Árvore de Natal do Rockefeller Center é inaugurada em Nova York

Da EFE
Nova York começou nesta quarta-feira (2) o período de festas de fim de ano com a tradicional cerimônia de inauguração da iluminação da árvore de Natal instalada na praça do Rockefeller Center (Foto: Diane Bondareff/Invision for Tishman Speyer/AP)
Nova York começou nesta quarta-feira (2) o período de festas de fim de ano com a tradicional cerimônia de inauguração da iluminação da árvore de Natal instalada na praça do Rockefeller Center (Foto: Diane Bondareff/Invision for Tishman Speyer/AP)

Nova York começou nesta quarta-feira (2) o período de festas de fim de ano com a tradicional cerimônia de inauguração da iluminação da árvore de Natal instalada na praça do Rockefeller Center.

Às 20h58 locais (23h58 de Brasília), 45 mil lâmpadas de LED foram acesas na árvore de 24 metros de altura, que foi instalada em um dos lugares mais visitados pelos turistas em Nova York, diante de centenas de pessoas.

A árvore foi retirada no norte do estado de Nova York e percorreu centenas de quilômetros até a praça do Rockefeller Center, onde foi instalada no dia 6 de novembro.

Trata-se de um abeto norueguês com 80 anos de idade que ficará iluminado todos os dias, até 7 de janeiro, das 17h30 até as 23h30, no horário local, com a exceção do último dia do ano, quando as 45 mil luzes piscarão durante 24 horas.

 

Como vem ocorrendo desde 2004, a copa da árvore recebeu uma luminosa estrela projetada pela firma Swarovski, com 25 mil cristais e três metros de diâmetro.

A cerimônia de inauguração da iluminação natalina aconteceu em meio a medidas de segurança especiais, que foram reforçadas em Nova York desde os atentados de novembro em Paris, e aconteceu horas depois que 14 pessoas foram assassinadas em um centro comunitário de San Bernardino, na Califórnia.

As luzes foram acesas no final de uma série de apresentações musicais com figuras de relevância, e após uma contagem regressiva. O prefeito de Nova York, Bill de Blasio, estava entre as pessoas convidadas para apertar o botão.

As apresentações musicais, com temas natalinos, estiveram a cargo do britânico Sting, do americano James Taylor, do italiano Andrea Bocelli e do canadense Michael Bublé, entre outros.

Durante a apresentação de alguns desses números musicais houve breves menções de pesar pelo massacre em San Bernardino, assim como no início do espetáculo. O evento, que foi transmitido ao vivo pela emissora “NBC”, não contou com discursos oficiais.

 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.