas, na verdade o que significa e por que é tão importante este dia 8 de março!? “Dia Internacional da mulher”. Há diversas opiniões a este respeito, entre tantas levamos em consideração aquela em que se pretende homenagear as centenas de trabalhadoras mortas em um incêndio ocorrido em 1857. Várias polêmicas surgiram em torno do por que dessa comemoração, procurando um melhor entendimento dos fatos a pesquisadora Ana Isabel González traz importante contribuição.

No livro “As origens e a comemoração do Dia Internacional das Mulheres” (Expressão Popular/Sof, 2010), a autora busca desvendar as reais origens do Dia Internacional das Mulheres, o 8 de março. Ela demonstra que este “mito” encontra algum referencial na história e detém uma importância histórica para as lutas das mulheres, pois nesta tragédia, em que morreram 146 pessoas (123 mulheres), estavam as protagonistas da primeira greve organizada exclusivamente por mulheres naquele país. Uma greve que se alastrou por diversos estados nos Estados Unidos, levando à paralisação de entre 30 e 40 mil trabalhadores/as da indústria têxtil.

“Mas, na mesma pesquisa, a autora traz evidências de que embora este incêndio tenha ocorrido em março de 1911, na fábrica The Triangle Shirtwaist Company, nos Estados Unidos, não é este o acontecimento original que levou à escolha do dia 8 de março como Dia Internacional das Mulheres. Ela argumenta que tal escolha deveu-se à importância das manifestações das mulheres como estopim do processo que culminou na Revolução Russa, em 1917, manifestações estas ocorridas no dia 8 de março, ou 23 de fevereiro no antigo calendário russo”.

Mulheres!  Sua historia foi marcada por desprezo, preconceitos, e subjugação. E isto está condicionado ao conceito de que o individuo do sexo masculino – o homem -, seja superior ao individuo do sexo feminino – a mulher -. Como isto surgindo na sociedade familiar o conceito do pátrio poder, onde o homem passa a ser o senhor absoluto da mulher e de sua prole. Daí se cristaliza na comunidade a conveniência de que a mulher é apenas um objeto de satisfação das necessidades sexual do seu parceiro e desprovida de autoestima e de valor diante do contexto sócio-cultural onde vive e com quem vive.

Mas estas mulheres diante dos sofrimentos e das humilhações a que estavam e estão sujeitas, parte em busca dos seus direitos e com grande valentia e garbo começam a conquistar sua liberdade. Às mulheres demonstram com este ato de valentia e de determinação que aquela história na qual a mulher é sexo frágil ou subordinado não cabe na conjuntura do mundo atual.

É lamentável o que vem acontecendo em nossos dias! Violência cada vez mais abrupta e descontrolada. A falta de sentimentos que dignifique os valores característicos e essenciais à vida do ser humano. E você mulher que traz consigo o dom da procriação e a graça de criar os futuros indivíduos que deverão dar continuidade a espécie neste plano Terrestre, merece todo o nosso respeito, gratidão, afeto e amor.

Sabemos que falta muito e muito ainda para que se conquiste a verdadeira liberdade. Se faz necessário que cultives o amor, a compreensão, a harmonia e a perseverança em um futuro mais promissor e em uma convivência fraterna entre os dois sexos.

Mas, é imprescindível que tenham o cuidado de não perderem o que de melhor esta inserido em sua personalidade em sua essência. O dom da procriação, a sensibilidade que lhe é peculiar: o amor, o carinho e a afabilidade. Não esqueça de que é sua missão cultivar o amor, a esperança e a paz.

A você mulher toda a felicidade do mundo!

 

Pesqueira, 08 de março de 2014.

Sebastião Gomes Fernandes.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Deus não predestina para a perdição

lguns textos falam realmente que “o Senhor endureceu o coração de Faraó” (Êxodo 4:21, 7:3, 9:12, 10:1, 20, 27, 11:10, 14:4 e 8). Outros afirmam que o próprio Faraó “endureceu o seu coração” (Êxodo 8:32, 9:34 e 35, 13:15). E há um terceiro grupo de textos que declaram simplesmente que “o coração de Faraó se endureceu” (Êxodo 7:13, 22, 8:19, 9:7).

Ezequiel 33:11 afirma que o Senhor não tem “prazer na morte do perverso, mas que o perverso se converta do seu caminho e viva”. Pedro acrescenta que o Senhor não quer “que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento” (2 Pedro 3:9). Sendo assim, só podemos concluir que o endurecimento do coração de Faraó não derivou de um arbitrário decreto divino de predestinação para a perdição, e sim de uma atitude de obstinada rebeldia por parte do próprio Faraó.

No mundo natural, “o mesmo sol que derrete a cera endurece o barro”. O problema não está no sol, mas na forma diferente com que a cera e o barro reagem ao calor. De modo semelhante, o problema de Faraó não estava em Deus, mas na forma como o próprio Faraó reagia às mensagens divinas de admoestação e arrependimento. Em vez de se humilhar e arrepender, Faraó se fechava cada vez mais aos apelos divinos. Cada novo apelo para abrandar o coração acabava gerando o efeito contrário, de endurecimento.

É nesse sentido que Deus é descrito como causando a Faraó o que Ele apenas permitiu que ocorresse. É preciso reconhecer também que chegou um ponto na vida de Faraó em que ele acabou extrapolando os limites da misericórdia divina. A partir desse ponto, os apelos ao arrependimento cessaram e os juízos divinos tomaram lugar (Êxodo 7 a 12), culminando na destruição final de Faraó e do seu exército (Êxodo 14). Em tudo isso, Faraó simplesmente colheu o fruto de sua própria obstinação (ver Gálatas 6:7).

 

Bíblia.cm.br

Pr. Alberto R. Timm

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Mensaleiros Os “Abençoados” Pela Nossa Justiça Maior!

Por: Sebastião Gomes Fernandes, Sociólogo, Escritor, Poeta e Cronista

 Mais um veredicto em favor do mau! Mas, sentença jurídica não se contesta se cumpre. Dura lex, sed lex.  “Para os pobres, é dura lex, sed lex. A lei é dura, mais é a lei. Para os ricos, é dura lex, sed latex. A lei é dura, mas estica”. – Fernando Sabino.

Ate quando a nação brasileira vai presenciar a falta de coerência daqueles que hoje estão no comando do País e da nossa lei maior, no Superior Tribunal Federal – STF? Quando vemos que a cada julgamento somos surpreendidos. Os resultados são sempre a favor dos réus, que têm a seu favor o dinheiro, (a política partidária) e a ousadia! Por quê! Será que a escolha dos meritíssimos juizes, está carecendo de critérios mais justos a exemplo de concursos público, seguido de um estudo criterioso da personalidade e da responsabilidade e da vida pregressa dos candidatos. Condições estas que deve ser intrínsecas a cada individuo, em lugar de nomeações por caráter político e pessoal do mandatário do País em cada exercício do poder como e costume!

É lamentável o que estamos vivenciando, vendo que a cada dia o país fica mais vulnerável e sem credibilidade diante da população, face aos desmandos praticados por vândalos “políticos” viciados na prática do desfalque aos cofres públicos, na rotineira política do favoritismo e da depravação da dignidade dos valores morais e éticos que devem fazer parte da vida de cada cidadão (ã) brasileiro. Com isso contagiando a nossa justiça! Instituição que ainda merece nossa credibilidade e confiança. Capaz de conduzir com seriedade e respeito um dos mais sagrados direitos da pessoa humana. A honra e a dignidade! Julgando quem quer que seja levando-se em consideração estes valores que só acrescenta segurança e paz à família brasileira.

Em quem devemos acreditar?! Não está fácil diante de tais exemplos! O que se nos apresenta nos dias de hoje rotineiramente, nos faz acreditar que o barco está à deriva e que certamente acarretará consequências imprevisíveis. E não é isso que queremos! Queremos um País forte, soberano e desenvolvido. Sabemos que existem homens ainda que merecem nossa confiança, mas que estão muito escassos, no entanto, esta é ainda uma esperança que nos faz acreditar em dias melhores.

Onde estão os homens e mulheres de bem? A onde estiverem têm a partir de agora a oportunidade de se envolverem com ”unhas e dentes” no processo político e lutarem por dias melhores a fim de tirarem o Estado Brasileiro do marasmo político, social e econômico hoje vivenciado.

Que o direito da pessoa seja posto em prática sem se levar em conta a sua posição social, política, econômica e religiosa. Que a justiça seja conduzida com a finalidade de se fazer justiça aplicando-se a lei de acordo com o seu principio básico: Dura lex, sed Lex.

É imprescindível, homens de bem tomarem consciência dos desmandos que está acontecendo e a partir daí leve-se uma mensagem objetiva e concreta à população, ao eleitor, que em outubro próximo estará com o destino do nosso querido Brasil em mãos.

Mostrar os fatos e fazendo-os ver que seu voto se constitui em ferramenta com possibilidades de por ordem o que está sendo corrompido. Que tais atitudes possam resultar em reflexões e análises criteriosas daqueles que se dispõem a cargos administrativos: Presidente e Governadores, e a função de cargos legislativos: Deputados Federais e Estatuais. Este serão os futuros outorgados por nós para conduzir nosso destino.

É fundamental que os homens, as mulheres de bem se juntem e forme uma corrente na defesa da honra, da honestidade e da crença no sentimento que norteia a vida do ser humano como individuo predestinado ao bem. Pois, só assim a família brasileira alcançar a posição de nação livre, forte, dinâmica e promissora.

Excluir de uma vez por todas da vida política e da sociedade a cambada que vive para alterar informações oficiais, e comprar voto daqueles que se iludem, com a ofertas de dinheiro e as migalhas oferecida por programas sociais que só leva a pessoa humana a se tornar cada vez mais  marginalizadas e a humilhação, porque as tornas viciadas ao ganho fácil, sem trabalhar… Parodiando Luiz Gonzaga em uma de suas musicas: “Uma esmola, para o homem que é são, ou lhe mata de vergonha ou vicia o cidadão”. E não é isso que nós queremos!

É louvável o descontentamento do atual presidente do Superior Tribunal Federal (STF), “Joaquim Barbosa, quando se refere aos ministros Teori Zavascki e Luís Roberto Barroso, nomes que passaram a integrar a Corte após a primeira fase do julgamento, em 2012, foram indicados ao cargo pela presidente Dilma Rousseff para reverter as sentenças do mensalão. Os dois ministros votaram pela aceitação dos embargos infringentes dos condenados e garantiram sua absolvição do crime de formação de quadrilha”.

Precisamos salvar à Pátria dos maus feitores que roubam o dinheiro e o patrimônio público. Aqueles que se apresentam como salvadores da Pátria, mas, que na verdade estão escondidos por trás de suas mascaras e que envenenam e emporcalham a política e a ordem social da nação brasileira!

 

Pesqueira, 01 de março de 2014.

Sebastião Gomes Fernandes, Sociólogo, Escritor, Poeta e Cronista.

Membro efetivo e Presidente da Academia Pesqueiranse de Letras e Artes – APLA

 

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Sindicatos criticam Medida Provisória que altera trabalho temporário

O governo Dilma Rousseff não terá vida fácil para implementar a Medida Provisória (MP) que flexibiliza o trabalho temporário. A medida, como antecipou nessa quinta-feira (30) o jornal O Estado de S. Paulo, cria um regime novo de contratação de mão de obra: por 14 dias, até o limite de 60 dias por ano, em todos os setores, em qualquer região do País. Mas dirigentes sindicais reagiram de forma dura à proposta, formulada a partir de demanda do Palácio do Planalto.

Segundo o advogado Otávio Pinto e Silva, especializado na área trabalhista do escritório Siqueira Castro, o governo busca “acenar com medidas para agilizar a contratação de trabalhadores”, ao permitir que esse contrato seja feito sem a assinatura da carteira de trabalho. “Já temos a Lei 6.019, que prevê o trabalho temporário por três meses, então essa nova flexibilização deverá trazer um debate muito grande sobre nosso mercado e a própria CLT”, disse Silva.

O primeiro secretário da Força Sindical e presidente da Federação dos Trabalhadores Químicos de São Paulo (Fequimfar), Sérgio Luiz Leite, afirmou que os planos do governo apenas facilitam a operação de empresas do comércio varejista. “A medida vai tornar precária a situação dos trabalhadores, em especial os comerciários”, disse Leite. A Força Sindical divulgou nota oficial, ontem, também se opondo à “MP do Magazine Luiza”, como a medida é apelidada no próprio governo.

A maior federação de sindicatos de comerciários do País, a Fecomerciários, também apresentou críticas duras ao projeto. Recém filiada à União Geral dos Trabalhadores (UGT), a entidade afirma que o novo regime em preparação pelo governo nasce respaldado na “falsa ideia” de formalização do mercado de trabalho.

 

Fonte: Agência Estado

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

É FEITO A CANTIGA DA PIRUA. É DE PIOR A PIOR!

A semana que passou, fomos surpreendidos, ou já era esperado que o “causo”…, dos vereadores de Caruaru tivesse o desfecho que teve.  Considerados pessoas honestas, verdadeiros exemplos de moral e ética!… Assim nos parece. Assim acha a nossa justiça! TJPE e devolve-lhes mandatos de vereadores.

Liminar concedida pelo desembargador “Fausto Campos, do referido Tribunal, concede liminar favorável aos dez vereadores que estão sendo acusados de cobrar propina para aprovar projetos do Executivo voltem as suas funções no Legislativo”.

Isso é uma ignomínia! No entanto, uma determinação judicial tem que ser cumprida.

Não sou advogado nem versado em leis, mas, como cidadão, sinto-me envergonhado e triste pela maneira como nossos juristas – com suas devidas exceções, assumem a responsabilidade de colocar na rua, criminosos – muitas vezes fundamentados em artifícios jurídicos, sem levar em consideração a causa em si! O mau que causam e o exemplo negativo que deixam para nossas crianças e jovens que serão amanhã homens e mulheres com missões imprescindíveis e próprias para que a sociedade viva em paz e harmonia bem como a de conduzir a si próprias e o mundo onde vivem com a devida probidade e dignidade.

Como cidadãos, é nosso direito e dever expressar nossos sentimentos, angustias e decepções diante dos atos e fatos praticados pelos criadores e executores de nossas leis.

Conceder aos dez criminosos – vereadores, isenção do crime praticado – devolvendo-lhe o direito de legislar, sem que se tenha comprovado a sua devida desafetação. Diante desse fato ficamos a nos perguntar como será a administração da Câmara de Vereadores de Caruaru a partir de agora? Que credibilidade esta nobre Instituição terá para com a sociedade?! Não seria mais justo que estes maus feitores uma vez suspeitos ficassem de fora das investigações?… Uma vez livres têm a oportunidade de por diversos meios ilícitos encontrarem saídas que os tornem inocentes?!

Estes senhores de volta ao cargo, cargo este que lhes fora concedido pelo sagrado direito do voto, e que se utilizem desse expediente para se locupletarem e dessa forma encherem os bolsos de dinheiro púbico. Nosso dinheiro! Que chegam aos cofres públicos por meio da arrecadação de impostos. Quando na verdade em campanha eleitoral se diziam defensores e promotores de ações voltadas para atender as necessidades da comunidade!…

Já que a justiça não vem fazendo o seu dever de casa e relevam a segundo plano tais crimes e criminosos, cabe a nós eleitores cuidarmos com carinho e responsabilidade desses maus feitores e usurpadores do erário público.

Que exemplos estamos dando a nossos filhos e a nova geração que está chegando? Futuros Homens e mulheres que serão os administradores e executores de atividades que venham proporcionar condições de vida digna e honrosa fundamentada em princípios cristãos e fraternos.

Não será fácil almejar, visualizar um amanhã promissor montado em bases sólidas e harmoniosas, quando o que vemos diariamente são exemplos que só instiga a desonestidade, a violência, a ingratidão, a corrupção e o desprezo pelos semelhantes…

É de pior a pior sim! Cada dia somos surpreendidos por acontecimentos bárbaros de todas as formas possíveis e imagináveis como: crimes ligados a pedofilia, mortandade de pessoas inocentes, falcatruas…, praticadas por grande parte dos políticos e administradores, a serviço do País, dos Estados e dos Municípios. Que leva a despersonalização da pessoa humana e mexe com sua índole.

A família, a sociedade e as instituições estão a caminho do desmoronamento, caso não surja alteração nesse quadro, o ser humano perde a grande oportunidade de viver bem e ser feliz.

Estamos à véspera de uma eleição. Temos aí em nossas mãos e em nossa consciência a oportunidade de fazer com que as coisas malévolas e pecaminosas sejam excluídas da sociedade. Como poderemos mudar esse quadro? Assumindo nossas atribuições como eleitores, cidadãos e amantes do bem.

Por: Sebastião Gomes Fernandes, Sociólogo, Escritor, Poeta e Cronista,

Membro efetivo e Presidente da Academia Pesqueirense de Letras e Artes – APLA.

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.

  

Corpo de jovem que morreu após levar choque em chapinha é enterrado

Foi enterrado na tarde desta quinta-feira (26) o corpo da manicure Kariny Matias Pires, de 22 anos, que morreu após levar um choque em uma chapinha para alisar cabelos. A cerimônia aconteceu no Cemitério Parque, no Setor Cruzeiro do Sul, em Goiânia. A família não permitiu a entrada da imprensa.

A jovem foi encontrada por vizinhos, no chão da casa onde morava, com o equipamento na mão, na tarde de quarta-feira (25). De acordo com o perito Geraldo Pereira Armondes, que esteve na casa em que ela morava, no Setor Cidade Jardim, a vítima levou uma descarga elétrica de 220 volts, provavelmente porque o botão de liga e desliga estava sem a capa de proteção.

Proprietário do imóvel, o pastor Zacarias Alves disse que a manicure mudou-se para a casa dos fundos há menos de um mês, com a mãe e a filha de 7 anos. No entanto, ela estava sozinha quando foi encontrada.

O corpo da vítima foi levado para o Instituto Médico Legal (IML) e liberado por volta das 12h desta quinta-feira (26). Após um breve velório na capela do cemitério, a jovem foi sepultada.

O caso foi registrado na Delegacia Estadual de Investigações de Homicídio (DIH), mas será encaminhado para o 6º Distrito Policial de Goiânia. A chapinha será submetida a uma perícia.

Enterro aconteceu no Cemitério Parque, no Setor Cruzeiro do Sul (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

Enterro aconteceu no Cemitério Parque, no Setor Cruzeiro do Sul (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)
Do G1 GO
Foto: Reprodução/TV Anhanguera

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.