Austrália autoriza eliminação preventiva de tubarões na costa oeste

A Austrália deu seu aval, nesta terça-feira (21), à eliminação de tubarões descobertos perto de praias muito frequentadas da costa oeste, depois de uma série de ataques mortais, uma decisão muito criticada por ambientalistas.

O governo federal aprovou um programa de redução dos riscos ligados aos tubarões, apresentado pelas autoridades do estado da Austrália Ocidental, onde seis banhistas foram mortos nos últimos dois anos.

Concretamente, linhas com iscas poderão ser lançadas a um quilômetros de praias frequentadas do estado a partir de 30 de abril. O governo local deseja poder eliminar todos os tubarões com mais de três metros capturados desta forma: o grande branco, o tubarão-tigre e o tubarão-buldogue.

A ONG The Humane Society denunciou uma “absoluta vergonha”, “desprovida de justificação científica” e contrária às convenções internacionais sobre a proteção do grande branco.

Os tubarões são comuns na Austrália, mas ataques mortais são raros, tendo, em média, um morto em 15 incidentes registrados por ano.

Contudo, os incidentes se multiplicam em razão do aumento da população deste predador dos mares e da popularidade dos esportes aquáticos. O último ataque fatal na Austrália Ocidental remonta a novembro do ano passado.

 

Fonte: AFP
Foto: AFP

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.