Abidal aproveita Barça Legends no Recife e visita Hospital de Câncer de Pernambuco

Por Lucas Liausu, Recife

Globo Esporte

 

Não foram apenas os pouco mais de 15 mil torcedores que estiveram na Arena de Pernambuco na noite do último sábado que vão guardar na memória a passagem do time de lendas do Barcelona pelo Recife. Na manhã deste domingo, o ex-lateral-esquerdo Eric Abidal marcou um golaço ao visitar o Hospital de Câncer de Pernambuco para passar um pouco da sua história vencedora.

Em 2011 ele foi diagnosticado com um câncer no fígado e ficou fora de ação por cinco meses. Ao voltar, em 2012, precisou parar novamente por conta de uma evolução da doença. E mais uma vez venceu, retornou aos gramados e conquistou títulos pelo Barcelona.

– É uma iniciativa minha. Eu sempre procuro fazer essas ações quando faço essas viagens. Acho importante fazer algo e não ter 23 horas de viagem para fazer apenas um jogo. Temos um projeto global e temos que ver como se trabalham no mundo a questão do câncer pediátrico – disse Abidal.

E boa parte da visita do francês ao Hospital de Câncer de Pernambuco foi justamente dando uma atenção especial às crianças. Atencioso, ele conversou com todas, ouviu suas histórias e mais do que isso, passou o seu exemplo de força para que elas também briguem pela recuperação.

– Para mim é sempre um prazer visitar crianças e famílias que estão nesses hospitais. Passei por isso e sei como a luta diária é complicada. É importante vir para dar um momento de alegria para eles. Certamente sou um exemplo de vida para eles, e eles podem seguir avançando.

Entre uma conversa e outra com as crianças, Abidal os presenteava com itens do Barcelona e da Fundação Eric Abidal.

– É muito importante esse tipo de ação que ele está fazendo. Muita gente precisa de ajuda nesse hospital. Quero agradecer muito. Só Deus sabe o que a gente passa, não é fácil, mas Deus vai me curar. Se estou aqui passando por isso é por um propósito, é para aprender algumas coisas, dar valor – comentou o jovem Lucas Romão, de 17 anos, que está no Hospital do Câncer de Pernambuco desde março se tratando de um câncer ósseo.

Deixe aqui sua Mensagem




1 - Os campos marcados com asterico (*) são de preenchimento obrigatório.
2 - Dados pessoais como email e telefone não serão divulgados.