Seu Vídeo Aqui!!!

————————————————————————————-

————————————————————————————

NUVEM DE TAGS

Adolescente que teve braço amputado após acidente em ônibus recebe alta da UTI

Ewerson Pedro da Silva, de 16 anos, está consciente, conversando, mas continua precisando de cuidados e faz tratamento de hemodiálise na unidade de saúde, segundo o parente.

Por g1 PE

O adolescente de 16 anos que teve o braço amputado após um acidente em um ônibus recebeu alta da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) e, nesta terça-feira (12), está internado na enfermaria do Hospital da Restauração (HR), no bairro do Derby, no Recife.

A informação foi repassada pelo pai de Ewerson Pedro Ferreira da Silva, o instrutor de autoescola Ewerton Gomes Ferreira, de 39 anos, e confirmada pelo hospital.

De acordo com Ewerton, o estudante está consciente, conversando, mas continua precisando de cuidados e faz hemodiálise na unidade de saúde. “Ele não toca no assunto do braço [que perdeu], mas diz que ainda sente o braço fantasma, por conta da amputação”, contou Ewerton.

Segundo a assessoria de comunicação do HR, o garoto tem quadro de saúde considerado estável e segue sendo acompanhando. Ele ainda deve ser encaminhado para fisioterapia e para colocação de prótese.

O adolescente está internado no local desde 24 de setembro, dia em que ocorreu o acidente. Ele estava a caminho da escola em um ônibus da linha Pau Amarelo/Centro, quando o coletivo bateu em um poste no bairro do Varadouro, em Olinda.

O pai do jovem lembrou que o filho estava cochilando quando aconteceu o acidente. “Ele disse pra mãe que não tinha colocado o braço do lado de fora. Ele estava escutando música e cochilando, com o cotovelo encostado na janela”, lembrou.

Adolescente em braço amputado em acidente com ônibus em Olinda

O impacto causou uma fratura exposta no braço direito do estudante e, no mesmo dia, ele passou por uma cirurgia que durou mais de seis horas.

No dia seguinte, no entanto, o adolescente precisou amputar o braço na altura do ombro, conforme o hospital. De acordo com o pai, o adolescente sofreu uma parada cardíaca no final de semana seguinte à cirurgia.

O adolescente foi aprovado, neste ano, para estudar na Escola Técnica Estadual do Ginásio Pernambucano, localizada no bairro de Santo Amaro, na área central do Recife, onde cursa o primeiro ano do ensino médio, ao mesmo tempo em que faz o curso técnico de multimídia, segundo a família 

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.