Ataque suicida deixa mortos e feridos em mesquita no Afeganistão

Do G1, em São Paulo

Um ataque suicida deixou ao menos 27 mortos e 35 feridos em uma mesquita xiita em Cabul, no Afeganistão, nesta segunda-feira (21), segundo as agências internacionais. Não houve reivindicação imediata de responsabilidade.

O Ministério do Interior afirmou que o ataque ocorreu dentro da mesquita Baqir-ul Ulom, no oeste da capital afegã.

De acordo com o chefe do departamento de investigação criminal da polícia de Cabul, Faredoon Obiadi, o terrorista detonou seu colete com explosivos no meio da multidão que estava dentro da mesquita.

A comunidade xiita celebra nesta segunda-feira o Arbain – “quarenta” em árabe -, que marca o fim dos 40 dias de luto depois da Ashura, em recordação à morte do imã Hussein, segundo a France Presse.

Durante a Ashura, em 13 de outubro, uma série de atentados reivindicados pelo grupo extremista Estado Islâmico (EI) contra os xiitas afegãos deixaram mais de 30 mortos e quase 100 feridos em Cabul e Mazar-i-Sharif (norte).

Embora o Afeganistão não venha sofrendo violência sectária comparável à experiência de muitos países do Oriente Médio, o ataque destaca a nova dimensão que a crescente tensão étnica pode dar ao conflito que já dura décadas, segundo a Reuters.

Mais de 80 pessoas foram mortas em julho em uma ataque reivindicado por militantes do Estado Islâmico durante manifestação da minoria xiita Hazara.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.