Brasil perde amistoso para equipe sub-21 da França

Da Folhapress

A seleção brasileira olímpica perdeu para a França por 2 a 1, em amisto realizado em Le Mans nesta terça-feira (8) O Brasil abriu o placar com um gol contra, mas os franceses chegaram à virada com gols de Amavi e Haller. Treinada por Rogério Micale, uma vez que Dunga está com a seleção principal para o amistoso contra os EUA, a seleção contou com atletas sub-23. A França foi formada por jogadores com menos de 21 anos, mas está fora da Olimpíada. Alemanha, Portugal, Suécia e Dinamarca serão os representantes europeus nos Jogos.

O JOGO
O primeiro tempo começou morno, com as duas equipes tentando tocar a bola pacientemente no meio-campo. Aos 13 minutos, porém, o Brasil abriu o placar e colocou fogo no jogo. O lateral Wendell, que joga no Bayer Leverkusen, fez cruzamento da esquerda, e na tentativa de corte o zagueiro francês Kimpembe mandou contra a própria meta.

Dois minutos depois, a França respondeu. Amavi enfiou boa bola para Haller, que saiu na cara de Ederson e bateu na trave. No rebote, Amavi apareceu com oportunismo para conferir.

Os franceses cresceram na partida, aproveitando para criar chances principalmente pelas laterais da defesa brasileira, mas logo a seleção de Micale conseguiu equilibrar as ações.

Aos 26 minutos, após cobrança de falta, Rodrigo Caio mandou de cabeça para as redes, mas o gol foi anulado corretamente, já que o volante do São Paulo estava em posição de impedimento.

As duas seleções ainda tentaram arriscar chutes de longe, mas não levaram perigo para os goleiros, e o primeiro tempo acabou com empate no placar.
Logo aos três minutos da segunda etapa, a França levou muito perigo. Conan ganhou dividida no meio-campo, adiantou a bola e chegou a driblar o goleiro Ederson, mas chutou desequilibrado e a bola foi para fora.

O atacante de 19 anos é um dos principais nomes desta geração e foi emprestado pela Juventus ao Bayern de Munique nesta temporada. A França continou melhor, e o Brasil se descontrolou, tomando três cartões amarelos em sequência. A superioridade se transformou em gol aos 25 minutos. Após cobrança de falta, Haller dominou dentro da área, girou e bateu para virar o placar.

Aos 35, o Brasil teve a sua melhor chance, com Luan. O atacante gremista arriscou da entrada da área, e a bola bateu na parte interna da trave, mas não entrou. Até o final do jogo, os brasileiros tentaram o empate, mas não alcançaram o objetivo. Andreas Pereira teve a última chance aos 47, mas o goleiro Hassen defendeu.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.