Califórnia entra em estado de emergência por vazamento de óleo

Voluntários enchem baldes de óleo ao longo da costa da Califórnia. (Foto: Lucy Nicholson / Reuters)
Voluntários enchem baldes de óleo ao longo da costa da Califórnia. (Foto: Lucy Nicholson / Reuters)

O governador da Califórnia, nos Estados Unidos, Jerry Brown, declarou estado de emergência nesta quarta-feira (20) no condado de Santa Bárbara, por causa dovazamento de petróleo ocorrido na terça (19), que pode ter despejado até 400 mil litros de óleo em terra e no oceano.

“Esta declaração de emergência permite que o estado mobilize com rapidez todos os recursos disponíveis. Faremos tudo o que for necessário para proteger o litoral californiano”, disse Brown em comunicado.

O vazamento de petróleo pode chegar a até 400 mil litros, segundo os últimos cálculos divulgados pelo Centro de Informação Unificado, que está à frente do gerenciamento da crise ambiental.

Esse número constitui “o pior dos cenários possíveis”, segundo o comunicado de imprensa, que também indica que foi aberta uma investigação para explicar a causa do rompimento do oleoduto que originou o vazamento de petróleo e a quantidade exata que foi derramada.

Homem mostra mãos sujas de óleo durante limpeza de praia na califórnia. (Foto: Lucy Nicholson / Reuters)
Homem mostra mãos sujas de óleo durante limpeza de praia na califórnia. (Foto: Lucy Nicholson / Reuters)

Este incidente no condado de Santa Bárbara, que fica ao norte de Los Angeles, deixou uma mancha negra tanto em terra como no mar.

No começo da manhã desta quarta, as equipes de limpeza já tinham retirado 26 mil litros de petróleo.

A companhia Plains All American Pipeline ainda tem que fazer uma escavação para chegar até o ponto exato da ruptura da tubulação, que foi instalada junto à linha costeira em 1987.

Santa Bárbara é uma região com intensa atividade petrolífera. Em 1969, um vazamento em uma plataforma na região durou 11 dias e despejou cerca de 15,9 milhões de litros de petróleo no Oceano Pacífico.

 

Da EFE

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.