Candidato de partido das Farc à Presidência da Colômbia retira candidatura por motivos de saúde

Por G1

O candidato presidencial do partido das Farc, Rodrigo Londoño, conhecido como Timochenko, resolveu retirar sua candidatura à presidência da Colômbia, por motivos de saúde. O anúncio foi feito nesta quinta-feira (8) por Iván Márquez, candidato do partido ao senado, durante uma coletiva de imprensa.

Timochenko foi submetido a uma cirurgia cardíaca na quarta-feira (7) e, segundo a Reuters, se recupera em uma clínica de Bogotá. O político foi hospitalizado após sofrer um infarto na semana passada, dia 1º, enquanto realizava exercícios.

Segundo a Reuters, ele está sendo tratado por problemas cronários, além de obtrução na artéria cerebral e uma doença pulmonar.

Timochenko, que no final de 2016 assinou um acordo de paz com o governo colombiano, sofre de problemas cardíacos e passou por uma cirurgia em Cuba enquanto negociava o acordo.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.