Atentado suicida do Boko Haram mata 9 no norte de Camarões

Da EFE

Pelo menos nove pessoas morreram e outras cinco ficaram feridas em um atentado suicida encomendado pelo grupo terrorista Boko Haram em uma cidade da região do extremo norte de Camarões, informou nesta quinta-feira (30) a imprensa local.

A explosão aconteceu por volta das 21h (hora local) em uma sala de projeção em Djakana, perto da fronteira com a Nigéria e que recebe regularmente ataques do grupo islâmico radical.

No final de abril, milícias de autodefesa prenderam um jovem de 20 anos, carregado com explosivos que pretendia detonar no mercado de uma pequena cidade camaronesa.

Após várias semanas de relativa calma no extremo norte de Camarões, o Boko Haram voltou a realizar vários ataques na região matando pelo menos um soldado – que morreu depois que seu carro passou sobre uma mina – e três civis.

Em mais de seis anos de conflito, o Boko Haram assassinou mais de 12 mil pessoas, segundo estimativas do governo, embora outras fontes acreditam que esse número possa ser maior.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.